Lula dá rosa a Dilma em comício em Belo Horizonte e critica William Bonner

Por: ANA FLOR

Lula abriu seu discurso no comício desta terça à noite em Belo Horizonte dando a Dilma uma rosa “simbolizando a calma e a tranquilidade que você teve ontem quando foi entrevistada pelo Jornal Nacional”.

 

“Eu, que conheco debates há muitos anos, esperava que pelo fato de você ser mulher e ser candidata, o entrevistador tivesse um pouco mais de gentileza”, afirmou Lula.

O presidente disse que a ex-ministra teve “paciência e grandeza”.

“Não fique nervosa nunca, não perca a estribeiras nunca, não aceite provocação nunca. Porque a verdade é que tem muita gente que tem muito medo que uma mulher possa provar que tem mais capacidade de fazer muita coisa do que muitos homens já fizeram neste país”, afirmou Lula.

Dilma também discursou, lembrando que nasceu em Minas Gerais. Ela se comparou a dois outros mineiros eleitos presidentes da República: Juscelino Kubitschek e Tancredo Neves. “Eu aprendi com a tradição política dos mineiros”, disse ela.

Dilma ainda afirmou que foi obrigada a deixar o Estado por causa da ditadura. “Eu, que saí de Minas, que tive que sair de Minas, quero dizer a vocês que jamais Minas saiu da minha vida política e do meu coração”.

 

 

Fonte: Folha.com

+ sobre o tema

“Angú Incubado” Por: Zulu Araujo

Para quem não sabe, Angu é uma comida típica...

Minha Casa, Minha Vida: Governo amplia limite de renda para compra da casa própria

Rendimento mensal máximo sobe de R$ 4.900 para R$...

O duplo desafio de Obama

- Fonte: O Estado de São Paulo - Conforme...

para lembrar

O cabelo dos meninos pretos – por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva Algo de sinistro acontecia com os...

Pesquisa Sensus aponta empate entre Serra e Dilma

Pesquisa Sensus encomendada pelo Sintrapav (Sindicato dos Trabalhadores...

É só alegria! Por Cidinha da Silva

Por Cidinha da Silva Os dias eram pré-carnavalescos no Rio...

Nas eleições, se não acredita, eu vou sonhar pra você ver

Por: FÁTIMA OLIVEIRA Tá no sangue. Nas eleições acabo como...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=