sexta-feira, outubro 30, 2020

    Tag: Michel Temer

    A legitimidade que vem da rua, por Felipe Freitas

    Na democracia a legitimidade do poder é o resultado das disputas públicas. São os conflitos vividos intensamente no espaço público; são as próprias contradições entre os atores políticos que permitem que um governo democrático seja também um governo legítimo. Por Felipe Freitas Do Eden Valadares Na democracia a legitimidade é sempre conflitiva, instável e polifônica. Dilma perdeu a popularidade e perdeu a maioria parlamentar. Mas, segue intocável do ponto de vista moral; não perdeu a legitimidade. Foi vítima de um golpe e não cometeu crime de responsabilidade; é digna, séria, proba e honesta. Por outro lado, Temer é o golpe. Não reúne nenhuma base ética e nenhuma legitimidade social. Formou uma maioria parlamentar de ocasião liderada pelo derrotado Aecio Neves e pelo contumaz Eduardo Cunha; rompeu com a ordem constitucional; não tem o amparo popular; não representa um projeto referendado nas urnas e não possui o suporte de um partido ou ...

    Leia mais

    Primeira leva de retrocessos passa no Congresso – o que mais vem por aí?

    Duas Medidas Provisórias foram aprovadas e uma Emenda Constitucional promulgada ontem (quinta, 8/9) no Congresso Nacional, dando início para valer ao projeto político-econômico por trás do golpe. Do Inesc Foi dada a largada para os retrocessos de que tanto falamos - e tememos - desde que o governo Michel Temer deu seus primeiros passos no comando das ações em Brasília. O Congresso Nacional aprovou ontem duas medidas provisórias e promulgou uma emenda à Constituição, dando sinal verde para o desmonte do já frágil Estado de bem-estar social e para a desconfiguração de diversas políticas públicas essenciais para a garantia de direitos. Primeiro veio a aprovação da MP 726 no Senado, confirmando a eliminação de diversos ministérios importantes como o da Previdência Social (transferido para o Ministério da Fazenda), da Igualdade Racial, das Mulheres e dos Direitos humanos (alocados no Ministério da Justiça) e do Desenvolvimento Agrário (que virou 'puxadinho' no ...

    Leia mais

    Governo quer contratos de trabalho por produtividade e hora trabalhada

    A reforma trabalhista que está sendo desenhada pelo governo Michel Temer vai incluir a possibilidade de contratação por horas trabalhadas ou por produtividade (serviço específico), o que permitirá o vínculo do trabalhador com mais de uma empresa, segundo o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. Por Laís Alegretti Do Folha O governo também quer deixar claro que convenções coletivas poderão acordar a possibilidade de um trabalhador cumprir jornada de até 12 horas por dia, com a limitação semanal de 48 horas. Esse modelo já é utilizado nas áreas de enfermagem e de vigilância, mas precisa de segurança jurídica, na avaliação do ministro. As duas novas modalidades de contratação, por produtividade e por horas trabalhadas, serão criadas para serviços especializados, como uma opção extra à contratação por jornada de trabalho, utilizada atualmente, e que prevê vínculo com apenas um empregador. EXEMPLO Uma empresa que busca um serviço de um profissional que coloque azulejos, ...

    Leia mais

    Ministro do Trabalho confirma: Temer é comunista, Temer é dos nossos

    Atenção: Texto com altas doses de ironia. Interprete com moderação. Por Leonardo Sakamoto Do Blog do Sakamoto Se for verdade o que o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, afirmou, nesta quinta (8), que a jornada será limitada a 44 horas com apenas mais quatro horas extras por semana, como muitos veículos de comunicação divulgaram, significará – na prática – uma redução. Coisa que nem um partido que se afirma trabalhista e outro que se afirma social-democrata conseguiram em suas presidências. Explico: para uma jornada de 44 horas (normalmente, oito horas por dia de segunda a sexta e mais quatro, no sábado), que já é o limite semanal hoje, são permitidas até duas horas extras por dia, totalizando 56 horas. Claro que essas horas extras não podem ser frequentes dessa forma, caso contrário o empregador terá problemas com auditores fiscais e procuradores do trabalho. E, normalmente, são frutos de acordo coletivo. Mas esse é ...

    Leia mais

    Protesto contra Temer reúne 100 mil pessoas na avenida Paulista

    Ato contou com figuras públicas como a cartunista Laerte, o ex-senador Eduardo Suplicy e a candidata à prefeitura de São Paulo Luiza Erundina; veja as imagens Do Portal Fórum Cerca de 100 mil pessoas se reuniram na tarde deste domingo (4), na avenida Paulista, em São Paulo, em manifestação contra o governo de Michel Temer e o golpe contra Dilma Rousseff. O grupo começou a caminhada no sentido Consolação às 17h30 com faixas e placas de protesto. O ato, coordenado pelas frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular, contou com figuras públicas como a cartunista Laerte, o ex-senador Eduardo Suplicy (PT) e a candidata à prefeitura de São Paulo Luiza Erundina (Psol). Veja as imagens a seguir. Fotos: Mídia NINJA

    Leia mais

    Delação contra Temer fortalece plebiscito

    Confirmada a delação de Marcelo Odebrecht, de que repassou R$ 10 milhões em ajuda eleitoral não declarada (caixa dois) ao PMDB, a pedido do vice-presidente em exercício Michel Temer, só restará ao Brasil a saída pelas urnas. Diante do imperativo de uma relegitimação da Presidência da República, a saída que ganha força é a do plebiscito sobre a antecipação das eleições presidenciais, defendida por Dilma. Do Brasil247 Este seria o caminho trilhado por um Congresso realmente empenhado em encontrar uma solução legal, legítima e estabilizadora da situação política. Fora disso,  e consumado o golpe contra Dilma, estará o país condenado a conviver com um presidente acusado de grave crime eleitoral e rejeitado pela população, situação que promete mais instabilidade política,  maior deterioração econômica e conturbação social. A reportagem publicada pela revista Veja, a partir do acesso a parte do acordo prévio da delação de Marcelo Odebrecht, até este momento foi ...

    Leia mais

    Sabe qual direito você perdeu hoje? Site te mostra

    “Alerta Social” denuncia, diariamente, os direitos que os trabalhadores perdem com medidas do governo interino Do Brasil de Fato  Os cortes nas políticas sociais da população brasileira, promovidos pelo presidente interino Michel Temer (PMDB-SP) não são poucos. É o que denuncia o site ‘Alerta Social, que direito você perdeu hoje?’, que noticia diariamente as ofensivas e ameaças do governo provisório. A plataforma afirma ser um espaço de “de luta e resistência contra o golpe que afeta principalmente os mais pobres”. Os textos publicados fazem breves análises das propostas, Projetos de Lei (PL) e Medidas Provisórias (MP) que, de alguma forma, tem prejudicado os trabalhadores. As recentes ameaças do governo interino de Temer como as novas regras da aposentadoria, que já passa a valer para quem tem menos de 50 anos, a tentativa de tirar o termo “distribuição de renda” nas metas do governo e a aprovação do orçamento de 2017 que limita gastos na saúde e ...

    Leia mais

    A bofetada americana em Jucá doeu mesmo foi em Temer. Por Paulo Nogueira

    O governo Temer não estava esperando alguma manifestação dos Estados Unidos? por : Paulo Nogueira, do DCM Ela veio, enfim. Mas não é exatamente para comemorar. O visto de entrada negado pelos americanos a Romero Jucá foi uma bofetada na administração golpista. As autoridades americanas sabem muito bem os laços que unem Temer a Jucá. Não fossem contundentes as acusações contra Jucá, os Estados Unidos teriam contemporizado no visto em respeito a Temer. É um caso exemplar. No Brasil, as denúncias contra Jucá sumiram do radar, convenientemente. A imprensa não trata dela, dentro de seu jornalismo de guerra contra o PT. Os investigadores da Lava Jato estão ocupados demais com a cozinha de um sítio para dar atenção a Jucá. Mas os americanos não são influenciados pelos donos das empresas jornalísticas brasileiras e nem pelos tiras da PF. O medo deles é que Jucá use os Estados Unidos como trampolim ...

    Leia mais

    Folha cometeu fraude jornalística com pesquisa sobre Temer, revela site

    O jornalista Glenn Greenwald revela, no site The Intercept, que a Folha cometeu fraude jornalística ao manipular a mais recente pesquisa Datafolha sobre o governo de Michel Temer. Do DCM Segundo o jornal, 50% dos brasileiros acham que é melhor para o país se Temer terminar o mandato; que apenas 4% disseram que não querem nem Dilma nem Temer; e que somente 3% querem novas eleições. De acordo com Greenwald, não é verdade que metade dos ouvidos respondeu que seria melhor se Temer terminasse o mandato de Dilma: eles só disseram que seria a melhor opção se a outra fosse o retorno de Dilma. “Além disso”, diz ele, “não confere que só 3% querem novas eleições, uma vez que não foram questionados sobre isso. Ao limitar falsamente a questão a apenas duas opções, a Folha garantiu que os resultados fossem totalmente distorcidos”. O jornalista americano Alex Cuadros observou que as pesquisas ...

    Leia mais
    Roberto Stuckert Filho/PR

    Dilma vai ao povo, Temer debate 80 horas semanais

    Enquanto a presidente eleita Dilma Rousseff mantém sua agenda de encontros com a população, como fez ontem num evento que discutiu moradia popular, o interino Michel Temer discute, a portas fechadas, a supressão de direitos trabalhistas, como na reunião com Robson Andrade, da Confederação Nacional da Indústria, que defendeu uma jornada de 80 horas semanais; proposta é tão esdrúxula que faria com que o Brasil retrocedesse a uma era pré-revolução industrial, quando até as crianças trabalhavam nas manufaturas inglesas Do Brasil247 Lá se vão quase dois meses de governo provisório e ainda não se viu uma foto de Michel Temer junto à população brasileira. O interino se mantém trancado nos palácios ou em reuniões fechadas com grupos de empresários. Ontem, ele participou de uma reunião na Confederação Nacional da Indústria, que discutiu a ampliação da jornada de trabalho de 40 horas para 80 horas semanais. A ideia foi levada a Temer por ...

    Leia mais

    Entidades denunciam governo Temer na ONU

    A ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) e a Conectas denunciaram, em uma assembleia do Conselho de Direitos Humanos da ONU, as ameaças de retrocesso dos direitos humanos agravadas com a crise política e com o Governo Temer. Do Brasil247 A ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) e a Conectas denunciaram nesta quinta-feira (23), em uma assembleia do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), as ameaças de retrocesso dos direitos humanos, agravadas com a crise política. Em um pronunciamento de aproximadamente 20 minutos, as entidades disseram que iniciativas do governo interino, como a redução do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos a secretarias subordinadas ao Ministério da Justiça e Cidadania indicam que o Brasil pode desmontar garantias previstas na Constituição Federal e levar o país a descumprir tratados internacionais. "Momentos de crise exigem atuação ...

    Leia mais

    Lições que aprendemos em um mês de governo Temer

    "Pessoas que postavam coisas nas redes sociais sobre política, principalmente sobre o impeachment, passaram a falar sobre gatos, cachorros, comidas, filhos, passeios, jogos de futebol etc", diz o cantor Tico Santa Cruz, em artigo publicado no Brasil de Fato; "Aqueles que diziam estar lutando contra a corrupção, em grande maioria, devem estar dormindo há um mês ou mudaram de país"; leia a íntegra Por Tico Santa Cruz, no Brasil 247  Pessoas que postavam coisas nas redes sociais sobre política, principalmente sobre o impeachment, passaram a falar sobre gatos, cachorros, comidas, filhos, passeios, jogos de futebol etc. Aqueles que diziam estar lutando contra a corrupção, em grande maioria, devem estar dormindo há um mês ou mudaram de país. Vejo poucos falando sobre Cunha, Temer, Jucá e Renan. Os que ainda falam só mencionam Lula e Dilma, ainda que Dilma não tenha sido inserida na Lava Jato. Muita gente percebeu que o ...

    Leia mais

    Brasil desmoralizado nos maiores jornais do mundo

    Washington Post - "A pressão política no Brasil, em função das denúncias de corrupção, acua o presidente interino Michel Temer" Do Jornal do Brasil >> 'Washington Post': Governo interino do Brasil é tão corrupto quanto o que foi forçado a sair? Financial times - "Temer passa por dificuldades por escândalos de corrupção" >> 'Financial Times': Temer é acusado de suborno e corrupção Wall Street Journal - "Presidente brasileiro MIchel Temer diz que delator mente" >> 'WSJ' publica na íntegra nota do delator reafirmando denúncias contra Temer El País - "Temer é acusado de corrupção" >> 'El País': Temer nega acusações de suborno mas delator reafirma denúncias Stratfor - "Até quando o Brasil vai tolerar a corrupção?" >> 'Stratfor': Quando a corrupção já não é mais tolerável no Brasil The Intercept - "Conforme a corrupção se alastra, cai a máscara do governo Temer" > 'The Intercept': Caem as máscaras dos movimentos pró-impeachment Como o JB antecipou nesta quinta-feira (16), a sucessão de escândalos faz ...

    Leia mais

    Carta a Temer: Renúncia coletiva ao Conselho Nacional de Direitos da Mulher

    Nós, representantes da Articulação de Mulheres Brasileiras/AMB, Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras/AMNB, da Marcha Mundial das Mulheres/MMM, da Rede Mulher e Mídia/RMM; da Rede Economia e Feminismo/REF e as Conselheiras de Notório Conhecimento das questões de Gênero, Maria Betânia de Melo Ávila, Matilde Ribeiro, integrantes do CNDM – Conselho Nacional dos Direitos da Mulher vimos anunciar nossa RENÚNCIA ao mandato de Conselheira, pelos motivos abaixo expressados. POR LUCIANA OLIVEIRA, do Blog da Luciana Oliveira Não reconhecemos o governo provisório por considera-lo ilegítimo, resultado de uma coalizão de forças políticas que chega ao poder por meio de um golpe parlamentar-jurídico-midiático, levando ao afastamento temporário da Presidenta Dilma, eleita pelo voto popular, configurando um ataque à institucionalidade democrática; Desde que assumiu o poder, este governo interino e ilegítimo vem cumprindo um programa ultraliberal, que requenta boa parte do programa eleitoral da coalizão derrotada nas últimas eleições presidenciais, e promove, de maneira ilegítima, mudanças ministeriais que representam uma brutal desestruturação de políticas públicas voltadas para ...

    Leia mais

    Cunha ameaça Temer: se cair, leva 150 deputados

    O deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está na linha de tiro da procuradoria-geral da República e do Supremo Tribunal Federal, mandou um recado ao interino Michel Temer: se cair, sairá atirando; Cunha disse ainda que leva com ele 150 deputados, um senador e um dos ministros mais próximos a Temer; na semana passada, Cunha temia ser preso; sua esposa Cláudia Cruz se tornou ré, em Curitiba, ao alcance do juiz Sergio Moro, e uma nova denúncia contra ele foi oferecida; em editoriais publicados neste fim de semana, Globo e Estado de S. Paulo cobraram de Temer que não faça nenhum gesto para salvar seu principal aliado Do Brasil247 O deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está na linha de tiro da procuradoria-geral da República e do Supremo Tribunal Federal, mandou um recado ao interino Michel Temer: se cair, sairá atirando e poderá levar com ele cerca de 150 deputados, ...

    Leia mais

    Cai o terceiro ministro de Temer: Osório, da AGU

    Demissão de Fábio Medina Osório, nomeado para a Advocacia-Geral da União, foi anunciada neste sábado pelo jornalista Jorge Bastos Moreno, colunista do Globo e porta-voz informal do governo provisório de Michel Temer; são dois os motivos: (1) na base área de Brasília, ele tentou dar uma carteirada para conseguir um jato da Força Aérea Brasileira para viajar a Curitiba; (2) o governo o responsabiliza pela lambança ocorrida na EBC, com a demissão ilegal do presidente Ricardo Melo e a nomeação também ilegal do jornalista Laerte Rimoli, que iniciou um desmonte na empresa, interrompido por decisão do ministro Dias Toffoli; além disso, Osório também se indispôs com a advocacia ao abrir sindicância contra o antecessor José Eduardo Cardozo; com sua degola, ele se soma ao senador Romero Jucá (PMDB-RR) e a Fabiano Silveira, demitidos do Planejamento e da Transparência Do Brasil247 Mantendo a média de um demitido por semana, o governo ...

    Leia mais

    ‘Deutsche Welle’: Esqueça Temer, Brasil precisa de novas eleições

    Jornal alemão defende eleições antecipadas para resolver impasse político Do Jornal do Brasil O periódico alemão Deutsche Welle traz em sua edição desta segunda-feira (30) uma matéria onde fala sobre as incertezas que o Brasil vive atualmente, comparando o cenário a um verdadeiro pântano político. A situação se tornou tão confusa, diz a publicação alemã, que o mais sensato seria recorrer a eleições antecipadas. Segundo a reportagem, apesar da presidência interina de Michel Temer tentando mostrar que o Brasil está no meiode uma transformação, parece que pela primeira vez, as elites políticas e econômicas estão percebendo a possibilidade de perder o controle sobre o país. Independentemente de saber se o Brasil está governado por uma ditadura militar ou um governo democraticamente eleito, um acordo parece fora de questão até o moneto, comenta o texto do jornal Deutsche Welle. Um escândalo enorme ligado a Petrobras, parece ter confirmado a suspeita de que todos ...

    Leia mais

    Temer acaba com o Minha Casa, Minha Vida

    Com novo nome e sem subsídios para famílias de baixa renda, programa habitacional praticamente chega ao fim; o governo interino de Michel Temer (PMDB) decidiu acabar com os subsídios concedidos aos mutuários mais pobres do Minha Casa Minha Vida; o programa deixará de receber recursos do Tesouro Nacional, para subsidiar as famílias enquadradas na faixa 1 (renda de até R$ 1.800) e na faixa 2 (até R$ 3.600); além disso, o programa, uma das marcas dos governos Lula e Dilma, mudará de nome; a terceira etapa do Minha Casa está sendo totalmente reformulada pelo Ministério das Cidades e deverá ser relançada com uma meta menor, de até 1,5 milhão de unidades nos próximos três anos, metade do que foi prometido pela presidente Dilma Rousseff em 2014; o "relançamento" do programa, como política habitacional do governo Temer, só ocorrerá se o afastamento definitivo da presidente for aprovado pelo Senado, para evitar ...

    Leia mais

    ‘NYT’: Transcrições expõem motivação e complô para derrubar presidente Dilma

    O jornal norte-americano The New York Times publicou nesta terça-feira (24) matéria sobre o atual escândalo da política brasileira, envolvendo a transcrição da conversa gravada entre o ministro do Planejamento, Romero Jucá, e o ex-presidente da Transpetro, Sergio Machado. Do Jornal Do Brasil Falas privadas desmentem frontalmente o discurso público do impeachment Segundo a reportagem, este fato significa um grande revés para o início de campanha do presidente interino Michel Temer, porque o relatório de gravações sugerem que um de seus ministros conspirou para interferir na investigação do caso de corrupção da Petrobras, e impulsionar o impeachment da Presidente Dilma Rousseff. O principal jornal dos EUA conta que Michel Temer assumiu temporariamente a presidência no dia 12 de maio, após a aprovação da suspensão de Dilma por até 180 dias, sendo iniciado o processo de impeachment contra a presidente.   O texto do NYT argumenta que as transcrições demonstram as ...

    Leia mais

    Nada a temer! Uma reação de autores de HQs e ilustradores contra o golpe

    O ilustrador Edson Ikê explica sua motivação ao criar a fanpage Nada a temer!: “É uma resposta humorada e sarcástica ao golpe. A ideia é ocupar e dizer: ‘Fora Temer!’ e à sua política de neocolonização. Arte contra a barbárie no Brasil”. A ideia cresceu. Enquanto Ikê convida amigos e conhecidos para participar da iniciativa, outros produzem por conta própria e alguns trabalhos autônomos acabam incorporados à iniciativa. Até agora, a página reproduziu 12 obras, dos mais diversos estilos. Certeza que não fica só nisso – e vou atualizando o post e dando os devidos créditos a medida que forem surgindo novos trabalhos. Ó o que apareceu por lá até agora (além dessa aqui em cima do Marcelo D’Salete): no Facebook Nada a Temer DW Ribatski: Tayla Nicoletti: Vicente Mendonça: Edson Ikê: André Kitagawa: Daniel Bueno: Talita Rocha: Rato: Pato: Andre Ducci: Shiko: Wagner Willian: Taline Schubach: Kiko Dinucci: Jozz Zugliani: Fernanda ...

    Leia mais
    Página 2 de 3 1 2 3

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist