Guest Post »

Casa Branca sofre derrota no Congresso

Fonte: Zero Hora

Foto: Achmad Ibrahim / AP

Foi um revés inesperado para o presidente dos EUA, Barack Obama. Por 90 votos a seis, o Senado americano rejeitou a liberação dos US$ 80 milhões pedidos pela Casa Branca para o fechamento da controversa prisão de Guantánamo, na Ilha de Cuba, até janeiro de 2010.

Apesar de não impedir o desmantelamento da penitenciária – onde estão detidos suspeitos de terrorismo, a maioria deles capturados no Afeganistão –, o resultado da votação mostra que Obama terá mais dificuldades que imaginava para levar a cabo seus planos. Os recursos seriam destinados ao Pentágono e ao Departamento de Justiça. Parte dos presos, aqueles contra os quais há acusações mais fortes, seria transferida para prisões de máxima segurança no território continental dos EUA. Outros devem ser libertados e devolvidos a seus países de origem ou outras nações que aceitem recebê-los. Obama deve fazer um discurso hoje detalhando seu plano para Guantánamo – palco de denúncias de abusos e maus-tratos.

Contribuiu para a decisão dos senadores o depoimento no Congresso do diretor do FBI (a polícia federal americana), Robert Mueller, também ontem. Ele disse ver com preocupação a transferência de alguns presos – como o suposto cérebro por trás do 11 de Setembro, Khalid Sheik Mohammed – para o território americano, afirmando que representariam um risco mesmo atrás das grades. Além disso, o juiz federal John Bates opinou, na terça-feira à noite, que os Estados Unidos podem manter os prisioneiros por tempo indeterminado em Guantánamo sem a necessidade de apresentar acusações formais.

Matéria original: Casa Branca sofre derrota no Congresso

Related posts