Procon-SP alerta sobre oferta de produtos nas redes sociais

Cada vez mais usadas como ferramentas para o consumidor reclamar em caso de desrespeito aos seus direitos, as redes sociais também são utilizadas por empresas para divulgar seus produtos e serviços, e até como canais de vendas. Alguns fornecedores contam com auxílio de “divulgadores”, que ofertam produtos a seus amigos e ganham comissão para cada produto vendido. O Procon-SP alerta aos consumidores a ficarem atentos a essa forma de comercialização.
O Procon-SP esclarece que, apesar de uma aparente informalidade, já que os produtos são ofertados fora dos canais de vendas convencionais – loja física ou virtual, a responsabilidade do fornecedor que se utiliza dos “consultores” ou “divulgadores” nas redes sociais para vender seus itens é a mesma em caso de qualquer problema que o consumidor venha a ter com o bem adquirido.
É importante que o consumidor saiba que toda oferta feita por um representante da empresa, mesmo realizada no Facebook, Twitter ou Orkut, deve ser cumprida, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor. Bem como os prazos de entrega devem obedecer a Lei Estadual 13.747/2009, que obriga as empresas a fixarem data e turno para a entrega de produtos e realização de serviços. Os turnos podem ser das 7h às 12h; das 12h às 18h; e das 18h às 23h. Ainda de acordo com a norma, o fornecedor deve informar previamente as datas e turnos disponíveis e fica a critério do consumidor a escolha dentre as opções apresentadas.
Outro ponto a ser observado é que em compras realizadas fora do estabelecimento comercial, o que vale também para as redes sociais. O consumidor pode desistir da compra em até sete dias, contados a partir da contratação ou do recebimento do produto.
Em caso de dúvidas ou problemas, entre em contato com um dos canais de atendimento do Procon-SP . Na Grande São Paulo e interior,  você pode procurar órgão municipal de defesa do consumidor.
O Procon-SP também realiza atendimento nos postos dos Centros de Integração da Cidadania (CIC) Norte, Leste, Oeste, São Luiz, Imigrantes e Feitiço da Vila. Veja os endereços aqui.

+ sobre o tema

Que escriba sou eu?

Tenho uma amiga que afirma que a gente só prova...

Em carta a Dilma, MPL lembra de índios e pede diálogo com movimentos sociais

Convidado para reunião com a presidenta, Passe Livre pediu...

Vox/Band/iG: Dilma cai de 56% para 54%

Candidata petista varia para baixo pela primeira vez dentro...

Movimento negro cobra auxílio emergencial de R$ 600 e vacina para todos pelo SUS

Nesta quinta feira (18), a Coalizão Negra por Direitos,...

para lembrar

LITERATURA: 5º FAN 2009

OMO-OBA: HISTÓRIAS DE PRINCESAS Kiusam Oliveira OS NOVES...

Carta à hebraica

Ter recebido palestrantes de esquerda não é desculpa para...

Sakamoto – Mesmo com proteção, ativista diz que será assassinada

Leonardo Sakamoto A repórter Ana Aranha foi ao Sul...

Produção de Madonna cancela encontro com AfroReggae, diz coordenador

Fonte: Folha OnLine-O coordenador da ONG AfroReggae, José Júnior,...

Fim da saída temporária apenas favorece facções

Relatado por Flávio Bolsonaro (PL-RJ), o Senado Federal aprovou projeto de lei que põe fim à saída temporária de presos em datas comemorativas. O líder do governo na Casa, Jaques Wagner (PT-BA),...

Morre o político Luiz Alberto, sem ver o PT priorizar o combate ao racismo

Morreu na manhã desta quarta (13) o ex-deputado federal Luiz Alberto (PT-BA), 70. Ele teve um infarto. Passou mal na madrugada e chegou a ser...

Equidade só na rampa

Quando o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Cappelli, perguntou "quem indica o procurador-geral da República? (...) O povo, através do seu...
-+=