Atriz desmente polêmica sobre cota de negros em ‘Amor à Vida’

Ana Carbatti garante que não foi chamada às pressas para preencher cota

Por: REGINA RITO

Rio – Ana Carbatti, a psicóloga Judith de ‘Amor à Vida’, esclarece que não foi chamada às pressas para a novela por conta de comentários de que a produção não tinha atores negros. “Falar que entrei no último minuto para preencher a cota de negros é mentira. Desde ‘Lado a Lado’, meu último trabalho, sabia que entraria na trama”.

 

Fonte: O Dia 

+ sobre o tema

Londrina – Enfrentamento ao racismo é tema de encontro

Objetivo do evento é reunir representantes do poder público...

Mercedes passa a ter carro pintado de preto na F1 para marcar posição contra o racismo

Atual hexacampeã mundial de pilotos e construtores, a Mercedes...

A estágiária Ester Elisa da Silva Cesário diz que foi transferida para o arquivo

A estudante de pedagogia Ester Elisa da Silva Cesário,...

para lembrar

Google faz acordo para se livrar de acusação de racismo no Reino Unido

A Google aceitou os termos de um acordo judicial frente a...

Alunos de medicina da UnB acusam professor de assédio e preconceito

Segundo estudantes, docente teria desqualificado alunos cotistas. Protesto chegou...

Itamaraty retira do ar apostila com frases racistas e ataques a Lula e MST

O Ministério das Relações Exteriores (MRE), chefiado por Ernesto...

Boateng e outros jogadores da seleção alemã são alvos de racismo após comercial do Kinder Chocolate

Edição do Kinder Chocolate para Eurocopa motiva reclamação racista...
spot_imgspot_img

Fifa apresenta pacote de medidas contra o racismo no esporte

A Federação Internacional de Futebol apresentou um pacote de medidas contra o racismo no esporte. O mundo do futebol está reunido em Bangkok, na Tailândia, onde...

Tragédia no Sul é ambiental, mas sobretudo política

Até onde a vista alcança, o Rio Grande do Sul é dor, destruição. E vontade de recomeçar. A tragédia socioclimática que engolfou o estado, além da...

Para os filhos que ficam

Os seus pais vão morrer. É ainda mais difícil se dar conta disso depois de um Dia das Mães, como foi o último domingo....
-+=