Censo 2022: Brasil tem mais igrejas e templos do que escolas e hospitais somados; veja ranking de estados ‘mais religiosos’

Região Norte lidera, com 459 estabelecimentos dedicados a devoção para cada 100 mil habitantes

Dados do Censo 2022 divulgados nesta sexta-feira mostraram que o país tem mais templos religiosos do que escolas e hospitais somados. De acordo com a análise, são 580 mil locais de devoção a diferentes tipos de religião contra 264 mil instituições de ensino e 264 mil unidades de saúde, que juntos totalizam 512 estabelecimentos. Entre os estados que lideram a lista de “mais religiosos” estão em primeiro o Amazonas, com aproximadamente um templo religioso para cada 68 domicílios; depois o Acre, com 69 na mesma proporção; e o Amapá aparece em terceiro, com cerca de 79.

Fonte: Censo 2022/IBGE

Com os dados, é possível indicar que a região Norte do país é a que tem mais igrejas e templos se comparado ao número de residências, com 459 para cada 100 mil habitantes. Ao todo, são 79.650 igrejas nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Ainda nesse comparativo populacional, a região Sul – com os estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina – aparece com a menor proporção de estabelecimentos religiosos por 100 mil habitantes, com 226.

O Censo apresentou uma análise por tipos de endereços, indicando que a maior parte dos logradouros são propriedades particulares, como casas e apartamentos. Ao todo, as entrevistas contabilizaram 90,6 milhões de domicílios particulares. Em segundo lugar aparecem os estabelecimentos de outras finalidades, como lojas, prédios públicos e culturais, com 11,7 milhões. Aparecem ainda nos dados os estabelecimentos agropecuários, com 4 milhões; edificações em construção, com 3,5 milhões; e os domicílios coletivos (hotéis, presídios, pensões, asilos), com 104,5 mil.

+ sobre o tema

Luiza Trajano cria movimento para vacinar todos os brasileiros até setembro

Um grupo de empresários liderados por Luiza Trajano, do Magazine...

Abdias concorre ao Premio Nobel da Paz 2010

Por: PLÍNIO FRAGA Pouco ousado, Lula não foi até o...

Movimentos sociais comemoram decisão da Câmara sobre os royalties

Projeto de lei destina 75% dos recursos para a...

Daniel Munduruku: “Índio é invenção total, folclore puro”

Tatiana Mendonça Volta e meia, o paraense Daniel Monteiro Costa,...

para lembrar

Em pregação, pastora promove racismo e LGBTfobia

Pastora promove racismo e LGBTfobia em pregação: entenda o...

Religiões afro-brasileiras, uma questão filosófica – por Nei Lopes

O juiz Eugenio Rosa de Araújo, da 17ª Vara...

STF, religião e tirania

Na última sexta-feira o Presidente da República enriqueceu seu...

Macetando o apocalipse

Veio de Veveta, também conhecida como Ivete Sangalo, o mandamento definitivo da carnavália 2024: a gente maceta o apocalipse. Foi uma resposta relâmpago à...

Geledés aborda intolerância religiosa na ONU

Para além das sessões no Conselho de Direitos Humanos, Geledés-Instituto da Mulher Negra participou de reuniões paralelas com diferentes equipes nas Nações Unidas com...

Carta de uma travesti à igreja evangélica brasileira

Querida igreja, Sei que meu nascimento foi celebrado no meio de vocês. "É um menino!", meus pais diziam, aqui e ali, para todos os irmãos....
-+=