#DiálogosInsubmissos – Maiana Lima e Samira Soares serão mediadoras de debates!

Tá chegando a hora das pretas insubmissas lotarem o Espaço Cultural da Barroquinha nesta terça-feira, dia 11 de julho. Vão começar os “Diálogos Insubmissos”,  projeto que está dando o que falar nas Redes Sociais!

Samira Soares                     Foto – Rafaela Souza

Do Portal Sotero Preta

 Sete mulheres estão reunidas em torno dos Diálogos: a mestra em Estudos de Linguagens (Uneb) e ativista, Lindinalva Barbosa, a doutoranda em Literatura e Cultura (UFBA), Cristian Sales, a doutoranda em Literatura e Cultura Dayse Sacramento, a doutora em Crítica e Teoria Literárias, Denise Carrascosa, a mestra em Crítica Cultural (Uneb), Manoela Barbosa, a doutoranda em Estudos de Gênero, Mulheres e Feminismo, Carla Akotirene, a mestranda em Educação e Contemporaneidade (UNEB), Carla Portela. Elas se debruçarão sobre 13 contos do livro“Insubmissas Lágrimas de Mulheres Negras” (2011)de Conceição Evaristo.

Maiana Lima – Facebook

Mediadoras Insubmissas

Além do time poderoso acima, outras insubmissas estarão na roda também: as mediadoras Maiana Lima e Samira Soares. Maiana é graduanda em Letras Vernáculas e Língua Estrangeira Moderna (Inglês) pela UFBA e, atualmente, é pesquisadora de intelectualidades negrofemininas na Literatura. Já Samira Soares é YouTuber do canal Narrativas Negras, ativista do Coletivo Enegrecer e da Marcha do Empoderamento Crespo.

Samira Soares mediará o Diálogo entre Carla Akotirene e Ana Carla Portela, no dia 15 de julho (sábado), no Goethe Institut (Corredor da Vitória) e Maiana Lima estará entre Lindinalva Barbosa e Cristian Sales, no dia 20 (Pavilhão de Aulas Glauber Rocha – UFBA).

Além delas, está Dayse Sacramento, idealizadora do projeto, que mediará o primeiro encontro entre Manoela Barbosa e Denise Carrascosa, na próxima terça (11), no Espaço Cultural da Barroquinha. Começa às 19h e é só chegar – cedo! A entrada estará sujeita à lotação do espaço.

PROGRAME-SE!

Diálogos Insubmissos de Mulheres Negras – Abertura

Quando: 11/7 (terça), às 19h
Onde: Espaço Cultural da Barroquinha
Quanto: Entrada Gratuita – Inscrições no local minutos antes da atividade
+ Sujeito a lotação do espaço

+ sobre o tema

Professora propõe encontro com pedófilo como trabalho escolar para aluna

Professora iria com aluna até o local do encontro...

As chances das mulheres na universidade

Estudo sugere que disciplinas com alta presença feminina não...

STJD investiga homofobia no clássico e pode punir Corinthians e São Paulo

Corintianos e são-paulinos trocaram ofensas no mesmo durante a...

Médica cubana é estuprada dentro de posto de saúde em Pernambuco

Uma médica cubana do Programa Mais Médicos foi estuprada...

para lembrar

Ministra encerra congresso sobre pensamento de mulheres negras

Seminário tem objetivo de explorar produção de conhecimento promovida...

10 mulheres negras ativistas de destaque no Brasil

Sabemos que existem muitas mulheres negras brasileiras que contribuem...

SP: travesti eleita vereadora passa mal em posse e é internada

O vereador eleito de Piracicaba, no interior de São...

Aprovada no Sisu, travesti Maria Clara Araújo pede igualdade após entrar UFPE

A estudante pernambucana Maria Clara Araújo, de 18 anos, foi...
spot_imgspot_img

CNJ pede explicações a juízas sobre decisões que negaram aborto legal

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta sexta-feira (12) intimar duas magistradas do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) a prestarem esclarecimentos sobre...

Instituto Mãe Hilda anuncia o lançamento do livro sobre a vida de matriarca do Ilê Aiyê

O livro sobre a vida da Ialorixá Hilda Jitolu, matriarca do primeiro bloco afro do Brasil, o Ilê Aiyê, e fundadora do terreiro Acé...

Centenário de Tia Tita é marcado pela ancestralidade e louvado no quilombo

Tenho certeza que muitos aqui não conhecem dona Maria Gregória Ventura, também conhecida por Tia Tita. Não culpo ninguém por isso. Tia Tita é...
-+=