quinta-feira, agosto 6, 2020

    Tag: Bob Marley

    blank

    Bob Marley: Novo clipe de ‘Redemption song’ marca aniversário de 75 anos

    Lançamento é parte do 'Marley 75', série de celebrações em torno do astro do reggae Do O Globo Bob Marley em sua passagem pelo Brasil em 1980 Foto: Luiz Pinto / Infoglobo Lenda do reggae que transformou o ritmo jamaicano num fenômeno mundial, o cantor e compositor Bob Marley (1945-1981) completaria 75 anos nesta quinta-feira (6). Para celebrar a data, a família do artista e as gravadoras Universal Music e a Island Records se uniram para realizar a "Marley75", uma celebração que irá durar o ano inteiro com homenagens ao músico. A última homenagem ocorreu na quarta-feira com o lançamento de um novo clipe de "Redemption song", para comemorar os 40 anos da canção que é um dos maiores hinos de Bob Marley. Ele morreu no dia 11 de maio de 1981, aos 36 anos, em decorrência de um câncer. Criado pelos artistas franceses Octave Marsal ...

    Leia mais
    Reggae musician and singer, Bob Marley in concert on July 1st, 1981. Jürgen & Thomas:ullstein bild via Getty

    Reggae agora é Patrimônio Cultural da Humanidade reconhecido pela Unesco

    Reggae musician and singer, Bob Marley in concert on July 1st, 1981. Jürgen & Thomas:ullstein bild via Getty por: Redação Hypeness Demorou, mas o reggae entrou na lista de Patrimônio Imaterial da Unesco. O ritmo imortalizado pelo grande Bob Marley a partir da década 1960, foi descrito pela organização como um gênero musical criado em um espaço cultural de grupos marginalizados de Kingston, na Jamaica e imprescindível para o debate de questões como a injustiça, a resistência, amor e humanidade. O reggae possui influências marcantes da música africana, caribenha e o blues norte-americano. O estilo está associado ao desenvolvimento progressivo do ska e do rocksteady na Jamaica da década de 1960. A ascensão do reggae se deu, sobretudo, pelo sucesso do The Wailers, grupo formado por Bob Marley, Peter Tosh e Bunny Wailer. O conjunto montado em 1963 é conhecido por abarcar os três estágios da evolução ...

    Leia mais
    blank

    Fotos raras de Bob Marley de bouas curtindo a Jamaica nos anos 1970

    Parte da mitologia quase divinal ao redor da figura do cantor e compositor jamaicano Bob Marley vem, somando-se ao seu magistral talento, de suas origens. Marley é praticamente o único superstar mundial que veio do terceiro mundo. Não somente, mas de um país especialmente pobre, periférico e negro como a Jamaica – de onde saiu para se tornar um dos maiores nomes de toda a história da música pop, especialmente na segunda metade dos anos 1970. Por Vitor Paiva, do Hypeness No início da década, porém, Marley ainda era um astro local em ascensão, lutando para conquistar outros mercados que não somente o jamaicano – em especial, o inglês e o americano, que lhe garantiriam, se conquistados, o resto do mundo. Foi nesse início de carreira que a fotógrafa jamaicana Esther Anderson conheceu e se tornou amiga de Marley, a quem fotografou em 1973. Esther registrou o jovem cantor, ainda sem os característicos dreadlocks, ...

    Leia mais
    blank

    Ras Tafari foi o nome do último imperador da Etiópia e adorado como deus na Jamaica

    Mas além do famoso artista, há outro homem ainda mais importante no coração deste movimento - Ras Tafari. Esse foi o nome do último imperador da Etiópia, nascido em 23 de julho de 1892, mas ele adotou o nome real de Haile Selassie ao ser coroado. GETTY IMAGES Para os rastafáris, ele é Deus (Jah) encarnado, o messias redentor. Mas como um imperador da Etiópia, cuja capital está situada a quase 13 mil quilômetros de Kingston, se tornou adorado na Jamaica? O vínculo entre os dois, na verdade, está relacionado a um grupo de jamaicanos pobres que acreditavam que a coroação de Ras Tafari era o cumprimento de uma profecia e que ele era seu redentor, o messias: o "Rei dos reis, Senhor dos senhores". Eles acreditavam que seriam libertados pelo imperador, que os tiraria da pobreza no Caribe e os levaria à África, a terra ...

    Leia mais
    blank

    Snap cria filtro Bob Marley e é acusado de racismo

    Os filtros do Snapchat estão na moda, mas nem sempre geram consenso. Neste 20 de Abri, dia da Liamba, a app adoptou um filtro em homenagem a Bob Marley e quem o utilizasse passaria a ter pele negra, rasta e o icónico chapéu do cantor. no Bantumen A revolta surgiu de alguns utilizadores que acusam a rede social de racismo. O fundamento é a blackface,caracterização caricatural adoptada por brancos para interpretarem personagens de negros nos primórdios do cinema. Mas não foi a única polémica a envolver a nova opção do Snap, Há quem reclame que a brincadeira faz apologia à liamba, enquanto outros fãs também reclamam que o filtro reduz Bob Marley a um estereótipo relacionado ao uso da droga. Selecionamos um Bob Marley que nos dá orgulho e sem estereótipo. Confira! Redemption Song Old pirates, yes, they rob I Sold I to the merchant ...

    Leia mais
    blank

    Jamaicano ganha Man Booker Prize com livro sobre Bob Marley

    O escritor jamaicano Marlon James foi o vencedor do prêmio Man Booker Prize pelo romance "A Brief History of Seven Killings", que descreve como o cantor Bob Marley (1945-1981) e sua equipe foram atacados antes de um show em 1976. Com a conquista, ocorrida nesta terça-feira, 13, o James levou a quantia de US$ 77 mil. Do A Tarde  O prêmio da literatura em língua inglesa, entregue há 47 anos, é um dos mais importantes do mundo. Esta foi a primeira vez que um escritor jamaicano leva a melhor. "Deus meu", disse James ao receber o prêmio, durante cerimônia em Londres. "Isso é tão ridículo que vou acordar e achar que não aconteceu", afirmou, após dedicar o prêmio ao pai. A obra de James foi escolhida como o melhor romance original e desbancou outros cinco finalistas: os britânicos Tom McCarthy (com o livro "Satin Island") e Sunjeev Sahota ("The Year ...

    Leia mais
    Os rastas se caracterizam pela adoração a Haile Selassie, primeiro imperador negro a governar um país africano. (Foto – Reprodução)

    Dreadlocks: Estilo, Negritude e História reunidos em um penteado milenar

    Para alguns ele é símbolo de resistência, enquanto outros adotaram o estilo pensando no poder estético. De um lado ou de outro uma coisa é fato, o que não falta é história por trás das madeixas entrelaçadas em forma cilíndricas. Representado na cultura popular por Bob Marley e os seguidores do movimento Rastafari, os dreads possuem ligação direta com a África e a luta do negro em busca da afirmação de sua cultura. Ao contrário do que pode se pensar os dreadlocks não surgiram na Jamaica. Registros dão conta de que os cabelos são usados tanto na África quanto na Índia desde a antiguidade Bíblica e pré-Bíblica. No continente africano, ele é encontrado em algumas comunidades tradicionais, como os Himba, na Namíbia. Os Himba afirmam terem adotado o cultivo dos dreads desde o surgimento de sua cultura. Com uma população estimada em 50 mil pessoas, eles vivem no Norte da Namíbia e em Angola, e se destacam por cultivar uma cultura ...

    Leia mais
    blank

    Em homenagem a Bob Marley, Jamaica descriminaliza maconha

    As mudanças legislativas determinam que o consumo não seja delito, sempre que houver uma licença, que deverá ser concedida para quem comprovar interesses religiosos (reivindicados pelos rastafáris) ou medicinais; além disso, propõem que deixe de ser crime portar no máximo duas onças (56 gramas) No Brasil 247 O governo da Jamaica aprovou nesta terça-feira (24) uma lei que descriminaliza o porte de maconha. As mudanças legislativas propõem que o consumo não seja delito, sempre que houver uma licença, que deverá ser concedida para quem comprovar interesses religiosos (reivindicados pelos rastafáris) ou medicinais. Além disso, propõem que deixe de ser crime portar no máximo duas onças (56 gramas) de "ganja", embora a pessoa seja multada com uma falta administrativa. O governo explicou em comunicado que as emendas também contemplam a criação da Autoridade de Permissões de Cannabis para regular a indústria medicinal. "A autoridade criará regulações para definir os procedimentos e ...

