Preservação e difusão da memória como instrumento político de reparação histórica, presentes na exposição Memórias do Futuro

Enviado por / FontePor Suelen Girotte do Prado

Artigo produzido por Redação de Geledés

No último domingo, 27 de agosto, uma roda de conversa sobre a importância da preservação da memória negra encerrou a exposição Memórias do Futuro: Cidadania Negra, Antirracismo e Resistência”¹, no Memorial da Resistência de São Paulo. A exposição que teve sua inauguração em 04 de julho de 2022, reuniu, através de uma narrativa circular, uma documentação cujas temáticas posicionam um percurso da trajetória negra que responde a permanência das lutas por uma democracia real. Através da curadoria do sociólogo e escritor Mário Medeiros, Memórias do Futuro, marcou espacial e historicamente, através da congruência entre a arte, a preservação documental e a pesquisa a difusão e eco de vozes negras de contestação presentes na exposição nas conjunturas do século XIX até a atualidade. 

A mesa de encerramento da temporada da exposição contemplou um diálogo em torno do significado da memória negra, materializada nas múltiplas documentais expostas, assim como disparou reflexões em torno dos impactos e perspectivas para o futuro, como sugerido no próprio título da mostra. Estiveram presentes no debate representantes, negras e negros, das organizações que, de alguma forma contribuíram ou tiveram documentações presentes na exposição, dentre elas Afro Cebrap, Geledés (Centro de Documentação e Memória Institucional), Ilu Obá De Mi, Quilombhoje e Instituto Tebas. 

Ao debaterem sobre memória, democracia, arte, literatura negra e demandas de permanências da resistência negra, o grupo interagiu com o público presente de forma que o diálogo frutífero engendrou reflexões sobre a importância da memória negra como instrumento de reparação histórica, educacional e requisição de direitos. A recuperação e a difusão da memória negra é parte dos potentes instrumentos de luta e autonomia para a sociedade. Neste sentido, posicionou-se também o protagonismo das produções e ações as mulheres negras, que no Brasil, organizadas, foram e são responsáveis por assistir e acompanhar constantemente as ausências, posicionar debates públicos, políticos, transformando os cenários e potencializando a luta.  

Pelo diálogo, perpassaram ainda as temáticas em torno da importância da herança dos fazeres coletivos, tão presentes na narrativa de Memórias do futuro, como mecanismo e lição de resistência para o presente, para o futuro e como formas de combate ao epistemicídio ².


¹  VER: Memórias do Futuro: Cidadania Negra, Antirracismo e Resistência – Memorial da Resistência (memorialdaresistenciasp.org.br)

²  VER: Memórias do Futuro: Cidadania Negra, Antirracismo e Resistência – Memorial da Resistência (memorialdaresistenciasp.org.br)

+ sobre o tema

para lembrar

Sônia Nascimento – Vice Presidenta

[email protected] Sônia Nascimento é advogada, fundadora, de Geledés- Instituto da...

Suelaine Carneiro – Coordenadora de Educação e Pesquisa

Suelaine Carneiro [email protected] A área de Educação e Pesquisa de Geledés...

Sueli Carneiro – Coordenadora de Difusão e Gestão da Memória Institucional

Sueli Carneiro - Coordenação Executiva [email protected] Filósofa, doutora em Educação pela Universidade...

Geledés e Alana lançam pesquisa sobre municípios que colocam a Lei 10.639/03 em prática

Em Diadema (SP), após um ano de implementação da Lei 10.639/03, que há 20 anos alterou a LDB e instituiu a obrigatoriedade do ensino da história e...

Superior Tribunal Militar julga recurso de condenados pela morte do músico Evaldo Rosa e do catador de latinhas Luciano Macedo, no RJ

O Superior Tribunal Militar (STM), em Brasília, julga nesta nesta quinta-feira (29) um recurso contra a condenação de oito militares do Exército pelas mortes do músico Evaldo Rosa e do...

Adolescente denuncia mulher por agressão e injúria racial em Rio Preto

Um adolescente de 13 anos denunciou ter sofrido injúria racial e ter sido esganado por uma mulher após discutir com o genro dela, em São...
-+=