Concurso para diplomata terá 30 vagas, salário inicial é de R$ 12.962,12

Candidato deve ter nível superior em qualquer área. Concurso será organizado pelo Cespe/UnB

O Ministério das Relações Exteriores divulgou, por meio de portaria no “Diário Oficial da União” desta terça-feira (3), as normas do concurso do Instituto Rio Branco, para a carreira de diplomata de 2012. Serão oferecidas 30 vagas na seleção.

O Ministério das Relações Exteriores escolheu o Cespe/UnB, da Fundação Universidade de Brasília, para organizar o concurso. A justificativa é que a instituição tem dedicação ao ensino e à pesquisa, com inquestionável reputação ético-profissional e sem fins lucrativos.

O candidato deve ter nível superior em qualquer área de formação. O salário inicial é de R$ 12.962,12.

Segundo a portaria, o concurso terá, na primeira fase, prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, constituída de questões de português, de história do brasil, de história mundial, de geografia, de política internacional, de inglês, de noções de economia e de noções de direito e direito internacional público.

Será estabelecida reserva de vagas na primeira fase para candidatos afrodescendentes.

A segunda fase constará de prova discursiva eliminatória e classificatória de português.

Será estabelecida nota mínima para a prova de português.

A terceira fase constará de provas discursivas de história do brasil, de geografia, de política internacional, de inglês, de noções de economia e de noções de direito e direito internacional público. As seis provas da terceira fase terão peso equivalente. Será estabelecida nota mínima para o conjunto das provas da terceira fase.

A quarta fase constará de provas escritas de espanhol e de francês, de caráter exclusivamente classificatório. Cada uma das provas da quarta fase terá peso equivalente à metade do peso de cada uma das provas da terceira fase.

O último concurso para diplomata, que ofereceu 26 vagas, também foi organizado pelo Cespe/UnB neste ano. Se inscreveram 7.180 candidatos (276,15 por vaga).

O diplomata representa, negocia, informa e protege os interesses brasileiros internacionalmente. Os selecionados trabalharão no Itamaraty, no Distrito Federal, na sede do Ministério das Relações Exteriores. As informações são do G1.

 

 

Fonte: Correio 24 horas

+ sobre o tema

Movimentos lamentam a morte de Dom Tomás Balduino

Fundador da CPT e do CIMI, o bispo da...

Copeira de Haddad quer largar crack e sonha ser cozinheira de navio

Ana Cristina Pereira é uma dos 6 dependentes que...

A esperança e o preconceito: as três batalhas de 2010

Por: Arlete Sampaio   A campanha de 2010...

Romário faz repórteres da Veja saírem do Facebook

Senador divulgou ontem os links das páginas dos repórteres...

para lembrar

Oito em cada dez bebês com danos do zika nascem de mães negras

Oito de cada dez bebês nascidos com microcefalia e...

Justiça condena fazendeiro por escravizar 59 no Pará

por Leonardo Sakamoto Do Ministério Público Federal no Pará:...

A população negra e o coronavírus

Recente reportagem no The New York Times, de 07...
spot_imgspot_img

País tem 300,8 mil pessoas em situação de rua, mais de 80 mil em SP

Um levantamento feito pelo Observatório Brasileiro de Políticas Públicas com a População em Situação de Rua, da Universidade Federal de Minas Gerais (OBPopRua/POLOS-UFMG), revelou...

Câncer de pênis: Brasil é considerado o país com maior número de casos do mundo; veja os 6 sinais mais comuns da doença

O Brasil é considerado o país com maior incidência de câncer de pênis no mundo, em especial nas regiões Norte e Nordeste. Este tumor representa...

Geledés participa da 54ª Assembleia Geral da OEA

Com o tema “Integração e Segurança para o Desenvolvimento Sustentável da Região”, aconteceu entre os dias 26 a 28 de junho, em Assunção, Paraguai,...
-+=