Menos de 12% dos adolescentes de 16 e 17 anos de SP tiraram o título de eleitor para votar em 2022

Enviado por / FonteG1, por Léo Arcoverde

De acordo com o IBGE, estado tem pelo menos 1,2 milhão de pessoas entre 16 e 17 anos, mas apenas 141.668 jovens dessa faixa estão com o título em dia, segundo os números do Tribunal Regional Eleitoral paulista.

Apenas 11,6% dos adolescentes de 16 e 17 anos habitantes do estado de São Paulo já tiraram o título de eleitor e estão aptos a votar no pleito de outubro. É o que aponta um levantamento feito pela GloboNews com base em dados do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a Justiça Eleitoral paulista, em fevereiro deste ano, período de referência com dados consolidados mais atualizado, 141.668 eleitores com 16 anos (37.643) ou 17 anos (104.025) no estado estavam com o título de eleitor em dia.

Esse número representa 11,6% da população estimada dessa faixa etária neste ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que é de 1.214.261 pessoas.

O voto nessa idade é facultativo para essa faixa etária no Brasil e obrigatório apenas depois dos 18 anos. O prazo para quem deseja retirar o documento termina no dia 4 de maio (veja como fazer abaixo).

Esse percentual não leva em conta ainda 2.963 adolescentes de 15 anos, que, em fevereiro, tinham o título de eleitor regularizado. Isso porque a Justiça Eleitoral permite que quem tem 15 anos, e completará 16 até o dia da eleição, pode tirar o título.

Ao todo, o TRE-SP contabilizava, em fevereiro, com 144.631 eleitores com até 17 anos. Ou seja, com 16 ou 17 anos.

Mais de 3 milhões de títulos cancelados em SP

Ainda segundo o Tribunal Regional Eleitoral, o estado de São Paulo contabiliza também 3.166.213 títulos eleitorais cancelados. Esse número referente 18 de março, dado mais atualizado, segundo o tribunal.

Até a eleição, em outubro, todos esses números, ou seja, tanto o de jovens aptos a votar quanto o de eleitores em situação irregular, devem mudar. Isso porque 4 de maio é o último dia para a regularização, alistamento e pedidos de transferência do título de eleitor, segundo o TRE-SP.

Adolescentes de 16 e 17 anos aptos a votar em SP

  • População projetada em 2022: 1.214.261 pessoas de 16 e 17 anos
  • Adolescentes com título em fev/2022: 141.631 pessoas (11,6% do total)

Fontes: TRE-SP e IBGE

Prazo final

O prazo para regularizar o título eleitoral, ou para solicitar a primeira via do documento a tempo de votar nas Eleições de 2022, se encerra no dia 4 de maio. O procedimento pode ser feito pela internet, por meio do Título Net.

A votação, em primeiro turno, está marcada para o dia 2 de outubro. Já o segundo turno, onde houver, ocorre em 30 de outubro.

“Para evitar contratempos, é importante solicitar a primeira via ou regularizar o título o quanto antes, pois nos últimos dias do prazo a procura pelo serviço é alta”, diz o TSE.

Como fazer?

Devido ao aumento de casos de Covid- 19 em Brasília, o TRE suspendeu o atendimento presencial por tempo indeterminado. Dessa forma, tanto a primeira via do título, quanto a regularização, devem ser solicitadas pelo sistema Título Net, no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Veja vídeo com passo a passo abaixo:

Para tirar o documento pela primeira vez, é necessário que o futuro eleitor informe, na página de requerimento do sistema Título-Net, a unidade da federação em que reside. Após esse procedimento, aparecem na tela informações sobre a digitalização dos documentos necessários para a solicitação:

  • uma foto tipo selfie segurando um documento de identificação;
  • comprovante de residência atualizado;
  • certificado de quitação de serviço militar, para homens de 18 a 45 anos.

Na página seguinte, em “Título de Eleitor”, ao solicitar a primeira via, a pessoa precisa marcar a opção “não tenho” para prosseguir com o atendimento. Depois do envio dos dados, os documentos serão analisados pela Justiça Eleitoral. O acompanhamento da solicitação pode ser feito também pelo site.

Os que desejam realizar alguma alteração no cadastro eleitoral, devem conferir a situação junto à Justiça Eleitoral, também pela internet. Em seguida, é preciso acessar o sistema Título-Net, solicitar requerimento para o atendimento desejado e enviar a documentação necessária para regularização.

e-Título

Outra maneira de consultar eventuais pendências junto à Justiça Eleitoral é por meio do aplicativo e-Título. A ferramenta também pode ser utilizada como título eleitoral digital, substituindo o documento em papel no dia das eleições.

Para utilizar, é necessário fazer o download gratuito em telefones celulares ou tablets de qualquer plataforma Android ou iOS.

+ sobre o tema

Luiza Trajano cria movimento para vacinar todos os brasileiros até setembro

Um grupo de empresários liderados por Luiza Trajano, do Magazine...

Movimentos sociais comemoram decisão da Câmara sobre os royalties

Projeto de lei destina 75% dos recursos para a...

Dilma indica Luiz Fux para 11º vaga no STF

A presidente Dilma Rousseff indicou nesta terça-feira (1º/2) o...

URGENTE: Fórum 21 convoca a intelectualidade brasileira à defesa da democracia, contra o golpe

Resistir ao golpe para construir um Brasil mais justo...

para lembrar

17 mulheres eleitas em votação histórica na Arábia Saudita

Salma bint Hizab al-Oteibi foi o primeiro nome a...

Eduardo Campos lidera pesquisa para governo de PE, diz Ibope

Candidato do PSB, Eduardo Campos, apresenta 60% das intenções...

Presença feminina na política

Os partidos não tiveram interesse de incorporar as mulheres...

Leci Brandão lançará Frente Parlamentar em Defesa da Cultura

A iniciativa da deputada comunista já recebeu adesão de...

Mais de 5 mil municípios realizam eleições para conselhos tutelares neste domingo

Eleitores dos mais de 5,5 mil municípios brasileiros e do Distrito Federal vão às urnas neste domingo (1º) para escolher os novos conselheiros tutelares...

TSE forma maioria para tornar Bolsonaro inelegível por mentiras e ataques ao sistema eleitoral

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) formou maioria nesta sexta-feira (30) para tornar Jair Messias Bolsonaro (PL) inelegível até 2030, quando terá 75 anos. Quatro dos sete ministros da corte...

TSE pode concluir nesta sexta o julgamento de Bolsonaro; veja o que está previsto para a sessão

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode concluir nesta sexta-feira (30) o julgamento do ex-presidente Jair Bolsonaro. O caso entra no quarto dia de sessões....
-+=