Dilma ironiza apoio de Aécio ao Bolsa Família: “Chamavam de Bolsa Esmola”

Dilma ironiza discurso pró-Bolsa Família de Aécio: “Chamavam de Bolsa Esmola”. Tucano prometeu que, se for eleito para a presidência em 2014, manterá o programa social petista

 

 

Em entrevista para rádios pernambucanas, na manhã desta quarta-feira (18), a presidenta Dilma Rousseff ironizou a declaração do senador Aécio Neves (PSDB), candidato tucano à Presidência da República. “É sempre bom ver que eles reconhecem alguma coisa, porque durante muito tempo o Bolsa Família foi chamado de Bolsa Esmola.”

Aécio Neves prometeu manter, caso eleito, os programas Bolsa Família e Mais Médicos. Porém, na última terça-feira (17), foi lançada a cartilha que norteará o programa do PSDB para o pleito eleitoral de2014. O documento explica que “a superação da pobreza não pode se limitar a uma única ação (Bolsa Família).”

Dilma respondeu aos tucanos lembrando o Pronatec, programa federal para cooperar no aperfeiçoamento profissional de pessoas de baixa renda. “Já estamos formando 850 mil pessoas nos cursos do Pronatec. São pessoas que conseguem um emprego e aos poucos saem do Bolsa Família”, afirmou a presidenta.

O programa Mais Médicos também foi alvo de “críticas ácidas e sem fundamento”, lembrou Dilma Rousseff. Em Pernambuco, dos 185 municípios do estado, 134 solicitaram profissionais do Mais Médicos, segundo a presidenta.

Perfil de pobreza muda em dez anos do programa Bolsa Família

Por que o programa Bolsa Família desperta tanto ódio de classe? por Fátima Oliveira

 

Quem é contra o Bolsa Família ou é mal-intencionado, ou está mal-informado

CFM insiste em sabotar programa Mais Médicos

Contra Mais Médicos, cearenses se filiam ao PSDB

Duas médicas explicam porque aceitaram o Mais Médicos

Fonte:Revista Fórum

+ sobre o tema

Pesquisa revela constante racismo a imigrantes no Brasil

A noção de que o Brasil é um país...

Menos de 1% dos municípios do Brasil tem só mulheres na disputa pela prefeitura

Em 39 cidades brasileiras, os eleitores já sabem que...

Comércio entre Brasil e África cresce 416% em 10 anos

  Os números do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio...

Dilma sobre a campanha: ‘Sou outra pessoa, muito melhor’

Esbanjando bom humor, candidata petista diz que campanha foi...

para lembrar

O passo a passo para ter os cachos da Helena

Se você quer assumir os cachos como a personagem...

O escancarar da violência de gênero tem relação com o quadro de desmanche social

Ontem, assisti a um filme que aqui no Brasil...

Emir Sader: O dedo de Lula

A sociedade brasileira teve sempre a discriminação como...

Deixa chover canivete que o resto o mel de tiúba resolve

Mel de abelha possui funções nutricionais e é energético...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=