Guest Post »

Padê Poema – Avenida – Cuti

 

Avenida

Há um gosma espessa
baba de louco
nódoa de medo
pus de ferida
uma avenida
no meio do nosso abraço

tua solidariedade minha
não passa
pede passagem
e se atola onde a pisoteiam
e chafurdam
os porcos do passado
que não é o nosso

ha uma gosma espessa
baba burguesa
nódoa de medo
mágua nutrida
imensa avenida
no meio do nosso abraço

Cuti

Related posts