Mercedes demite quatro funcionários por envolvimento em caso de racismo

Caso aconteceu na fábrica da Mercedes em Brackley, na Inglaterra. Funcionários racistas se juntaram para ser intolerantes com empregado muçulmano. Recentemente, chefe de equipe Toto Wolff falou sobre a importância do ambiente de trabalho

No Grande Prêmio

Foto: Getty Images

A Mercedes demitiu quatro funcionários e advertiu outros três após um caso de racismo dentro da fábrica da equipe, em Brackley, na Inglaterra.

As demissões aconteceram em 2 de agosto após uma investigação interna após reclamação. De acordo com o tablóide inglês ‘The Sun’, os funcionários foram demitidos por bullying e racismo com um empregado muçulmano do time.

“Condenamos este comportamento da forma mais forte possível, e agimos imediatamente após a reclamação. Valorizamos a diversidade dos nossos empregados, que é uma fonte de força ao nosso time. Nosso ambiente de trabalho é baseado em respeito”, disse o time alemão em nota oficial.

Atual pentacampeã mundial de pilotos e construtores, a Mercedes caminha para o hexacampeonato em 2019. Recentemente, o chefe de equipe Toto Wolff comentou sobre a política e o ambiente de trabalho do time.

“É simplesmente sobre cuidar das pessoas e de seus objetivos. Eu penso que é simples assim. Nós realmente ligamos um para o outro, não é uma frase de abraçadores de árvore que lemos em algum outdoor. É uma mentalidade que funciona no time e aparece em todas as áreas de organização”, disse ao site ‘Motorsport.com’.

Em Sóchi, o líder do campeonato Lewis Hamilton largará em segundo, atrás de Charles Leclerc, já o companheiro de equipe Valtteri Bottas se classificou em quinto, mas beneficiado pela punição a Max Verstappen, partindo do quarto lugar.

+ sobre o tema

Brancos, vamos falar de cotas no serviço público?

Em junho expira o prazo da lei de cotas nos...

Em junho, Djavan fará sua estreia na Praia de Copacabana em show gratuito

O projeto TIM Music Rio, um dos mais conhecidos...

O precário e o próspero nas políticas sociais que alcançam a população negra

Começo a escrever enquanto espero o início do quarto...

Estado Brasileiro implementa políticas raciais há muito tempo

Neste momento, está em tramitação no Senado Federal o...

para lembrar

Carta de repúdio ao racismo praticado na formatura de História e Geografia da PUC

Durante a tradicional cerimônia de formatura da PUC, onde...

Sociologia e o mundo das leis: racismo, desigualdades e violência

Foi com muita satisfação que recebi o convite do Justificando para...

PARANÁ: Caso de racismo leva treinador a pedir demissão no estadual

  O treinador Agenor Picinin pediu demissão do...

Ele perguntou se eu preferia maçã, conta vítima de racismo em Confins

Preso em flagrante por injúria racial, advogado terá que...
spot_imgspot_img

Quanto custa a dignidade humana de vítimas em casos de racismo?

Quanto custa a dignidade de uma pessoa? E se essa pessoa for uma mulher jovem? E se for uma mulher idosa com 85 anos...

Unicamp abre grupo de trabalho para criar serviço de acolher e tratar sobre denúncias de racismo

A Unicamp abriu um grupo de trabalho que será responsável por criar um serviço para acolher e fazer tratativas institucionais sobre denúncias de racismo. A equipe...

Peraí, meu rei! Antirracismo também tem limite.

Vídeos de um comediante branco que fortalecem o desvalor humano e o achincalhamento da dignidade de pessoas historicamente discriminadas, violentadas e mortas, foram suspensos...
-+=