segunda-feira, novembro 28, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaAfro-brasileirosMarighella: Exposição retrata a trajetória de vida e luta do combatente

Marighella: Exposição retrata a trajetória de vida e luta do combatente

Em memória aos 40 anos da morte de um dos maiores opositores da ditadura militar do Brasil, o Memorial da Resistência apresenta, entre 07 de novembro a 25 de maio, a exposição Marighella.

Com curadoria de Isa Grinspum Ferraz e Vladimir Sacchetta, a mostra traça o perfil e a trajetória de Carlos Marighella por meio de cartas, livros, imagens de arquivo, iconografia variada, depoimentos, além de textos do próprio guerrilheiro.

Nascido em Salvador, Bahia, em 5 de dezembro de 1911, Carlos Marighela notabilizou-se por sua inteligência e, principalmente, pela devoção às questões sociais. Ao estender a bandeira de uma militância íntegra, sua vida foi encarnada por aspirações de justiça e liberdade em defesa dos oprimidos, à causa da soberania nacional e ao socialismo, ideal pelo qual se engajou dentro da esfera política na década de 40 e, anos mais tarde, na luta armada durante o período dos Anos de Chumbo.

Em 1969 foi apontado pelos militares como inimigo público número 1 e passou a ser alvo de uma caçada que envolveria diretamente todas as estruturas repressivas montadas pelo regime imposto. Na noite de 4 de novembro daquele ano, Carlos Marighella foi surpreendido por uma emboscada na Alameda Casa Branca, em São Paulo.

INFORMAÇÕES

Local:Memorial da Resistência (INFORMAÇÕES)
Preço(s):Gratuito.
Data(s):7 de novembro a 25 de maio.
Horário(s): Terça a domingo, das 10h a 20h.

 

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench