Primeira mulher a receber transplante de útero está grávida

Gravidez apresenta riscos, mas estado de saúde da mãe é bom.
Turca Derya Sert recebeu o transplante em agosto de 2011.

 

Uma jovem turca de 22 anos, a primeira mulher do mundo a receber um transplante de útero com êxito, está grávida, outro feito mundial, anunciaram seus médicos nesta sexta-feira (12).

“Os testes preliminares de duas semanas são compatíveis com uma gravidez”, indicou, em um comunicado, o professor Mustafa Unal, médico-chefe do hospital universitário Akdeniz, em Antália.

Os médicos conseguiram implantar com sucesso no útero de Derya Sert varios embriões fecundados in vitro a partir de seus óvulos e de espermatozóides de seu marido.

“A saúde da paciente é boa”, enfatiza o comunicado de seu médico.

Nascida sem útero, a jovem se converteu, em agosto de 2011, na primeira mulher a sofrer um transplante de útero com êxito.
Este transplante, realizado por uma equipe de médicos turcos em Antália, deu esperanças a milhares de mulheres no mundo. Uma em cada 5 mil mulheres nasce sem útero.

A gravidez de Derya Sert apresenta muitos riscos, mas se desenvolve de uma maneira normal, e a jovem deverá dar à luz por cesariana.
Seu útero deverá ser extraído nos meses seguintes ao nascimento para evitar complicações e risco de rejeição.

 

Fonte: Bem Estar 

 

Saiba Mais:

Bebê se desenvolve no ovário da mãe e sobrevive a gravidez rara no PA

Governo diz que dará suporte em casos de gravidez de anencéfalos

Serviço da Mulher lança ação para que mães adolescentes sigam na escola

QUESTÕES DE GÊNERO

+ sobre o tema

Prazo para UNA é prorrogado: primeira etapa encerra-se em 10 de abril

ONU Mulheres, Womanity Foundation e BrazilFoundation lançam mapeamento para Plataforma...

Mulheres negras na política: “Verba vai primeiro para loiras de olho azul”

Desde que a primeira mulher negra foi eleita para...

Denzel Washington recusou beijos de atrizes brancas – veja os motivos!

Ao longo dos anos, Denzel Washington foi muitas vezes...

Mulheres discutem o papel das mídias negras no Festival Latinidades

As mídias negras foram tema de discussão na manhã...

para lembrar

Médico do Rio de Janeiro é acusado de agredir mulheres durante o parto

Um médico da rede pública municipal do Rio de...

Dono de bar cancela festa de firma: “Homofobia não, independente da religião”

Alex Proud, dono de clube em Londres, recebeu e-mail...

Brasil, o cativeiro das mulheres

Como era de se esperar, e quem estuda a...

Mulheres são mal representadas em pesquisas de câncer

Na era em que o estudo do câncer se...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=