Rio do Macaco: Audiência discute impasse entre Marinha e quilombolas

Uma audiência pública na comunidade de Rio do Macaco, às 11h desta segunda-feira (27), reunirá representantes do governo e organizações da sociedade civil para discutir o impasse entre quilombolas e a Marinha. A reunião no território é considerada um fato histórico, já que será a primeira vez em 42 anos que o local será visitado por autoridades públicas. O período corresponde ao tempo de presença da Marinha, que impede o livre acesso ao local. Participam da audiência a secretária Nacional de Povos e Comunidades Tradicionais da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Silvany Euclênio, parlamentares, entidades de defesa dos quilombolas e representantes de diversos segmentos sociais. As famílias que vivem na região acusam a Marinha de tomar medidas para inviabilizar a permanência delas no local, como o corte de água e energia.

 

 

Fonte: Bahia Noticias

+ sobre o tema

Bebê morre durante parto e família acusa médica de negligência em Mangaratiba, no Rio

Segundo mãe da criança, obstetra falava ao celular durante...

Amazônia: mulheres negras protagonizam a luta popular

O capitalismo patriarcal e machista é um dos indicativos...

Unegro promove campanha publicitária de combate ao racismo

A União de Negros pela Igualdade (Unegro) completou...

Se Eike Batista tivesse ouvido a dona Laurinda – Por: Fernanda Pompeu

Leio que Detroit, a cidade que aprendemos a...

para lembrar

spot_imgspot_img

João Cândido e o silêncio da escola

João Cândido, o Almirante Negro, é um herói brasileiro. Nasceu no dia 24 de junho de 1880, Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul....

Levantamento mostra que menos de 10% dos monumentos no Rio retratam pessoas negras

A escravidão foi abolida há 135 anos, mas seus efeitos ainda podem ser notados em um simples passeio pela cidade. Ajudam a explicar, por...

Racismo ainda marca vida de brasileiros

Uma mãe é questionada por uma criança por ser branca e ter um filho negro. Por conta da cor da pele, um homem foi...
-+=