Dilma convoca reunião ministerial para debater conjuntura econômica

Encontro vai ocorrer no dia 14, no Planalto. Guido Mantega fará exposição.
Segundo ministro, reunião foi descontraída, e Dilma demonstrou ‘felicidade’

 

Ao final da primeira reunião de coordenação do governo da presidente Dilma Rousseff, nesta segunda (3), o ministro das Relações Institucionais, Luiz Sérgio, anunciou a decisão da presidente de convocar a primeira reunião ministerial para o próximo dia 14, às 14h, no Palácio do Planalto.

Segundo o ministro, no encontro, Guido Mantega (Fazenda), fará uma análise de conjuntura da economia mundial.

“Nesta primeira reunião, haverá uma exposição do ministro Guido Mantega sobre a situação econômica do mundo e seus reflexos na economia brasileira”, disse Luiz Sérgio.

Ele afirmou que a escolha do tema da primeira reunião ministerial não está relacionada a eventuais problemas na economia. Segundo o ministro, o tema foi sugerido por Mantega, com o objetivo de oferecer aos novos ministros um panorama da situação da economia brasileira.

O ministro das Relações Institucionais negou a existência uma crise entre os partidos da base de sustentação do governo, por conta da partilha de cargos na Esplanada. “Não existe crise. A relação com os partidos está muito boa“, afirmou.

De acordo com o ministro, a primeira reunião de coordenação sob o comando de Dilma foi marcada pela descontração e comentários sobre a posse ocorrida no sábado (1). Segundo ele,  Dilma demonstrou “felicidade” durante a reunião.

Participaram do encontro, que durou cerca de duas horas, no Palácio do Planalto, os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça), Guido Mantega (Fazenda), Miriam Belchior (Planejamento), Antonio Palocci (Casa Civil), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), Helena Chagas (Secretaria de Comunicação da Presidência), além do próprio Luiz Sérgio e do vice Michel Temer.

Fonte: G1

+ sobre o tema

“Angú Incubado” Por: Zulu Araujo

Para quem não sabe, Angu é uma comida típica...

Minha Casa, Minha Vida: Governo amplia limite de renda para compra da casa própria

Rendimento mensal máximo sobe de R$ 4.900 para R$...

O duplo desafio de Obama

- Fonte: O Estado de São Paulo - Conforme...

para lembrar

ONU convoca brasileiros para combater o racismo

Os superlativos números da violência contra jovens negros no...

O cabelo dos meninos pretos – por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva Algo de sinistro acontecia com os...

Pesquisa Sensus aponta empate entre Serra e Dilma

Pesquisa Sensus encomendada pelo Sintrapav (Sindicato dos Trabalhadores...

Paulo Paim: sim, é possível

Eu sempre penso o Brasil a partir de decisões...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=