Campinas sedia Encontro Estadual de Mulheres Negras

Organizado por entidades de mulheres negras do interior, Campinas sedia Encontro Estadual de Mulheres Negras. Em diálogo com a capital, quilombos e o litoral, o evento, que reúne cerca de 300 mulheres de 28 cidades paulistas, debate as demandas das mulheres negras de São Paulo.

Por Suelaine Carneiro

Encontro Estadual de Mulheres Negras – Campinas/SP – Mulheres Negras 30 ano (Foto: Maria Sylvia)

Campinas sedia Encontro Estadual de Mulheres Negras

A abertura foi  realizada no dia 31 de agosto, na Casa de Cultura Tainã, um espaço de cultura negra. É uma organização comprometida com  a preservação da memória ancestral negra e o enfrentamento ao racismo, na conexão entre a Rota dos Baobás, com a inclusão digital e a discussão sobre os territórios.

Campinas sedia Encontro Estadual de Mulheres Negras
Campinas sedia Encontro Estadual de Mulheres Negras

Encontro Estadual de Mulheres Negras – Campinas/SP – Mulheres Negras 30 ano (Foto: Maria Sylvia)

O dia 01/9 começou com a apresentação  do panorama da construção do Encontro, com apresentações de Lucia Castro, da Comissão de Mulheres Negras do Interior, Neon Cunha – ativista trans independente e Andreia  Alves,   da Mulheres Negras de São Paulo, representantes do Estado de SP na coordenação do Encontro Nacional de Mulheres Negras.

O tema Política e Trabalho, contou com a mediação de Ana Almeida, da Unegro de Ribeirão Preto e a participação de Nilza Iraci de Geledés Instituto da Mulher Negra, a Mãe Mameto Dango da família da Gomeia, uma das fundadoras da Lavagem da Escadaria da Catedral de Campinas, junto com Mameto Oya Corajacy, da Casa do Arco IRIS Inzo Musambu Hongolo Menha, e a deputada estadual Leci Brandão, que abordaram as desigualdades e racismo no Estado de SP, o racismo religioso e os desafios da representação política negra.

Encontro Estadual de Mulheres Negras – Campinas/SP – Mulheres Negras 30 ano (Foto: Maria Sylvia)

Na parte da tarde serão abordados os temas educação e cultura , racismo religioso e racismo institucional, saúde mental, a questão geracional e a diversidade.

O evento irá até o dia 02/9, quando haverá a eleição das delegadas indicadas para o Encontro Nacional de Mulheres Negras 30 Anos: contra o racismo e a violência e pelo Bem Viver , que ocorrerá no mês de dezembro em Goiânia.

+ sobre o tema

VIII Jornada Internacional de Mulheres Escritoras.

A Jornada das mulheres escritoras acontece dias 28 e...

Gordofobia: um assunto sério

O policiamento dos corpos e a imposição de um...

PF prende acusados de aliciar mulheres de 7 Estados para prostituição

A Polícia Federal começou a desmantelar nesta quinta-feira (15)...

Além do espelho

Sinopse "Nós temos uma poderosa arma, que é a memória,...

para lembrar

A mulher negra no cinema brasileiro: uma análise de Filhas do Vento

RESUMO  O artigo apresenta uma reflexão sobre a mulher negra...

Enfrentamento à violência contra a mulher

A Câmara aprovou nesta terça-feira, 03/03, o projeto de...

Violência contra mulher é resultado de machismo, não de natureza masculina

O estudioso americano Matthew Gutmann defende o estudo de...
spot_imgspot_img

Brasil registra um crime de estupro a cada seis minutos em 2023

O Brasil registrou um crime de estupro a cada seis minutos em 2023. Com um total de 83.988 casos de estupros e estupros de...

Mortalidade materna de mulheres pretas é o dobro de brancas e pardas, diz estudo

Mulheres pretas têm quase duas vezes mais risco de morrer durante o parto ou no puerpério que mulheres pardas e brancas, segundo um estudo da Unicamp (Universidade Estadual...

Plataforma Mães Negras debate impactos do peso na vida profissional

A Plataforma Mães Negras do Brasil, startup (empresa emergente) de impacto social, cujo objetivo é a promoção do desenvolvimento socioeconômico de mães negras, promove nesta quarta-feira...
-+=