“Creuza Oliveira é uma estrela negra que vem iluminando a nossa trajetória de luta”, diz Luiza Batista

Enviado por / FonteDo FENATRAD

A coordenadora geral da Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (FENATRAD), Luiza Batista, concedeu, nesta terça-feira (28), uma entrevista à Rádio Universitária FM, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), sobre o Título de Doutora Honoris Causa recebido pela presidenta de honra da FENATRAD, Creuza Oliveira.

“Recebemos a notícia da honraria à Creuza Oliveira com muita alegria. A maioria de nós, da direção da FENATRAD, esteve presente para prestigiar este momento histórico para a nossa categoria, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia. Contamos com a presença da nossa mais antiga dirigente ainda em atividade, Nair Jane de Castro Lima, com 92 anos, que se deslocou do Rio de Janeiro, para ver de perto a entrega do Título nunca concedido a uma trabalhadora doméstica”, disse Luiza Batista.

“Creuza, uma mulher de 65 anos, negra, com o ensino médio incompleto, é uma grande liderança para as trabalhadoras domésticas. Costumo falar que ela é a minha mestra, porque o pouco que sei aprendi com ela, com Lenira Carvalho, Nair Jane, Laudelina Campos Melo, dentre outros importantes nomes da nossa luta. Como Creuza diz, este título não é apenas dela, mas de toda categoria, é de toda mulher negra que se rebela, que não aceita ser tratada com desrespeito”, frisou a sindicalista.

Luiza Batista ressaltou ainda que Creuza Oliveira já foi premiada duas vezes como defensora dos direitos humanos. “Ela quem estava à frente da FENATRAD quando a Lei Complementar 150, a PEC das Domésticas e a Convenção 189 da OIT, foram aprovadas. Foi uma alegria imensa para nós sabermos que a academia está reconhecendo o valor social do trabalho doméstico. A nossa querida Creuza Oliveira é uma estrela negra que vem iluminando a nossa trajetória de luta, nossas conquistas e reinvindicações. Nós que fazemos a FENATRAD estamos muito felizes e gostaríamos de partilhar este momento histórico para o Brasil. Uma trabalhadora doméstica negra ser diplomada Doutora Honoris Causa. Habemos Creuza”, concluiu.

+ sobre o tema

‘Ainda faltam papéis para a mulher negra’ , diz Ruth de Souza

Filmes da atriz estão em cartaz em mostra no...

Assim falou Luiza Bairros

Nascida em 1953, a gaúcha de Porto Alegre Luiza...

Mortes de mulheres negras aumentam 54% em dez anos

A violência contra as mulheres brancas diminuiu, mas contra...

“Queremos representatividade para além do comercial de xampu”

A blogueira Rosangela J. Silva é nossa primeira entrevistada...

para lembrar

Festival reúne mulheres percussionistas para apresentações em casa

O encontro musical que reúne mulheres percussionistas para apresentações...

70 parlamentares do Brasil se comprometem em protocolar projeto que cria Dia Marielle Franco contra violência política

Ação articulada pelo Instituto Marielle Franco, organização fundada pela...
spot_imgspot_img

Coalizão Negra por Direitos: ‘Sabíamos que negros no governo seria difícil’

A fala do presidente Lula (PT) na qual descartou que gênero e raça serão critérios para a indicação do próximo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) não surpreende...

Assassinato de Mãe Bernadete resume país que nos fragiliza e envergonha

Na quarta-feira passada (16), escrevi aqui neste espaço sobre a "experiência dolorosa" da perda de uma pessoa próxima e amiga, me referindo à morte...

Mulher negra que teve pescoço pisado por PM diz que se sente injustiçada com absolvição: ‘Envergonhada de ser brasileira’

A mulher negra que ficou ferida depois que um policial militar a imobilizou e pisou em seu pescoço durante abordagem em Parelheiros, na Zona Sul de...
-+=