Dança africana é atração desta quinta na Primavera nos Museus

Pindamonhangaba participa da sétima edição do projeto “Primavera nos Museus”, realizado nacionalmente pelo Ibram – Instituto Brasileiro de Museus – órgão ligado ao Ministério da Cultura -, e que tem o tema central “Museus, Memórias e Cultura Afro Brasileiras”. O Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina está sediando a programação de Pindamonhangaba, desde a segunda-feira (23). As atrações seguem até esta sexta-feira (27), gratuitas e abertas a toda a população.

Nesta quinta-feira (26), às 19 horas, haverá a apresentação da escola de Ballet Julia Pyles, com a dança africana. O evento é gratuito e será realizado no Museu. Toda a população está convidada a prestigiar.

Na sexta-feira (27), também às 19 horas, a programação contará com apresentação de Moçambique e dança com o grupo da Academia Performance. Durante a semana, foram realizadas uma palestra com o professor Fábio Mendes, apresentação de jongo e apresentação musical com a Corporação Musical Euterpe.

Além das apresentações artísticas, o museu está aberto de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas para visitas monitoradas ao seu acervo, incluindo a mostra de reproduções de africanos de todas as etnias, confeccionadas pelo artista pindamonhangabense Marcelo Denny.

Evento
O Primavera nos Museus tem como objetivo mobilizar os museus de todo o país a desenvolverem programações especiais para intensificar suas relações com a sociedade. Neste ano, são mais de 2,6 mil atividades programadas em 884 museus de municípios de todos os estados do país. A proposta é levar uma reflexão mais profunda sobre o tema para a sociedade.

A temática deste ano é resultado de uma discussão sobre a transformação social apresentada durante a conferência do Comitê Internacional de Museus de 2013, que abordou a junção da memória e criatividade resultando em mudança social.

Fonte: Portal R3

+ sobre o tema

Chael Sonnen lutou dopado contra Anderson Silva

Foto UFC O americano versado...

Hamilton é advertido por incidente com Bruno Senna nos boxes

Mais rápido do primeiro dia de treinos para...

Seminário aborda discriminação

A UEFA junta-se às federações holandesa e inglesa...

Provei que não sou marginal, desabafa Felipe após título carioca

Mesmo sem defender pênalti, goleiro do Flamengo se sentiu...

para lembrar

Encontro do Hip Hop com a SEPPIR em São Paulo

No ultimo final de semana os representantes,militantes e ativistas...

Renato vai passar por cirurgia, mas voltará a jogar futebol

Procedimento de introdução de um catéter no coração será...

Emílio Santiago critica MPB atual: “É tudo muito cool”

Lançando o DVD "Só danço samba", cantor fala sobre...
spot_imgspot_img

Casa onde viveu Lélia Gonzalez recebe placa em sua homenagem

Neste sábado (30), a prefeitura do Rio de Janeiro e o Projeto Negro Muro lançam projeto relacionado à cultura da população negra. Imóveis de...

No Maranhão, o Bumba meu boi é brincadeira afro-indígena

O Bumba Meu Boi é uma das expressões culturais populares brasileiras mais conhecidas no território nacional. No Maranhão, esta manifestação cultural ganha grandes proporções...

“O batuque da caixa estremeceu”: Congado e a relação patrimonial

“Tum, tum-tum”, ouçam, na medida em que leem, o som percussivo que acompanha a seguinte canção congadeira: “Ô embala rei, rainha, eu também quero...
-+=