Lyara Oliveira é a nova presidente da Spcine

Atual diretora de Inovação e Políticas do Audiovisual da empresa assume o cargo que era desde fevereiro de 2021 ocupado por Viviane Ferreira

Lyara Oliveira, doutora em Meios e Processos Audiovisuais pela Universidade de São Paulo e profissional do audiovisual há mais de 20 anos, será a nova presidente da Spcine, cargo que era desde fevereiro de 2021 ocupado por Viviane Ferreira, que deixa a empresa para se dedicar à carreira de cineasta.

A nomeação de Lyara, atual diretora de Inovação e Políticas do Audiovisual da Spcine, está em consonância com a proposta de continuidade do trabalho realizado na empresa ao longo dos últimos 3 anos durante a gestão de Viviane Ferreira. A diretoria anteriormente ocupada por Lyara, será assumida por Emiliano Zapata, cineasta, produtor cultural, pesquisador e conselheiro administrativo da Spcine desde julho de 2023. Luiz Toledo permanece na Diretoria de Investimentos e Parcerias Estratégicas da Spcine. 

Mini bio e participação no setor audiovisual

Lyara Oliveira é diretora de Inovação e Políticas do Audiovisual da Spcine desde março de 2021. Comandou nos últimos anos projetos como o relançamento da plataforma Spcine Play, a retomada e expansão do Circuito Spcine de salas de cinema, a criação da Rede Afirmativa Spcine, a ampliação do fomento a ações de formação voltadas a profissionais do audiovisual e a condução dos patrocínios a eventos de audiovisual e implementou novas parcerias junto ao setor de games e novas mídias.

Com vasta experiência profissional no setor audiovisual é criadora, produtora, professora e gestora de projetos.

Atuou em produtoras independentes e em emissoras de TV (Globo e Canal Futura) e lecionou na graduação e pós-graduação da UNISA, FIAM-FAAM, Centro Universitário Belas Artes, SENAC – SP e Faculdade Cásper Líbero. Atualmente é professora no curso de Cinema e Audiovisual na ESPM e professora convidada na Pós-Graduação da FAAP.

Doutora em Meios e Processos Audiovisuais, pela Universidade de São Paulo, e mestra em Artes Visuais,  pela Faculdade Santa Marcelina, é graduada em Rádio e TV pela UNESP. Integra o grupo de pesquisa LabArteMidia CNPq – Laboratório de Arte, Mídia e Tecnologias Digitais na ECA-USP.

+ sobre o tema

Sobre cabelos, relacionamentos e outras coisas!

Após uma atividade na minha universidade em celebração ao...

Mãe preta pode ser? Mulheres negras e maternidade

Débora Silva Maria, do Movimento Mães de Maio, há...

Quem vestiu a Globeleza?

Enviado para o Portal Geledés Engana-se os que acham que...

para lembrar

APAN lança escola de audiovisual negro em parceria com entidade colombiana

A Associação de Profissionais do Audiovisual Negro (APAN), em...

Mostra de curtas exibe apenas filmes feitos por mulheres

Não tem como negar que a mulherada faz cinema...

Projeto mapeia profissionais LGBTQIA+ que atuam na área do audiovisual em Salvador

O Projeto Película Colorida vai mapear profissionais LGBTQIA+ que...

APAN lança escola de audiovisual negro em parceria com entidade colombiana

A Associação de Profissionais do Audiovisual Negro (APAN), em...
spot_imgspot_img

Quando  Orí Protagoniza Uma Sessão de Animação

Um dos destaques da programação da sexta edição do Lanterna Mágica, festival de cinema de animação que acontece entre os dias 19 e 24...

O papel das mulheres negras na produção executiva audiovisual

Como você vê o papel da mulher negra no mercado audiovisual? E não falo apenas sobre a representatividade na frente das câmeras, falo também...

Bolsa de Formação Audiovisual “A Ventura da História Múltipla” está com inscrições abertas até 22 de julho

Estão abertas as inscrições para a primeira edição da bolsa de formação audiovisual "A Ventura da História Múltipla", promovida pela Anavilhana Filmes em parceria...
-+=