Guest Post »

Queens Park Rangers sub-18 abandona jogo após racismo e pede providências à Uefa

O Queens Park Rangers pediu à Uefa que tome providências após a equipe sub-18 do clube inglês abandonar uma partida por conta de racismo dos jogadores adversários.

Do ESPN.com.br

Uma bola de futebol com a mensagem "No room for Racism" escrita nela
Bola da Premier League com mensagem anti-racismo (Foto: Getty Images)

Durante um amistoso contra o AD Nervión, da Espanha, na turnê de pré-temporada do time, os atletas abandonaram o campo durante o segundo tempo alegando preconceito racial.

O Queens Park Rangers divulgou um comunicado dizendo que a ação dos jogadores estava de acordo com o protocolo discutido durante uma sessão de igualdade e diversidade com os ativistas da campanha anti-racismo “Kick It Out” (Chuta Pra Fora, na tradução direta), sob as ordens do técnico Paul Furlong.

“Tomamos uma posição muito forte contra o racismo e não toleraremos que um dos nossos jogadores seja submetido aos comentários desprezíveis vivenciados”, disse o chefe executivo da equipe londrina, Lee Hoos, que não revelou exatamente qual foi a ação.

Hoos também fez um apelo à associação europeia de futebol para que haja alguma ação por parte da entidade.

“Infelizmente, parece que alguns países têm um longo caminho a percorrer a respeito disso e peço à Uefa que tome as medidas mais duras possíveis, já que incidentes desta natureza estão a acontecer com demasiada frequência”, clamou.

O comandante do clube ainda colocou: “Deveríamos ter recusado o jogo? Isso vai resolver o problema ou evitá-lo? A ação deve ser tomada em todos os níveis do nosso jogo, não apenas quando acontece na frente de todos.”

Related posts