Oscar 2022: Denzel Washington é o ator negro mais indicado da história

Enviado por / FonteSplash, por Daniel Palomares

Em meio a tantas discussões sobre representatividade no Oscar ao longo dos últimos anos, Denzel Washington celebra um recorde pessoal em sua carreira: ele se consolidou como o ator negro com mais indicações à premiação na história.

Nomeado neste ano ao prêmio de “Melhor Ator” por seu papel em “A Tragédia de Macbeth”, Denzel conquistou sua décima indicação à honraria máxima do cinema.

Coleção de prêmios

Caso se consagre campeão no dia 27 de março, Denzel vai acumular três estatuetas em casa. O ator conquistou seu primeiro Oscar em 1990 como “Melhor Ator Coadjuvante” por “Tempos de Glória”.

Em 2002, Denzel venceu a categoria principal de “Melhor Ator” por “Dia de Treinamento” e, de lá para cá, foram outras cinco indicações, incluindo uma como produtor, em 2016, pelo longa “Um Limite Entre Nós”.

Tá na mão?

Apesar de ser um dos maiores atores em atividade, o caminho para a vitória neste ano pode ser bastante complicado. Benedict Cumberbatch, de “Ataque dos Cães”, e Will Smith, de “King Richard”, são os favoritos e estão indicados nos principais prêmios que antecedem o Oscar, como o BAFTA, do Reino Unido — premiação que nunca nomeou Denzel.

Nos últimos anos, atores negros como Daniel Kaluuya e Chadwick Boseman, morto em 2020, chegaram a ser indicados ao Oscar de “Melhor Ator”, mas não conseguiram vencer.

A última vez que um ator negro ganhou o principal prêmio da noite foi em 2006 com a vitória de Forest Whitaker por “O Último Rei da Escócia”.

+ sobre o tema

Fátima Bernardes mostra o Museu do Apartheid na África do Sul

O espaço cultural emociona e revela detalhes da época...

Carolina de Jesus e a literatura de periferia

“Não tenho força física, mas minhas palavras ferem mais...

Resultados da pesquisa Xongani: moda e ancestralidade

Uma história que começa quando uma família brasileira se...

para lembrar

Selo certifica produtos de procedência quilombola

Agricultores familiares, integrantes de associações, cooperativas ou empresas que atuem nas...

Los Garífunas: mitad afro, mitad amerindios

Los garífunas son reconocidos por su forma sensual de...

Iniciativas de combate à intolerância e racismo são premiadas no Rio

Prêmio Osé Mimo 2017 homenageou 27 personalidades e premiou...

Senegalês marca golaço de cabeça contra Costa do Marfim

O atacante Papis Demba Cissé, que joga no...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de "burros" os fãs de hip hop, "sem exceção". Sem citar...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=