Censo 2022: Brasil tem mais igrejas e templos do que escolas e hospitais somados; veja ranking de estados ‘mais religiosos’

Região Norte lidera, com 459 estabelecimentos dedicados a devoção para cada 100 mil habitantes

Dados do Censo 2022 divulgados nesta sexta-feira mostraram que o país tem mais templos religiosos do que escolas e hospitais somados. De acordo com a análise, são 580 mil locais de devoção a diferentes tipos de religião contra 264 mil instituições de ensino e 264 mil unidades de saúde, que juntos totalizam 512 estabelecimentos. Entre os estados que lideram a lista de “mais religiosos” estão em primeiro o Amazonas, com aproximadamente um templo religioso para cada 68 domicílios; depois o Acre, com 69 na mesma proporção; e o Amapá aparece em terceiro, com cerca de 79.

Fonte: Censo 2022/IBGE

Com os dados, é possível indicar que a região Norte do país é a que tem mais igrejas e templos se comparado ao número de residências, com 459 para cada 100 mil habitantes. Ao todo, são 79.650 igrejas nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Ainda nesse comparativo populacional, a região Sul – com os estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina – aparece com a menor proporção de estabelecimentos religiosos por 100 mil habitantes, com 226.

O Censo apresentou uma análise por tipos de endereços, indicando que a maior parte dos logradouros são propriedades particulares, como casas e apartamentos. Ao todo, as entrevistas contabilizaram 90,6 milhões de domicílios particulares. Em segundo lugar aparecem os estabelecimentos de outras finalidades, como lojas, prédios públicos e culturais, com 11,7 milhões. Aparecem ainda nos dados os estabelecimentos agropecuários, com 4 milhões; edificações em construção, com 3,5 milhões; e os domicílios coletivos (hotéis, presídios, pensões, asilos), com 104,5 mil.

+ sobre o tema

Coalizão de entidades lança campanha por mais negros nos parlamentos

A Coalizão Negra por Direitos, que reúne mais de...

Kenarik Boujikian é nomeada para a Secretaria Nacional de Diálogos Sociais da Presidência

A desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) Kenarik...

Precarização do trabalho rural impacta mais pessoas negras e mulheres

Um relatório da Oxfam Brasil indica que mulheres e pessoas negras...

Em Ceilândia, Anielle Franco anuncia R$ 1,6 milhão para organizações

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, anunciou, nesta...

para lembrar

Desigualdade digital vira obstáculo adicional para representatividade em eleição

A comunicação digital imposta aos partidos pela pandemia trouxe...

Imprensa brasileira foi à França reclamar de premiação a Lula

Não pode passar batido um dos momentos mais patéticos...

Eric Adams assume cargo como segundo prefeito negro da história de Nova York

Eric Adams, o novo prefeito da cidade de Nova York,...

Para as crianças cientistas que nós fomos – por Denize de Almeida Ribeiro

História das Mulheres Negras XXII Eu sei que...

OABRJ levará absolvição dos policiais no caso João Pedro ao STF

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro (OABRJ) levará o caso da absolvição dos policiais na morte do jovem João Pedro...

O grande bazar de direitos

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, declarou nesta semana estar "muito entusiasmado com a iniciativa do STF  de, ao invés de simplesmente decidir pela inconstitucionalidade daquilo que...

Mães de vítimas da violência policial em SP, RJ e BA vão à Comissão Interamericana de Direitos Humanos denunciar o Estado brasileiro

Representantes de movimentos de mães de vítimas da violência do Estado e organizações de direitos humanos como Anistia Internacional, Conectas Direitos Humanos, Instituto Vladimir...
-+=