Promotoria quer que empresária pegue 5 anos de prisão por frase racista no Facebook

Mulher disse entender “porque certas pessoas deveriam permanecer no tronco”

O MPF (Ministério Público Federal), em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, denunciou uma empresária por prática de discriminação e preconceito de cor contra negros, depois de publicação de uma mensagem na rede social Facebook.

O texto divulgado desmerecia os negros como um todo, e não uma pessoa específica. Se condenada, ela pode pegar de 2 a 5 anos de reclusão.

A empresária afirmou, entre outras declarações, que entendia o preconceito existente na sociedade e “porque certas pessoas deveriam permanecer no tronco”, uma referência ao período em que os negros eram escravizados.

A mensagem publicada na internet, no dia 25 de outubro deste ano, deu origens a comentários de cunho racista e discriminatório em relação à população negra.

A denúncia foi feita pelo procurador da República Eduardo Santos de Oliveira.

O caso cabe ao MPF pelo fato de que o Brasil segue a Convenção Internacional sobre Eliminação de todas as Formas de Discriminação Racial, além da existência de artigo na Constituição Federal que dispõe sobre a prática do racismo.

Matéria Relacionadas:

Rede sociais e o racismo nosso de cada dia

Racismo na Internet pode resultar em até 5 anos de prisão, diz nova lei

 

Fonte: R7

+ sobre o tema

Rapper Emicida é preso por desacato

O rapper Emicida foi preso em Belo Horizonte neste...

Berlim de mãos dadas contra o racismo e a favor da diversidade

Neste fim de semana e no preâmbulo do Dia...

Brasil: etnocracia branca contra a maioria negra

Vários crimes de racismo contra negros provocaram manifestações públicas,...

Serena aprova atitude de Daniel Alves em prol do combate ao racismo

  Norte-americana elogiou comportamento do jogador do Barcelona,...

para lembrar

MPF entra com ação contra Bolsonaro por por declarações ofensivas a negros e quilombolas

Ministério Público Federal entrou nesta segunda-feira com ação civil...

MPL: ‘Não vamos permitir que parasitem a nossa pauta’

Para Luiza Mandetta, liderança do Movimento Passe Livre,...

O racismo nas famílias inter-raciais

Esse mês dois episódios, um com alunos na escola...

Cotas para negros independem de classe, diz CNJ

Órgão barra decisão de tribunal que alterou norma...
spot_imgspot_img

Presos por racismo

A dúvida emergiu da condenação, pela Justiça espanhola, de três torcedores do Valencia por insultos racistas contra Vini Jr., craque do Real Madrid e da seleção brasileira. O trio...

Formação territorial do Brasil continua sendo configurada por desigualdades, diz geógrafo

Ao olhar uma cidade brasileira é possível ver a divisão provocada pela segregação espacial no território, seja urbano, seja rural. A avaliação é fruto...

Família de João Pedro protesta contra decisão que absolveu policiais

Os parentes do adolescente João Pedro, morto por policiais civis durante uma operação na comunidade do Salgueiro, em São Gonçalo, no Grande Rio, em...
-+=