Comissão apura denúncias de violações de direitos humanos no Pará

Fonte: Portal Amazonia –

BELÉM – Parlamentares da Comissão de Direitos Humanos e Minorias estarão hoje (17) em Belém (PA) para discutir ações para a apuração de denúncias de violações de direitos humanos no estado. Os deputados Luiz Couto (PT-PB), presidente da comissão, e Domingos Dutra (PT-MA), vão avaliar medidas para investigar dois casos principalmente: criminalização de movimentos sociais e exploração sexual de crianças e adolescentes.

As denúncias de existência de redes de exploração sexual infanto-juvenil no Pará, com conexões com grupos de outros países, são investigadas há vários anos pela Comissão. Neste ano, o tema já foi objeto de seminário, realizado em junho, com participação do jornalista Roberto Cabrini, que fez reportagem especial sobre o assunto.

 

Movimentos sociais


Em relação a criminalização dos movimentos sociais, um dos casos que será avaliado pelos deputados é o da prisão, em abril deste ano, de militantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB). Eles foram presos em razão de terem organizado protestos na área da Usina de Tucuruí, com o objetivo de pressionar a Eletronorte, empresa responsável pela hidrelétrica, a cumprir os acordos firmados com as famílias afetadas pela obra.

A diligência é realizada conjunto com a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Pará. Os parlamentares serão acompanhados pelo deputado estadual Arnaldo Jordy; a presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil no Pará, Mary Lúcia do Carmo Xavier Cohen, e o coordenador do Programa Nacional de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, Fernando Matos.

Eles se reunirão com representantes da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos, do Tribunal de Justiça do Estado, do Ministério Público Federal e da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Pará, entre outros. As reuniões serão realizadas na Assembléia Legislativa a partir das 8h30. (AL)

 

Matéria original: Comissão apura denúncias de violações de direitos humanos no Pará

+ sobre o tema

Operação hacker marca a nova etapa de radicalização do governo

Ainda não caiu a ficha de parte relevante do...

Movimento de docentes não significa nada, diz Serra

Frase foi dita em cerimônia no Hospital das Clínicas...

Tânia Terezinha da Silva é a primeira mulher a comandar Dois Irmãos

Por: Ricardo Machado   Dois Irmãos - Do alto de seus...

A ausência completa de negros na torcida do Brasil

POR FELIPE ARAÚJO Lembra-se dos livros da série “Onde Está...

para lembrar

Discurso da vitória de Dilma Rousseff

Minhas amigas e meus amigos de todo o...

Jorge Souto Maior: Não ignorem o “babaca” do Felipão

Podia simplesmente ignorar o Sr. Luiz Felipe Scolari,...

“Ninguém pode ficar nas mãos de um chantagista”, diz Cláudio Couto

Para cientista político, apesar do cenário de crise, momento...

Eu não pensava em ser presidente nem do sindicato, conta Lula

Em sua coluna, presidente também defendeu nova fonte de...

8 de março e o Dia Internacional da Mulher

Eva Alterman Blay Professora Emérita FFLCH/USP 04/03/2023 E de repente é 8 de março novamente! O que fizemos nos últimos amargos 4 anos, como o comemoramos¿ Tenho múltiplas...

Política social do governo para mulheres fracassa

Por ignorância, incompetência, má-fé — ou tudo isso junto —, o governo de Jair Bolsonaro tem imensa dificuldade de acertar na política social. Por isso, para...

Movimento negro busca maior representatividade na política

A expansão de movimentos e organizações antirracistas nos últimos anos têm encorajado mulheres e homens negros a se lançarem candidatos na disputa eleitoral deste...
-+=