Prefeitura certificará com selo ‘BH sem Racismo’ instituições que promovam igualdade racial

Estão abertas as inscrições para o programa de Certificação em Promoção da Igualdade Racial de BH. Até 31 de dezembro, instituições públicas e privadas, associações civis e empresas sediadas no município podem se candidatar.

Do BHAZ

Divulgação/PBH + Reprodução/Agência Brasil

O programa tem o objetivo de estimular, apoiar e reconhecer instituições que adotem, em suas práticas de gestão, ações no campo da promoção da igualdade racial, do enfrentamento do racismo e do combate à discriminação étnico-racial, beneficiando negros, ciganos, indígenas e judeus.

As instituições recebem o selo simbólico “BH Sem Racismo”, válido por dois anos. “A certificação integra nossa Política Municipal de Promoção da Igualdade Racial que, entre outras ações, busca valorizar a diversidade étnico-racial da população como um catalisador para o desenvolvimento econômico e social da cidade”, explica Makota Kisandembu, diretora de Políticas para a Igualdade Racial, unidade ligada à Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania.

O programa foi criado e é gerido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania e da Fundação Municipal de Cultura. O edital está disponível aqui.

+ sobre o tema

TERREMOTO HAITI: Estamos abandonados

  A noite de ontem foi a coisa...

Hoje na História, 12 de Maio de 1913 nascia Jamelão

José Bispo Clementino dos Santos, ou simplesmente Jamelão, foi...

Griotagem no mês da Consciência Negra

Aqui vai a chamada para mais um Griotagem, que...

EUA: Protesto contra o genocídio da raça negra!

O pastor Walter Hoy é uma voz constante que...

para lembrar

Beyoncé – Billboard Music Awards 2011

A performance   Vídeo...

MTV dá segunda chance a Kanye West

Kanye West vai apresentar-se ao vivo no MTV Video...

‘O racismo não é uma doença. É um mal real’, diz cantora Ellen Oléria

Vencedora da primeira edição do reality "The Voice Brasil",...

Blocos afro realizam oficinas voltadas para cultura negra em Salvador; veja

Interessados devem ter a partir de 16 anos; eles...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=