Tag: dança contemporanea

Foto: Silvia Machado

A resiliência semeando sonhos

Um menino negro retinto, pobre da periferia de São Paulo...  Um desejo de perder a timidez, dançando...  Um Reencontro com a dança… Uma realização… Uma carreira como um do principais bailarinos de duas grandes Cias de Dança do Brasil… Um sonho,  de semear Sonhos… Escola de Formação em Danças Preferencialmente para Pessoas Negras…   Nasceu em setembro de 1965, um menino negro de pele escura, o caçula de uma família com cinco irmãos, filho de Pai taxista e Mãe empregada doméstica. Na primeira infância morou na periferia da Cidade Ademar, um bairro na Zona Sul de São Paulo, com a irmã do segundo casamento, e 3 irmãos do primeiro casamento do Pai. Aos 12 anos mudou-se para Pedreira, bairro também na Zona Sul de São Paulo. No início era um quarto, cozinha e um banheiro sem chuveiro, tomavam banho em uma bacia, foram períodos bem difíceis, as circunstâncias não faziam ...

Leia mais

Pretty Big Movement : essas dançarinas estão destruindo estereótipos da melhor forma

Depois de estrelar em dois videoclipes da Beyoncé, Akira Armstrong achou que sua carreira como dançarina tinha tudo para decolar. Apesar disso, ela não conseguia encontrar um agente interessado em representá-la. O motivo: ela não tinha o “corpo ideal” para o trabalho. no Hypeness Para mudar essa perspectiva, Akira decidiu quebrar o estereótipo de que dançarinas precisam ser mulheres magras e altas. Assim nascia a companhia de dança Pretty Big Movement (“Movimento Muito Grande”, em inglês), composta apenas por mulheres gordinhas. Desde o lançamento da ideia, o grupo de dança de Nova York vem arrasando por aí e já se apresentou em diversos locais, mostrando que habilidade não tem nada a ver com tamanho.

Leia mais
Dream Team do Passinho (Foto: Divulgação / J Vitorino)

Dream Team do Passinho lança novo clipe com direção de Lázaro Ramos

Depois de conquistarem o Brasil com o single de estreia “De Ladin”, os meninos do Dream Team do Passinho lançaram nesta quarta-feira (06) o clipe da faixa “Vai Dar Ruim”, sua aposta para 2016. E quem comandou as filmagens foi ninguém mais ninguém menos que o maravilhoso Lázaro Ramos. no Mundo Negro Foto: Divulgação/J Vitorino   No vídeo, gravado numa festa alternativa do Rio de Janeiro, Lellêzinha e seus companheiros vão pra balada e mostram o talento para a dança, arrasando no “passinho do pianinho”. A música mistura piano com o funk e reúne elementos da cultura black, celebrando a essência das favelas cariocas. O destaque fica para o figurino, composto por luzes neon e assinado por Antonio Schuback. Tem looks babadeiros, muita selfie e muita simpatia. Confira: “Vai Dar Ruim” é a segunda música de trabalho do álbum de estreia “Aperte o Play!”, lançado pelo ...

Leia mais

A dançarina e performer Luanda Carneiro Jacoel participará do Simpósio Internacional na Suécia

A dançarina e performer Luanda Carneiro Jacoel participará do Simpósio Internacional: “Archival Re-enactments Symposium” de 22 à 23 março na Universidade, Inter Arts Centre - Malmö, Suécia. Enviado para o Portal Geledés  E no festival de performance “FLAM -Forum of Live Art Amsterdam” 26 de março. Luanda apresentará a performance “Kalunga” inspirada na simbologia da palavra “Kalunga" presente no cosmograma Bakongo. “Kalunga" é uma palavra presente nas línguas de etnia Bantu - grupo étnico linguístico localizado em sua maioria na região da África sub- sariana. Kalunga significa o mar e o lugar de enterro. O cosmograma bakongo é uma representação do ciclo da vida, entre o mundo humano e espiritual, como o ciclo do sol. “Kalunga”. arquivo da água. arquivo da terra. sistemas de comunicação. lugares de transição. devires. Em paralelo, geometrias e texturas de sons se aventuram a criar espaços e momentos para estes encontros. Com a parceria do músico noruêgues Åsmund Kaupang que trabalha com a integração ...

Leia mais

Sobre o poder do movimento

O rosto de menina de Ana Pi disfarça os 28 anos da mineira que dedica sua vida à dança, em Paris, há uma década. De visita no Brasil, a artista apresenta sua performance no Inhotim neste sábado, 5 de setembro,  uma mistura entre danças urbanas e projeções  de imagens. “Para mim esse trabalho é sobre a pesquisa. E como desafio de interprete, estou provando as várias danças de rua que existem. Com isso, experimento outros mundos, várias histórias e relações com o outro”, diz. Do Inhotim O trabalho de Ana Pi também busca entender o alcance imediato que a web vem proporcionando na divulgação da dança urbana. Segundo ela, é importante considerar o alcance de vídeos como o Passinho do Romano, com mais de 100 mil visualizações, que acabou virando febre no Brasil atualmente. “ Hoje em dia, formação de publico é super difícil. Essas danças, quando giram o país dessa ...

Leia mais

Pape Ibrahima N’diaye e a Cie Kaolack Danse de Senegal

Vencedor do concurso coreográfico Coreográfico Encounters 'Dance África Dance' de África e do Oceano Índico, na Tunísia com solo 'Eu acuso', em 2008, o Papa Ibrahima Ndiaye disse 'Kaolack' nasceu em Senegal em 1982. Ele atualmente vive em Praga, República Checa. Ele viveu em Kaolack, sua cidade natal, onde ele cresceu, rica em suas origens e as tradições de seu país com a ajuda, entre outros de sua avó materna, que lhe trouxe força e espiritualidade. Em 1997, ele abandonou os estudos e as vidas dos "poucos empregos '. Então ele começa a participar "da rua", com todos os seus aspectos: a pobreza, crime, violência, crueldade ... Isto marcou fortemente a sua vida e mudou sua visão da sociedade afetada pela forma como vivem os pobres, os oprimidos, os pobres, as pessoas rejeitadas e oprimidas pelo sistema. Em 2000, ele conheceu através da dança Papa Sy (Passtef ballet teatro Dalifor) ...

Leia mais

Bailarina carioca é primeira solista de balé em Nova York: ‘Me senti acolhida’

Nos Estados Unidos há sete anos, Ingrid Silva conta que lá o preconceito é menor: 'No Brasil, não conheço nenhuma bailarina negra no balé clássico' Filha de uma empregada doméstica e de um funcionário aposentado da Força Aérea, a carioca Ingrid Silva, de 26 anos, está vivendo uma história de conto de fadas. No Encontro desta quarta (6/5), ela contou que depois de muito esforço e de passar por momentos de racismo está se destacando no Dance Theatre of Harlem, uma das companhias de balé de Nova York, onde ela está há sete anos. A bailarina ainda viu seu rostinho estampado em vários cartazes pelos metrôs da cidade em sua última temporada. Nas companhias de balé quase que a totalidade dos integrante é composta por bailarinos brancos. Questionada sobre o assunto, a jovem carioca disse que racismo existe em qualquer lugar. “Qualquer profissão está além de sua raça, cor ou qualquer coisa. Tem ...

Leia mais

L’Ecole des Sables: o “chão” da dança contemporânea africana

Pés descalços no chão de areia. O calor senegalês prepara os corpos para a agitada rotina de treinamentos que os alunos da Ecole des Sables (escola de areia, em português) enfrentam. A escola de dança que fica a aproximadamente 200 metros do mar, é fruto das interconexões que marcam a África contemporânea. Situada em uma ilha de pescadores – repleta de Baobás – chamada Towbab Dialaw, a 50 quilômetros de Dakar, no Senegal, a Ecole foi fundada pela coreógrafa Germaine Acogny em 1998. Por Rosa Couto no Afreaka Com o intuito de ser um centro de treinamento profissional aberto para dançarinos da África e do mundo todo, sua estrutura básica é composta por dois estúdios de dança, tendo o principal deles 400m² de chão coberto por areia. Além dos estúdios, a escola possui 3 vilas com um total de 24 casas, nas quais ficam alojados alunos e visitantes, além de salas ...

Leia mais
Os sentidos estéticos da dança africana

Os sentidos estéticos da dança africana

Por que muitas das danças africanas são realizadas em círculos? Por que na música tradicional os tambores se alternam e se repetem? O que significa o bater contínuo de palmas? Na África, mais do que expressões artísticas, as danças são um poderoso meio de comunicação, que traduzem e refletem suas sociedades. Os sinais cognitivos na coreografia, costumes, instrumentos musicais e a até mesmo disposição dos corpos expressam profundos aspectos culturais. As danças, em todas as suas dimensões, carregam mensagens centrais para o funcionamento e dinamismo de uma sociedade. Se hoje, a mídia é a formadora de opiniões do mundo contemporâneo, as danças outrora foram encarregadas desse papel, e ainda o são muitas vezes. Elas podem se constituir em uma forma de autocrítica, sendo uma grande ferramenta para dirigir mudanças de comportamento, tendo a vantagem de se comunicar sem esforços, através da edudiversão, explica o historiador zimbabuano Pathisa Nyathi. Nesse conjunto, ...

Leia mais

Grupo AANINKA da Costa do Marfim: Um show de dança tradicional com músicas contemporâneas (vídeos)

PSY GANGNAM STYLE Fundada em 2001 por SEA YUL ( um devoto de arte e cultura ) da Costa do Marfim, a companhia de dança e música AANINKA é composta por sessenta bailarinos, cantores e percussionistas tudo a partir do Centro de Formação Artística de Abidjan AANINKA. AANINKA significa "Nós" Através da nossa dança, queremos mostrar ao mundo uma nova face da África . AANINKA é composto principalmente de órfãos e crianças de meios desfavorecidos. Utilizando o estilo tradicional com músicas contemporâneas eles acreditam que conseguem disseminar a cultura africana e quebrar o preconceito com a tradição africana. Carly Rae Jepsen Call me maybe Pharrell Williams Happy   Conheça também  Gęlędę na tradição yorubá

Leia mais

O documentário Omolú apresenta a história de Augusto Omolú e sua trajetória na dança

O documentário Omolú apresenta a história de Augusto Omolú e sua trajetória na dança. Omolú foi um dos principais divulgadores da Dança dos Orixás no mundo e teve este trabalho amplamente divulgado. Todo seu estudo na dança esteve alicerçado na ancestralidade africana e em ligação direta com a vivência e respeito ao Candomblé. A singularidade do seu trabalho está na firmeza deste propósito.  Neste documentário trazemos ao público um pouco desta história de luta e dedicação. Este documentário foi produzido nas oficinas de documentário promovidas pelo projeto CineArts no ano de 2014.   Ficha Técnica   Serviço: Onde: Sala Walter da Silveira – Biblioteca dos Barris. Quando: 06 a 07 de novembro. 19h. Quanto: gratuito Realização: CineArts – oficina de documentários Site:facebook.com/omolufilme

Leia mais
maracatu leao coroado credito acervo o nordeste 620

Carnaval/PE: Maracatu Leão Coroado comemora 150 anos

  O Maracatu Leão Coroado, tradicional agremiação do Carnaval de Pernambuco, completa 150 anos com rituais de obrigações religiosas e exposição fotográfica em cartaz na Torre Malakoff (Praça do Arsenal, no Recife Antigo). Por: Ivan Mauricio Mestre Afonso Aguiar assume a organização grupo e as obrigações religiosas, além de abrir as portas para os simpatizantes não ligados ao candomblé. O Leão Coroado é o maracatu mais antigo sem interrupção de atividade desde a sua fundação. História O dia 8 de dezembro - data da fundação do Leão - tem grande significação para os seus integrantes. É o dia em que se comemora as festas de Nossa Senhora da Conceição e Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, para os católicos, e dia de Iemanjá, para o culto nagô. O forte do maracatu de baque virado é a sua tradição religiosa. Seus componentes básicos são o porta-estandarte, o rei e a rainha, as ...

Leia mais
jean abreu 0

Jean Abreu dançarino maranhense explora arte de Gilbert & George em turnê britânica

Um menino de classe média de Imperatriz, no Maranhão, que se mudou para Belém para cursar medicina, mas acabou se tornando dançarino e coreógrafo em Londres, dançando em alguns dos principais palcos do mundo. Jean Abreu conseguiu rara permissão para usar obra de artistas Gilbert & George Esta é a trajetória de Jean Abreu, brasileiro radicado há 18 anos em Londres, onde construiu uma respeitada carreira no competitivo mundo da dança contemporânea britânica. O maranhense de 38 anos sobe ao palco nesta quinta-feira na cidade de Cheshire, para a primeira apresentação da tour britânica do espetáculo Blood (Sangue) – que criou especialmente a pedido da Royal Opera House, uma das principais casas de espetáculos de Londres. Para construir o espetáculo, Abreu contou com a ajuda de amigos poderosos: a excêntrica dupla de artistas plásticos britânicos Gilbert & George, que permitiu raro acesso às suas obras. Blood, Abreu dança sozinho em um palco ...

Leia mais
sarava jonqueira

Jongo: Saravá Jongueiro Velho

  O Jongo é uma prática simbólica oriunda das senzalas das fazendas de café. Transmitido e recriado de geração a geração, compõe a herança da rica ancestralidade africana, sendo considerado o “avô do samba”. Por meio de complexas elaborações poéticas, os jongueiros se comunicam em uma linguagem metafórica, somente compreensível pelos poucos iniciados. Por meio dela, nas fazendas de café coloniais, tramavam fugas, comunicavam acontecimentos, partilhavam alegrias e tristezas, sem que os “senhores” soubessem. Carolina Bezerra Perez, com sua costumeira sensibilidade e domínio da linguagem simbólica, tece uma descrição viva dessa expressão que vem sendo cada vez mais reconhecida nos meios acadêmicos e educacionais por sua força e relevância no contexto da cultura africana e afro-brasileira. Espera-se que tais resultados possam, cada vez mais, serem integrados a situações formais de ensino através da valorização e do reconhecimento das instâncias próprias de criação e transmissão cultural das populações negras em suas ...

Leia mais
Kiebe

Kiebe-kiebe – Danças e tradições congolesas chegam a Havana

A assessora cultural da presidência da República do Congo, Lydie Pongault, destacou quarta-feira, em Havana, a necessidade de se resgatar as tradições originárias africanas face a crescente imposição ocidental, noticiou à Prensa Latina. Um dos expoentes mais distintivos dessas práticas ancestrais no Congo é a dança ritual kiebe-kiebe, símbolo da união entre a natureza e o homem, disse a diplomata em conferência de imprensa concedida por ocasião da sua visita a ilha caribenha. Compartilhar esse tipo de informações com outros povos constitui um novo desafio na protecção do património, por esse representar uma importância capital na transmissão de tais conhecimentos, acrescentou. O kiebe-kiebe, dança-se em grande parte do Congo, mas possui posições difíceis e lentas, misturando o sagrado e o profano, seus códigos são exigentes e mostram um universo pouco aberto, descreveu a assessora cultural. Afirmou que Cuba partilha com África, uma herança cultural muito forte, não só como manifestação ...

Leia mais
maracatu

No melhor lugar

Manoelzinho Salustiano traz a São Paulo o maracatu do baque solto CORTEJO DA VIRADAMaracatu Piaba de Ouro Enquanto na terra houver um Salustiano a cultura do maracatu existirá. Quem garante é o herdeiro natural do grande Mestre, Manoel Salustiano Soares Filho, de 43 anos, 29 dos quais de dedicação exclusiva à manifestação cultural pernambucana, cuja origem é atribuída a matrizes indígenas e africanas fundidas a folguedos praticados em engenhos de cana da Zona da Mata Norte do Estado. “O maracatu é minha vida, não consigo me ver em outra atividade a não ser dentro dessa cultura em que se aprende como numa faculdade”, diz aCartaCapital o primogênito do músico e artesão que em 11 de setembro de 1977 criou o Maracatu Piaba de Ouro. “Vivo disso e para isso. Aprendi com meu pai e me qualifiquei com mestres amigos dele”,  diz Manoelzinho, que vem a São Paulo participar da Virada Cultural. ...

Leia mais
frevo2222

Frevo é declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

Gabriel PalmaRepórter da Agência Brasil Brasília – A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) aprovou dia 5 de dezembro de 2012 o frevo, expressão artística do carnaval do Recife, como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. O reconhecimento ocorreu durante a 7ª Sessão do Comitê Intergovernamental para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, na sede da Unesco, em Paris, na França.Em 2007, o frevo já havia sido declarado como Patrimônio Imaterial do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). "A capacidade de promover a criatividade humana e o respeito pela diversidade cultural é inerente ao frevo e a sua inscrição na Lista Representativa fortalece a apreciação do espírito criativo da humanidade, graças a sua abertura a diversos indivíduos e comunidades. A inscrição reconhece também as medidas para salvaguardar essa manifestação, como a documentação e as atividades educacionais e de promoção", conforme informações publicadas ...

Leia mais
reverencia danca

Danças – Uma reverência a cultura afro brasileira

Para a Semana da Consciência Negra, a TV Brasil produziu três vídeos de 30 segundos cada que serão exibidos durante a sua programação. Inspirados no teatro de sombras, os vídeos trazem os movimentos, a música e o ritmo do maracatu, do maxixe e do maculelê. Ao final de cada peça, os bailarinos aparecem para fazer uma reverência à cultura negra por ajudar na construção da identidade do povo brasileiro.

Leia mais
seu-teodoro-300x225

Mestre de bumba-meu-boi Seu Teodoro morre aos 91 anos

Morreu às 3h20 deste domingo (15) no Hospital Santa Helena, em Brasília, o mestre de bumba-meu-boi Teodoro Freire, mais conhecido como Seu Teodoro. De acordo com informações da assessoria do Centro de Tradições Populares, ele estava com 91 anos e sofria de enfisema pulmonar. O velório será realizado no Centro de Tradições Populares, em Sobradinho, a partir das 13h deste domingo. Natural da cidade maranhense de São Vicente Ferrer, Seu Teodoro chegou em Brasília em 1962. Ele trabalhou na Universidade de Brasília (UnB) e, em 1963, abriu o Centro de Tradições Populares, que na época se chamava Sociedade Brasiliense de Folclore. O espaço busca disseminar a cultura do bumba-meu-boi, além de divulgar as festas e danças dessa manifestação da cultura e folclore brasileiro. A família de Seu Teodoro informou que vai manter o festejo de São Sebastião até 20 de janeiro, mas a festa de aniversário de 49 anos do ...

Leia mais
webflyer-curso-profissional

Escola de Dança da FUNCEB abre inscrições para curso profissionalizante

Por Rosilda Oliveira Unidade do Centro de Formação em Artes seleciona novos alunos para o Curso de Educação Profissional Técnico de Nível Médio em Dança O Centro de Formação em Artes da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), vinculada da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), dá início às ações de 2012 com a abertura das inscrições de novos alunos para o Curso de Educação Profissional Técnico de Nível Médio em Dança, oferecido pela Escola de Dança da FUNCEB. Entre os dias 9 e 20 de janeiro, os interessados devem se apresentar à unidade, com uma novidade este ano: para melhor atender o público do interior, as inscrições, que são gratuitas, podem também ser feitas via e-mail. Para os residentes em Salvador, é preciso comparecer à sede da Escola de Dança da FUNCEB, no Pelourinho, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30, munidos de foto 3×4 e cópia ...

Leia mais
Página 1 de 2 1 2

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist