Guest Post »

Picharam ‘Jesus cura lesbianismo’ e estudantes da UFRJ deram o troco contra a homofobia

Um banheiro da Escola de Comunicação da Universidade federal do Rio de Janeiro (UFRJ), situado na zona sul do Rio, virou um painel repleto de pichações lesbofóbicas, incitando a homofobia no começo de junho.

no HuffPost

Na porta do banheiro feminino: “Jesus cura lesbianismo”. A gente responde também, com mais cor!

Ação rápida. Intervenção dos vigias. Resolvemos. Outras se juntaram à ação para pintar todas as portas também por dentro. A ECO somos nós!

A estudante Ivone Pita – idealizadora da iniciativa – falou sobre a intervenção:

“A ideia surgindo, o apoio, a união para fazer acontecer, a gente pintando as portas, mais gente chegando para participar, depois tanta gente entrando nos banheiros para fazer foto junto às portas e as comemorações, os comentários todos, tanta gente vindo falar comigo para dizer que nunca ficou tão feliz na ECO, que aquele se tornou outro lugar, que ao entrar no banheiro e ver cores tão familiares sente acolhimento.”

E ressaltou a importância do ato para a comunidade LGBT da universidade:

“Vamos disputando espaços, significados, sentidos. Nós vamos dizendo que estamos aqui, sim, que esse mundo também é nosso, para nós e feito por nós. Eu queria abraçar cada pessoa que se sente contemplada pela ação. Quero caminhar com elas e que a gente faça muitas outras ações.”

jesus salva o lesbianismo2 jesus salva o lesbianismo3 jesus salva o lesbianismo4 jesus salva o lesbianismo5

Related posts