sábado, setembro 25, 2021
InícioÁfrica e sua diásporaAfricanosEstado de saúde de Mandela está muito melhor, de acordo com médicos

Estado de saúde de Mandela está muito melhor, de acordo com médicos

Joanesburgo – O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela está “muito melhor” e responde de maneira satisfatória ao tratamento depois de passar uma semana internado em um hospital por uma pneumonia, informou presidência do país. “Os médicos afirmam que continua respondendo satisfatoriamente ao tratamento e que está muito melhor agora do que quando foi internado no hospital em 27 de março”, afirma um comunicado do gabinete do presidente Jacob Zuma.

“Os médicos estão muito satisfeitos com os progressos de ‘Madiba'”, completa a nota da presidência, que informa ainda que o herói da luta contra o apartheid recebeu a visita da família. Mandela, casado desde 1998 com Graça Machel (viúva do líder moçambicano Samora Machel), tem três filhas, 17 netos e 12 bisnetos.

O nome do hospital no qual Mandela está internado não foi revelado, nem a natureza do tratamento, nem quando poderá deixar o centro médico. O herói sul-africano foi hospitalizado no dia 27 de março e a presidência informou três dias depois que ele estava com pneumonia. Os médicos realizaram uma drenagem de um derrame pleural.

Mandela foi hospitalizado em janeiro de 2011 e em dezembro de 2012 por infecções pulmonares, provavelmente relacionadas com as sequelas de uma tuberculose contraída na ilha-prisão de Robben Island, perto da Cidade do Cabo, onde passou 18 de seus 27 anos de detenção por lutar contra o regime de segregação racial do apartheid. Em 1990 foi libertado e em 1993 recebeu, ao lado do último presidente do regime do apartheid, Frederik de Klerk, o Prêmio Nobel da Paz por seu papel nas negociações para instaurar uma democracia multirracial na África do Sul.

Entre 1994 e 1999, Mandela foi o primeiro presidente negro da África do Sul e conquistou o coração da minoria branca do país. Por seus problemas de saúde, está afastado da vida pública. Sua última aparição pública aconteceu na final da Copa do Mundo de 2010, disputada em Johannesburgo

 

 

 

RELATED ARTICLES