São Paulo sediará o II Ciclo Nacional de Conversas Negras, 2011.

Arísia Barros

Mais notícias sobre a realização do I Ciclo.

A cidade de Piracicaba, SP sediará nos dias 25, 26 e 27 de agosto de 2011, o I Ciclo Nacional de Conversas Negras: Agosto Negro ou o que a História Oficial Ainda Não Conta”.
O anúncio foi feito na abertura do I Ciclo Nacional de Conversas Negras realizado em Maceió em 24 de agosto, no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas,pela idealizadora do encontro e coordenadora do Projeto Raízes de Áfricas, Arísia Barros.
Ao formalizar o convite o representante da Câmara de Vereadores de Piracicaba ,jornalista Martim Vieira Ferreira,afirmou reconhecer o valor da iniciativa como também à necessidade de continuidade da ação. 
A Coordenadora Geral de Diversidade/SECAD/Ministério de Educação palestrante no I Ciclo, Leonor Franco de Araujo, compartilha com Ferreira a idéia de sustentabilidade, tendo como princípio a formação de uma comissão nacional a partir da ação de Maceió e complementa: “o convite da cidade de Piracicaba é reconhecimento ao trabalho que vem sendo realizado pelo Projeto Raízes de Áfricas, em Alagoas”.
Coordenadora Geral de Diversidade/SECAD , Leonor Araujo, ministrou palestra no I Ciclo sobre:” A importância da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro em Redenção – Ceará para construção das relações sócio-históricas do nordeste brasileiro com o continente africano”.
Segundo Arísia Barros:  Este convite da Câmara de Piracicaba é um sinal político importante que confirma a intenção de, a partir da formação de uma rede de instituições e pessoas verdadeiramente, atentas às necessidades específicas da população negra, ainda segregada, estabelecer espaços de consolidação de políticas públicas, dentre elas a implementação da Lei Federal nº 10.639/03 e otimizar ações do Estatuto da Igualdade Racial, recém aprovado pelo presidente da República. “

Sobre políticas afirmativas no município de Piracicaba/São Paulo

O município de Piracicaba é um importante pólo industrial de desenvolvimento industrial e agrícola estando situada em uma das regiões mais industrializadas e produtivas do estado de São Paulo.
Aliado ao desenvolvimento industrial o parlamento legislativo da cidade de Piracicaba busca estabelecer proposições que favoreçam a igualdade no desenvolvimento humano, da população local, estabelecendo políticas de ações afirmativas, a exemplo da reserva de 20% das vagas para afro descendentes no serviço público; 40% de participação da comunidade negra na publicação oficial; feriado municipal no dia 20 de novembro, em alusão ao líder negro Zumbi dos Palmares, além de outras iniciativas e programas sociais que evidenciam a comunidade negra piracicabana.
Segundo o jornalista Martim Vieira Ferreira:”A Câmara de Piracicaba investe nas perspectivas de propor políticas de inserção com o compromisso de subsidiar um bem estar social igualitário.

+ sobre o tema

Um em cada três adultos no mundo têm pressão alta, indica OMS

No Brasil, 39,4% dos homens com mais de 25...

Pernambuco lembra o Dia Mundial da Doença Falciforme

  O Dia Mundial da Doença Falciforme, comemorado hoje está...

Sonia Leite – Parte uma grande Guerreira !

Sentirei sua falta minha querida Sônia Leite.Voce sempre será...

para lembrar

spot_imgspot_img

João Cândido e o silêncio da escola

João Cândido, o Almirante Negro, é um herói brasileiro. Nasceu no dia 24 de junho de 1880, Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul....

Levantamento mostra que menos de 10% dos monumentos no Rio retratam pessoas negras

A escravidão foi abolida há 135 anos, mas seus efeitos ainda podem ser notados em um simples passeio pela cidade. Ajudam a explicar, por...

Racismo ainda marca vida de brasileiros

Uma mãe é questionada por uma criança por ser branca e ter um filho negro. Por conta da cor da pele, um homem foi...
-+=