terça-feira, outubro 4, 2022
InícioEm PautaEleições com novidades – Mulher Melão e Vampeta entre os candidatos

Eleições com novidades – Mulher Melão e Vampeta entre os candidatos

Por Claudio Carneiro, para o Opinião e Notícia

Se o país teve e tem políticos de algum conteúdo e envergadura, o mesmo não se pode dizer do que vem por aí.

Estas serão eleições de muitas novidades. Pela primeira vez, mais de 1 milhão de eleitores – em 60 municípios de 23 estados brasileiros – vão votar em urnas eletrônicas equipadas com leitores de impressões digitais. A nova tecnologia garantirá ainda mais o voto democrático e seguro. Outra boa nova é que o eleitor que souber – com antecedência – que estará em trânsito no dia da votação pode procurar um cartório eleitoral até o dia 15 de agosto informando em qual capital estará em 3 de outubro. Mas – nesse caso – somente poderá votar para presidente.

Os mais de 130 milhões de eleitores terão pela frente a árdua tarefa de escolher bem seus candidatos. São nove as opções à Presidência da República, 168 candidatos a governador nos 27 estados, 268 para as cadeiras no Senado, 5.851 potenciais deputados federais, outros 13.892 que postulam assentos nas assembleias legislativas em seus estados, além de 855 concorrendo às vagas de deputados distritais em Brasília. Dadas as notícias relevantes vem agora o resto.

Se o país teve e tem políticos de algum conteúdo e envergadura, o mesmo não se pode dizer do que vem por aí. Candidatos sem noção ou traquejo para exercer cargos públicos se empoleiram nas listas dos diversos partidos – todos buscando seu lugar ao sol no cenário pouco iluminado e muito oportunista da política brasileira. Nas clareiras abertas por Agnaldo Timóteo, Clodovil Hernandes e Frank Aguiar – para citar somente alguns – um batalhão se acotovela na disputa do voto popularesco e inocente.

Candidata à deputada federal pela coligação PTB/PTN/PSDC/PHS/PTC, Tatiana dos Santos Lourenço debuta na política. Se o leitor não associou o nome à pessoa, trata-se da cantora – e compositora – de funk Tati Quebra Barraco, autora de sucessos memoráveis como “Dako é bom”, “Frango Assado” e a sem cerimônia “Fama de Putona”. Tati pode não ter um currículo invejável, mas é uma hipérbole em realizações: mais de dez cirurgias plásticas no corpo, fez redução de estômago, implantes nos seios e tornou-se avó aos 29 anos. Pode impressionar o eleitorado fluminense com este CV. De Curriculum Vitae que fique bem claro.

Salada de frutas e cambalhota na política

Já a jovem Cristina Celia Antunes Batista optou pelo singelo Partido Humanista da Solidariedade para mostrar sua plataforma – e que plataforma. Mais conhecida como a Mulher-Melão, ela quer ser deputada estadual – também pelo Rio de Janeiro. Nessa salada de frutas e leguminosas em que se transformou nossa política – com seus pepinos e abacaxis – é hora do eleitor paulista conhecer Suellem Aline Mendes Silva, candidata a deputada federal pelo Partido Trabalhista Nacional, ela é a Mulher-Pêra. Em seu site, a atriz e diretora de espetáculos revela ter uma vasta gama de atributos e que se destaca não só pela beleza mas pela inteligência. Que gracinha de pessoa!

Marcos André Batista Santos também é candidato a deputado federal pelo PTB paulista. Baiano de Nazaré, ele é mais conhecido como o ex-craque de futebol Vampeta que conquistou o pentacampeonato mundial em 2002. Ele quer voltar a Brasília – possivelmente para dar outra cambalhota diante de um presidente estupefato. Outro ex-craque tem o mesmo objetivo de Vampeta. Não em relação às cambalhotas mas ao objetivo de representar São Paulo em Brasília. Marcelo Pereira Surcin, do PSB – o Marcelinho Carioca – é candidato pela coligação “Preste Atenção São Paulo”. Muito sugestivo.

Antes de continuar, é importante destacar que cada linha do que está escrito acima é a mais absoluta verdade. Mais: o que ainda está por vir também é. A coligação PSDB/DEM/PPS em São Paulo traz dois jovens irmãos candidatos: Franco Finato Scornavacca a federal e Leandro Finato Scornavacca a estadual. Ganha um CD do grupo KLB quem adivinhar de onde eles são. Acertou quem disse que Franco é o “K” (o “K” é do apelido Kiko) e Leandro o “L” do KLB. Será que o mais novo, Bruno, o “B” tem pretensão de sair vereador em 2012?

Puxa, só faltava agora o Reginaldo Rossi e o Romário saírem candidatos. É mesmo, só faltava essa. Pois não falta mais. Reginaldo Rodrigues dos Santos está na quilométrica coligação PRB/PP/PDT/PT/PTB/PSC/PR/PSB/PC do B para deputado estadual por Pernambuco. E o “Baixinho” Romário de Souza Faria integra a Frente de Mobilização Socialista PMN/PSB para sair candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro. Como ele mesmo disse uma vez: “Mal entrou no ônibus e já quer viajar na janela”.

Esse texto poderia terminar aqui. E que me perdoem os candidatos Ronaldo Esper (SP) e Túlio Maravilha (GO). Mas é hora de reservar espaço para candidatos menos famosos ou afortunados. Escolhemos aleatoriamente as listas de candidatos a deputado de dois estados brasileiros. De Minas Gerais – entre 1679 candidatos o Opinião e Notícia destacou: Zoi Bad Boy o Retorno, PJ ex-Fiat, Rastafari (já impugnado), Mim Mesmo, Broinha, Tupete, Mestre Wolverine (também impugnado), Kate Marrone, Milton Pão Véio e Roulian Então Tá. Do Maranhão – entre 586 candidatos: Pipiu, Bonitão, Maresia, Gato Felix, Fufuca e Junior Meu Garoto.

No dia 3 de outubro, o eleitor já sabe: é preciso votar certo.

 

Fonte: Envolverde

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench