MPF/SP denuncia responsável por site que incitava racismo e discriminação

Site concentrava material de cunho racista e discriminatório contra judeus e nordestinos

O Ministério Público Federal em Santos (SP) denunciou o eletricista E.C.A. por praticar e incitar a discriminação de raça e cor por meio de comunicação social. Entre agosto de 2008 e abril de 2010, por intermédio de um site, ele postou conteúdo preconceituoso na forma de expressões e ilustrações discriminatórias e de cunho neonazista. No site estavam disponíveis links para download de livros nazistas e de caráter revisionista, que negam o holocausto. Também foram encontrados panfletos virtuais contra a migração com clara alusão a pessoas de origem nordestina. O site ainda vendia camisetas, chaveiros e outros objetos do grupo do qual E.C.A. participava.

“Com a investigação foi possível rastrear o e-mail de E.C.A. e comprovar que ele era o responsável pelo e-mail de contato do site. Embora E.C.A. não tenha assumido a autoria do crime, análises técnicas comprovaram que acessos ao e-mail ocorreram em locais onde o denunciado costumava acessar a internet, em horários compatíveis com seus acessos”.

“O crime de racismo, disposto no artigo 20, § 2º, da Lei 7.716/89, prevê pena de dois a cinco anos de prisão e multa”.

A denúncia, ajuizada nesta terça-feira, 21 de janeiro, é de autoria do procurador da República Thiago Lacerda Nobre, e o número do processo para acompanhamento na Justiça Federal é 0012270-35.2011.403.6181.

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República em São Paulo
11-3269-5068
[email protected]
www.twitter.com/mpf_sp

 

 

 

Fonte: MPF

+ sobre o tema

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

para lembrar

Educação atrai investidor estrangeiro

Por: MARIANA SCHREIBER Desde 2006, grupos de outros países...

Educação e saúde: Será que é a hora de reabrir nossas escolas?

Esta semana, no Rio de Janeiro, fomos surpreendidas com...

UnB está com inscrições abertas para o vestibular 2023

A Universidade de Brasília divulgou, nesta segunda-feira (15/8), o...
spot_imgspot_img

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getúlio Vargas) vai oferecer 30 bolsas integrais para o mestrado em comunicação digital e...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...
-+=