    Leia mais
    blank

    Para lembrar os 70 anos de Bob Marley, Ponto de Equilíbrio faz show inesquecível no Circo Voador com direito a uma música inédita!

    Grupo brasileiro monta setlist baseado na carreira do cantor e aproveita para anunciar o lançamento de um novo CD, que deve sair neste primeiro semestre No Heloisa Tolipan * Com Yuri Hildebrand Na comemoração dos 70 anos que Bob Marley faria no último dia 6 caso ainda estivesse vivo, nada melhor que uma festa ao som de sua música. E, no incomparável Circo Voador, o espírito daquele que foi fundamental para a agora já difundida cultura rastafári, se fez presente não somente através das melodias, linhas vocais e rufos do reggae, mas também da energia passada através dos responsáveis pela festa. A banda Ponto de Equilíbrio, uma das principais representantes do estilo rasta no Brasil, fez seus próprios arranjos para as músicas do lendário aniversariante e ainda deu uma palinha do que virá por aí: com a música “Fio da Fé”, apresentou ao público a sonoridade que estará no próximo CD, já encaminhado ...

    Leia mais
    blank

    Hoje na História, 06 de Fevereiro de 1945, há 70 anos nascia Bob Marley

    Altos e baixos da vida do Bob Marley ajudaram na construção da lenda Você sabia que Bob Marley já sofreu um atentado? Sem os obstáculos e as controvérsias de sua vida pessoal, o cantor de reggae Bob Marley, que completaria 70 anos nesta sexta-feira (6) caso estivesse vivo, poderia não ter se tornado o artista de renome mundial que ainda "sobrevive" na atualidade, afirma de um de seus mais reconhecidos biógrafos. por Natalia Bonilla, da EFE no R7 "O conheci em 1979, quando viajei por umas semanas à Jamaica para entrevistá-lo. E posso te dizer que ele estava estranho, cansado, exausto. Trabalhava muito", lembra Chris Salewicz, autor de "Bob Marley: The Untold Story" (Bob Marley: a história não contada). Em entrevista à Agência Efe, o escritor britânico afirma que a lenda jamaicana, que morreu em 1981, aos 36 anos, devido a um câncer, era "humanitário" e "altamente produtivo". O espírito ...

    Leia mais
    blank

    Apareceu o novo rei do reggae e ele tem apenas dois anos

    Não chore mais. Apareceu o novo rei do reggae e ele tem apenas dois anos. Os vídeos de Myles Kingston Sadler imitando Bob Marley viraram febre mundial. Por Fabiano Alcântara, do Virgula O mais popular deles, em que o pequeno rasta sacode seus dreads e canta Get Up, Stand Up já ultrapassa 660 mil visualizações desde que foi postado em 29 de dezembro. Suze Sadler, mãe do menino, disse que ele ouve reggae desde que estava na barriga da mãe. “Nossa família é do Haiti e da Jamaica, então nós sempre tocamos Bob Marley em nossa casa”, disse ela ao The Huffington Post. “Toda fez que ele canta uma música de Bob, ele faz com muita paixão e alma”, completou a mãe que já fez mais de 20 registros de Myles. Jah abençoe esse garoto.

    Leia mais
    gilberto_gil

    Gilberto Gil: por trás da música “Não chore mais”

    O músico,  compositor e cantor Gilberto Gil, postou em sua FanPage e este "Espaço MPB" reproduz o seu comentário e explicações sobre a música "Não chore mais". É uma série, denominada "Por trás da música" que o compositor baiano criou. Por: Luis Nassif no GGN "Eu pensava na transposição de uma cena jamaicana para uma cena brasileira a mais similar possível nos aspectos físico, urbano e cultural. Emblemática do desejo de autonomia e originalidade das comunidades alternativas, “No Woman, No Cry" retratava o convívio diário de rastafaris no 'government yard' (área governamental) em Trenchtown, e a perseguição policial, provavelmente ligada à questão da droga (maconha), que eles sofriam. Esta situação eu quis transportar para o parque do Aterro, no Rio de Janeiro, também um parque público, onde localizei policiais em vigília e hippies em rodinhas, tocando violão e puxando fumo, como eu costumava vê-los de noite na cidade. Coincidindo com o ...

    Leia mais
    One Love

    Plano de Aula – One Love, um amor: todos juntos é bem melhor

    One Love, um amor: todos juntos é bem melhor Este é um plano de aula vencedor do I Concurso de Planos de Aula do Portal Geledés, aplicando a Lei 10.639/03 Professora: Míghian Danae Ferreira Nunes Matéria: Educação Infantil Turma/Série: Segundo Estágio (05 a 06 anos) Cidade: São Paulo Estado: São Paulo COMPONENTE CURRICULAR: APLICANDO A LEI 10.639/2003 APRESENTAÇÃO Nas turmas de educação infantil, comumente trabalhamos com sequencias didáticas ou projetos educativos, um bimestre, conseguem visto que, sendo realizado em tempos como uma semana, um mês ou mesmo alguns dias, conseguem aliar-se a uma perspectiva de trabalho que pensa a educação menos compartimentada. Tais sequencias ou projetos inserem- se numa perspectiva transdisciplinar e, nesse sentido, este plano de aula será realizado não apenas em um dia, mas numa sequencia de atividades propostas durante quatro dias, no final do mês de junho de 2013. Esta sequencia tem por nome One Love, um amor: todos juntos ...

    Leia mais
    blank

    Hoje na História, 06 de fevereiro de 1945, nascia Bob Marley

    Robert Nesta Marley nasceu no dia 6 de fevereiro de 1945, numa pequena localidade do norte da Jamaica, chamada Nine Mile, e viria a se tornar um dos maiores mitos musicais do século passado. O nome de sua mãe era Cedella Booker, africana que vivia na Jamaica. Seu pai, Norval Marley, era um capitão do exército britânico. No final dos anos 50, Robert e sua mãe mudaram-se para Kingston, capital daquele país. Era a cidade à qual os habitantes das zonas rurais se dirigiam a fim de obter melhores condições de vida, e, como acontecia à maioria das famílias rurais, seu destino foi um bairro miserável. A religião Rastafári teve grande influência na vida de Bob Marley, mistura de profecias bíblicas, filosofia naturista e nacionalismo negro. Por Thais Pacievitch Em 1930, Ras Tafari Makkonen foi coroado imperador da Etiópia e, assim, passou a chamar-se Hailè Selassiè. Segundo uma velha profecia, este rei ...

    Leia mais
    O Rastafari

    O rastafari

    Introdução A expansão do Cristianismo Ortodoxo nas Américas ocorreu, principalmente como resultado da influência das levas de imigrantes que se transferiram para o Novo Mundo provenientes do Leste Europeu. Essa foi regra geral, exceto em dois casos: no Alaska e no Caribe. O caso do Caribe é o menos conhecido em termos de pesquisa histórica incluindo a Jamaica onde a Igreja Etíope se estabeleceu com notável vigor regional. Eu espero que este pequeno artigo inspire alguém de grande conhecimento a estudar o assunto apropriadamente; e se isso também puder conduzir a um entendimento mais profundo do Universo Cristão, tantas vezes mal entendido em sua expressão na Jamaica, então, que Deus seja louvado! por Cristianismo Rastafari Origens Igreja Cristã Ortodoxa Africana Garveista Marcus Garvey foi um lider negro jamaicano, um nacionalista, figura proeminente do Universal Negro Improvement Association (UNIA), uma influente organização do movimento Black Power surgido na década de 1920. ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist