terça-feira, julho 27, 2021

Tag: saúde e Racismo

(Foto: Bigstock)

Racismo e Sexismo nas História da Lobotomia no Brasil

Dr. Juliano Moreira² já na década de 30 lutava para esclarecer seus contemporâneos, que os males da mente nada tinham a ver com o caráter ou com o grupo étnico dos afetados pelas doenças mentais. Sabemos que ele, apesar do prestígio adquirido no Brasil e no exterior, viu sua contribuição esvanecer sob os pressupostos do Racismo. Mas ainda hoje, nos causa certo desespero saber o alcance destas crenças, e principalmente perceber como a contemporaneidade ainda tem certo pudor em enfatizar algumas informações. A Associação Nacional de História (ANPUH), no dia16 de abril deste ano concedeu o 7o. Prêmio de Teses à pesquisadora Eliza Toledo, pela tese A Circulação e aplicação da psicocirurgia no Hospital Psiquiátrico do Juquery. São Paulo: uma questão de gênero (1936-1956)³. Segundo a autora, a prática da psicocirurgia, popularmente conhecida como lobotomia, englobou um conjunto de intervenções no cérebro de pacientes diagnosticados com complicações psiquiátricas específicas e ...

Leia mais
(Foto: Jordana Seneb)

Jornada de Saúde Africana faz um ano e promove bolsas à pessoas pretas e indígenas

Salvador, Abril de 2021 - O casal Candace Makini e Amani Kush, gestores da plataforma Kiumbe Ixi, desenvolveram a ‘Jornada Seneb Nbw’ (se lê ‘nebú) que completa um ano de atividades em abril de 2021. A ideia foi desenvolvida como uma adaptação aos eventos de promoção da saúde holística africana realizados presencialmente em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Rio Grande do Sul, Brasília e Santa Catarina. Nesta edição especial de um ano, serão selecionadas cinco pessoas pretas ou indígenas que estejam passando por questões emocionais e/ou psicólogicas decorrentes da pandemia e do isolamento social. Os interessados devem demonstrar interesse via mensagem no instagram da plataforma. O evento contempla seis encontros online, entre os dias 10 e 18 de abril, que ocorrerão via plataforma Zoom, além de trocas de informações e materiais de estudo pelo Whatsapp. Durante a pandemia, o álcool e a cafeína têm sido as drogas psicoativas mais ...

Leia mais
Foto: AdobeStock

“Sua raça é resistente à dor”: mulheres relatam racismo em atendimentos médicos

“Agora eu uso a desculpa da pandemia, mas na verdade o buraco é bem mais embaixo”. É desse modo que a estudante universitária Jé Hámãgãy, 23 anos, justifica o fato de estar evitando ir a médicos desde que o seu filho nasceu, há pouco mais de seis meses. Uma “desculpa”, como ela mesma diz, já que foi durante a pandemia que ela fez todas as consultas e exames de pré-natal, em hospitais públicos da Região Metropolitana de BH. Mas foi justamente nessas ocasiões, que Jé vivenciou uma série de situações racistas, que reviveram novos e velhos traumas de toda uma vida em atendimentos médicos. “São vários episódios, mas durante a gravidez foi pior. A médica disse que era muito cedo para eu estar grávida, não fez nenhum exame para comprovar se eu estava ou não gestante, e me fez pagar uma endoscopia urgente para o enjoo e desconforto no estômago. ...

Leia mais
Getty Images

Impacto do racismo na saúde mental

“Ninguém pode ser autenticamente humano enquanto impede que os outros o sejam.” Paulo Freire Há uma prolífica discussão nos meios acadêmicos que os conceitos de raça e etnia são construções sociais dependentes das complexas relações vigentes dentro dos grupos sociais. De acordo com muitos autores o conceito de raça serve para garantir o funcionamento de normas sociais, em sociedades marcadas por uma grande desigualdade. Silvio Luiz de Almeida, autor do livro “O que é racismo estrutural?” argumenta que o racismo pode ser definido a partir de três concepções: 1) individualista, pela qual se apresenta como uma deficiência patológica, decorrente de preconceitos; 2) institucional, pela qual se conferem privilégios e desvantagens a determinados grupos em razão da raça, normalizando estes atos, por meio do poder e da dominação; e 3) estrutural que, diante do modo “normal” com que o racismo está presente nas relações sociais, políticas, jurídicas e econômicas, a responsabilização ...

Leia mais

O racismo começa na gravidez

Série de reportagens aborda a realidade de mulheres negras grávidas, maiores vítimas de violência obstétrica no Estado Por Renata Coutinho, do Folhape Brasileiros historicamente negligenciados. Mesmo maioria em diversos indicadores, como o populacional e os que apontam a necessidade de determinados tipos de assistência, os negros seguem sofrendo para conseguir direitos básicos. Na saúde, a falta de preparo de profissionais e o racismo institucional levam grávidas a padecerem da sala de espera à mesa de operação. Nas escolas, crianças e adolescentes se deparam com a falta de acolhimento de sua cultura, de sua religião, de seu cabelo, o que tem culminado em índices alarmantes de evasão. No mercado de trabalho, mais barreiras impostas pelo preconceito velado: salários menores e a sentença de só ocupar espaços destinados a quem tem menos qualificação. Na série "Questão de Pele", publicada de hoje até terça-feira, a Folha de Pernambuco mostra histórias de gente que testemunha ...

Leia mais

Tuskegee: Uma história americana. E de racismo

Em Tuskegee, durante 40 anos, 400 homens negros com sífilis ficaram sem tratamento para permitir estudar a “história natural” da doença. Não foi acidente nem aberração. Foi uma história americana. Por Luis Carvalho Rodrigues do  Observador  Tuskegee, no início do século XX, era uma pequena cidade do Alabama com uma população essencialmente rural, analfabeta e negra. Em 1932, sob os auspícios do US Public Health Service (PHS), começou em Tuskegee um estudo sobre Untreated Syphilis in the Negro Male. Durante 40 anos, até 1972, 400 homens negros com sífilis seriam mantidos sem tratamento. Pelo menos 100 morreriam comprovadamente por complicações da doença. Em julho de 1972 a história de Tuskegee apareceu no New York Times. O secretário da Saúde da Administração Nixon e um senador democrata da Comissão de Saúde confessaram-se “chocados”. Em novembro, o projecto foi declarado “não ético” e foi encerrado. No sítio do Center for Disease Control (CDC) ...

Leia mais

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

No Content Available

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist