quinta-feira, junho 17, 2021

Tag: dança

Misty Copeland posa com sua miniatura da boneca Barbie (Foto: Diane Bondareff/Invision for Barbie/AP Images)

Bailarina afrodescendente dos EUA ganha sua própria Barbie

A bailarina norte-americana Misty Copeland vai ganhar sua própria Barbie, anunciou a marca da boneca mais popular do mundo nesta segunda-feira (02). Ela ficou famosa no ano passado após ter se tornado a primeira afro-descendente dos Estados Unidos a ser nomeada como principal dançarina do renomado American Ballet Theatre. A inspiração em Copeland integra a linha Barbie Sheroes, que homenageia "mulheres que inspiram garotas ao quebrar fronteiras e expandir possibilidades para as mulheres em todos os lugares", diz a marca em comunicado no seu site. Diversidade Em janeiro, a Barbie anunciou a expansão da sua linha Fashionistas, com a inclusão de três novos tipos de corpo - baixa, alta e curvilínea - além de uma variedade de tons de pele, estilos de cabelo e roupas. Em 1980, a Mattel já havia comercializado sua "Black Barbie", uma boneca de pele negra, mas nunca antes havia mudado as proporções corporais de suas ...

Leia mais

Balé das pernas tortas

Em sua septuagésima peça, o norte-americano Bob Wilson dramatiza a alegria e a tragédia de Garrincha Por Alvaro Machado Do Carta Capital O ponta-direita que “ajudou um país inteiro a sublimar suas tristezas”, nas palavras do poeta Carlos Drummond de Andrade, continua a ditar história. Trinta e três anos após sua morte, Garrincha torna-se tema de espetáculo pelas mãos do diretor norte-americano Bob Wilson, 74 anos, um dos raros nomes a borrar as fronteiras entre vida e lenda na história do teatro. O texano de 1,90 metro de altura mantém ativo, em seu Centro de Artes Watermill, no estado de Nova York, um dínamo criativo capaz de estrear, somente em 2015, exuberante adaptação dos contos de fada de Alexander Púshkin, em Moscou, e versão para o Fausto de J. W. Goethe no mítico teatro Berliner Ensemble, em Berlim. Paradigmas nacionais das literaturas alemã e russa, Goethe e Pushkin correspondem, de certo modo, ...

Leia mais

Dança contemporânea africana: uma oposição criativa às imagens estereotipadas da africanidade

“Ninguém, nem mesmo em África, pode definir para outrém o que é África” Boyze Cekwana, Coreógrafo Sul Africano por Nadine Siegert Do Buala Este artigo insere-se num longo projecto de investigação sobre representações de identidades e corporalidade na dança contemporânea africana. Processos considerados estratégias artísticas complexas e interligadas em redes locais e internacionais.  Por um lado, tento compreender como a dança africana e as corporalidades consideradas africanas são usadas enquanto meio estético em práticas culturais comuns à Europa. Como e que imagens da dança e performance africanas são criadas pelo discurso  europeu? Por outro, e de modo crucial, enquadro na perspectiva africana para observar (re)acções e escolhas individuais dos bailarinos e coreógrafos africanos face a vários desafios. Que influência tem o discurso europeu  nas decisões dos bailarinos e coreógrafos africanos? O estudo baseia-se na suposição de que a dança permite conclusões quanto às estruturas partilhadas pelos bailarinos como sobre as condições estéticas ...

Leia mais

A dançarina e performer Luanda Carneiro Jacoel participará do Simpósio Internacional na Suécia

A dançarina e performer Luanda Carneiro Jacoel participará do Simpósio Internacional: “Archival Re-enactments Symposium” de 22 à 23 março na Universidade, Inter Arts Centre - Malmö, Suécia. Enviado para o Portal Geledés  E no festival de performance “FLAM -Forum of Live Art Amsterdam” 26 de março. Luanda apresentará a performance “Kalunga” inspirada na simbologia da palavra “Kalunga" presente no cosmograma Bakongo. “Kalunga" é uma palavra presente nas línguas de etnia Bantu - grupo étnico linguístico localizado em sua maioria na região da África sub- sariana. Kalunga significa o mar e o lugar de enterro. O cosmograma bakongo é uma representação do ciclo da vida, entre o mundo humano e espiritual, como o ciclo do sol. “Kalunga”. arquivo da água. arquivo da terra. sistemas de comunicação. lugares de transição. devires. Em paralelo, geometrias e texturas de sons se aventuram a criar espaços e momentos para estes encontros. Com a parceria do músico noruêgues Åsmund Kaupang que trabalha com a integração ...

Leia mais

VERBO – Performance Art Festival

European Launch of book and Talk open to the public March 24 , 20 hs, Arti et Amicitatie Do Basis for Live Art KALUNGA 26 March / 19:30 h/Dansmakers Kalunga. the water archive. the earth archive. systems of communication. places of transition. states of becoming.     After eleven editions, VERBO has already presented more than 300 actions by more than 500 artists, serving as an open space where the public has always attended free of charge. This book presents an overview of the eleven editions of VERBO and features texts written by VERBO’s Artistic Director Marcos Gallon, Urbanist-Architect Marta Bogéa, curators Liliana Coutinho, Fernando Oliva and Agnès Violeau, journalist Teté Martinho, artist Carla Zaccagnini, and the Spanish artist duo LOS TORREZINOS. After launch, the digital file of the book will be available for free. Book VERBO: Performance Art Festival Editor Marcos Gallon Texts Agnès Violeau, Carla Zaccagnini, Fernando Oliva, ...

Leia mais

‘Me sinto feliz dançando’, diz baiano de 11 anos aprovado no Bolshoi de SC

Cozinheira, mãe já pediu demissão do trabalho e se prepara para mudança. Garoto superou 2,8 mil candidatos e fala sobre amor que tem pela dança. Por Rafael Teles Do G1 Thiago Nascimento de Jesus, de apenas 11 anos, conquistou uma das vagas mais cobiçadas por bailarinos do mundo e foi selecionado para integrar Escola do Teatro Bolshoi, em Santa Catarina, única do grupo fora da Rússia. O Bolshoi é conhecido por ser uma das maiores escolas de ballet do mundo. Cerca de 2,8 mil candidatos de todo o Brasil participaram do processo realizado pelo Bolshoi entre os dias 23 e 25 de outubro de 2015, em Joinville. O dançarino foi o único de Salvador aprovado nessa seleção. Além do soteropolitano, outas 19 crianças foram selecionadas para ingressar na primeira série da escola. O pai de Thiago vive em outro estado e o garoto mora apenas com a mãe em Salvador. Para ver ...

Leia mais

Dança música, percussão e pesquisa, conheça o Grupo Afrolaje

A ASSOCIAÇÃO CULTURAL GRUPO AFROLAJE – dança música, percussão e pesquisa – foi fundado em 2012 na região do Grande Méier – Zona Norte do Rio de Janeiro, pela professora e coreógrafa Flavia Souza, bacharela em Dança pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e pelo professor de capoeira Ivan Jr, bacharel em Educação Física também pela UFRJ onde convidou e se reuniu com seus colaboradores em 2013, para dar inicio.  Este projeto surgiu como uma releitura da significação da laje das casas de comunidades carentes do Rio de Janeiro, lugar comumente reconhecido, nesta cidade, como um espaço de encontro de guetos e foco de resistência cultural. Com nossas reuniões periódicas para a prática do Jongo e da Capoeira Angola na laje, com o intuito de pesquisar, preservar e divulgar a memória da cultura popular afro brasileira. Enviado para o Portal Geledés Dentro deste contexto traz também a proposta de realizar gratuitamente oficinas de danças das manifestações da cultura ...

Leia mais

Grupo usa mitologia dos orixás para criar coreografias e oficinas de dança

Balé das Yabás debate o feminismo e o transforma em dança amanhã, no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, em Santa Teresa Por Karina Maia Do O Dia Quem nunca ouviu frases como ‘O mundo é dos homens’ ou ‘Isso não é coisa para mulheres’? Preconceitos do tipo, provavelmente, já foram presenciados por você, sua mãe, sua avó e até pelos orixás. “A mitologia conta sobre a força das yabás (orixás femininas) e como viviam situações semelhantes em seu cotidiano”, compara Sinara Rúbia, uma das idealizadoras do grupo Balé das Yabás, que debate o tema e o transforma em dança amanhã, às 15h, no Centro Cultural Laurinda Santos Lobo, em Santa Teresa. As inspirações  para as coreografias partem de histórias como a de Oxum. Deusa da Fertilidade do candomblé, ela teve sua presença aceita em reuniões exclusivamente masculinas após demonstrar como seus poderes são imprescindíveis a todos. Sinara conta que todos os ...

Leia mais

A dança mais branca da América Latina era negra

O tango, ritmo característico da Argentina, tem sua origem nas cerimônias e danças dos escravos africanos levados à força para o continente americano Por Jose Durán Rodríguez, da Revista Fórum  No início do século 20, nas ruas de Buenos Aires, vivia Raúl, um negro pobre e sem-teto vítima de escárnio e desprezo por sua condição. Foi mencionado no tango El Negro Raúl, de Ángel Bassi, e no tango-candombe Ahí viene el negro Raúl, de Sebastián Piana. Morreu em 1955 em um hospital psiquiátrico, só e esquecido. Esta situação do negro Raúl em sua morte retrata o que sucede com as origens africanas do tango, deliberadamente marginalizadas segundo explica Isabelle Leymarie, musicóloga autora de Del tango al reggae. Músicas negras de América Latina y del Caribe, ensaio escrito em 1996 e publicado agora pela primeira vez em castellano, uma edição revisada pela própria Leymarie. “Ignora-se geralmente a presença dos negros na ...

Leia mais

Sobre o poder do movimento

O rosto de menina de Ana Pi disfarça os 28 anos da mineira que dedica sua vida à dança, em Paris, há uma década. De visita no Brasil, a artista apresenta sua performance no Inhotim neste sábado, 5 de setembro,  uma mistura entre danças urbanas e projeções  de imagens. “Para mim esse trabalho é sobre a pesquisa. E como desafio de interprete, estou provando as várias danças de rua que existem. Com isso, experimento outros mundos, várias histórias e relações com o outro”, diz. Do Inhotim O trabalho de Ana Pi também busca entender o alcance imediato que a web vem proporcionando na divulgação da dança urbana. Segundo ela, é importante considerar o alcance de vídeos como o Passinho do Romano, com mais de 100 mil visualizações, que acabou virando febre no Brasil atualmente. “ Hoje em dia, formação de publico é super difícil. Essas danças, quando giram o país dessa ...

Leia mais

Pape Ibrahima N’diaye e a Cie Kaolack Danse de Senegal

Vencedor do concurso coreográfico Coreográfico Encounters 'Dance África Dance' de África e do Oceano Índico, na Tunísia com solo 'Eu acuso', em 2008, o Papa Ibrahima Ndiaye disse 'Kaolack' nasceu em Senegal em 1982. Ele atualmente vive em Praga, República Checa. Ele viveu em Kaolack, sua cidade natal, onde ele cresceu, rica em suas origens e as tradições de seu país com a ajuda, entre outros de sua avó materna, que lhe trouxe força e espiritualidade. Em 1997, ele abandonou os estudos e as vidas dos "poucos empregos '. Então ele começa a participar "da rua", com todos os seus aspectos: a pobreza, crime, violência, crueldade ... Isto marcou fortemente a sua vida e mudou sua visão da sociedade afetada pela forma como vivem os pobres, os oprimidos, os pobres, as pessoas rejeitadas e oprimidas pelo sistema. Em 2000, ele conheceu através da dança Papa Sy (Passtef ballet teatro Dalifor) ...

Leia mais

Evento gratuito em São Paulo ensina dança e percussão para pais e filhos

Os eventos são abertos ao público e há atividades para toda a família Neste sábado (23) e domingo (24), o Itaú Cultural convida o público para participar de mais uma edição do Fim de Semana em Família com oficina de música, comandada por Ari Colares, e performance de dança com o Lagartixa na Janela, dirigido por Uxa Xavier. Dentro do universo literário, as crianças contam com a Feirinha de Troca de Livros, CDs e DVDs e o Cantinho da Leitura, que também disponibiliza tablets com acesso ao site O Mundo de Bartô. Nos dois dias, sempre às 15h, o percussionista Ari Colares, monta uma roda com vários naipes de instrumentos e convida pais e filhos a experimentarem os sons, para, no final, todos tocarem juntos. A oficina Brincando de Maestro proporciona uma experiência de construção musical por meio de comandos gestuais simples, unindo, na mesma brincadeira, adultos e crianças a ...

Leia mais

LAB – Performance and Ritual – with Luanda Carneiro Jacoel

Based on performative aspects of Afro-Brazilian traditional dances the LAB will work with body expressions through physicality, metaphors and symbols. Seeking the relations between movement, memory, temporality, spatiality and ritual in intersection with music, garments, objects, dance and theatre. 21st to 23rd and 28th to 30th of May From: 18:00 to 21:00 and Saturdays from 12:00 to 17:00 Fee: 600 NOK Drop-In : 120kr (cash only) At: Torshovloftet - Vogtsgate 64, Oslo more info: www.actspracticts.org Luanda Carneiro Jacoel (BR/NO), is a dancer-performer seeking to update questions about body-memory, identity, diaspora and cultural background.She has bachelor in Communication of Performing Arts - Artes Do Corpo Pucsp (Brazil) and is certified as a Somatic Movement Coach at Somatic Movement Institute - SMI (Netherlands)

Leia mais

Cia Étnica estreia espetáculo inspirado no mito Chica da Silva

No mês em que se comemora a Abolição da Escravatura (13 de Maio), a Cia Étnica estreia seu novo espetáculo “Chica”, poeticamente inspirado no mito Chica da Silva. Com concepção e direção de Carmen Luz, a obra coreográfica constitui o cruzamento da dança com as artes visuais, a história brasileira contemporânea e a poesia, revelando a força e a audácia do corpo negro feminino. Contemplado com o Prêmio Afro 2014, patrocinado pela Petrobras, “Chica” estreia nacionalmente dia 21 de Maio, no Teatro Cacilda Becker, no Rio de Janeiro, com direção de produção de Sara Calaza. por Ana Andrea, fotos de Claudia Ferreira via Guest Post para o Portal Geledés Chica da Silva é um interesse antigo da diretora e cineasta Carmen Luz. Mas foi em 2013, ao tomar conhecimento de um trote ocorrido na Faculdade de Direito da UFMG, onde uma caloura foi pintada de preto e acorrentada, com uma placa dizendo “Caloura Chica da Silva” ...

Leia mais

Dançarina rejeita cirurgia para remover marca de nascença no rosto e assume quem é de verdade

Marcas de nascença são comuns e nem dificilmente chamam a atenção, mas a dançarina canadense Cassandra Naud nasceu com uma mancha logo abaixo de seu olho esquerdo. Escura e cobrindo toda a região da bochecha, na mancha crescem pelos, motivo pelo qual ela sofreu bullying durante boa parte de sua infância e adolescência. Na escola, seu maior sonho era poder fazer uma cirurgia e se livrar da marca, mas hoje, ela não quer nem saber de mudar. Do Hypeness Ao saber que a cirurgia plástica tinha grandes chances de deixar uma cicatriz ainda maior no rosto da menina, os pais de Cassandra não foram em frente com a ideia e ela aprendeu a conviver e a gostar de sua marca. “Minha marca de nascença é uma grande parte de mim. Ela me torna única e memorável, o que é especialmente importante para a carreira que escolhi“, contou ela ao Best ...

Leia mais

Bailarino formado em Joinville integra balé composto apenas por negros e asiáticos

Exemplo de persistência, José Alves está há dois anos na companhia com sede em Londres Por RAFAELA MAZZARO, do A Noticia  José Alves, 24 anos, já foi um colecionador de "nãos". Mesmo para quem tinha um diploma da única filial no mundo do balé do Bolshoi, as respostas negativas vinham aos montes. Quando as oportunidades batiam à porta, a origem humilde do baiano impedia de que ele bancasse o básico para chegar até elas. Pelo menos duas bolsas de estudos no exterior foram deixadas pela caminho pela falta de recursos. Mas o pouco que José juntou nos últimos anos foram o suficiente para levá-lo longe. Sete anos após deixar Joinville, José visita a escola com a satisfação que imaginava sentir depois de formado. Hoje, ele é um dos brasileiros a integrar a Ballet Black, uma companhia nada convencional de Londres, Inglaterra, e diz estar vivendo um sonho. — Viajamos muito pela Europa, ...

Leia mais

Somatic Archiving Symposium – February 25-26

Somatic Archiving Symposium 25-26 February 2015, @ Medea, Malmö University and Malmö Slottsträdgården No Livingarchives This is an open invitation to attend a performance and discussion event around the body, somatics and archiving – registration details below. The “somatic” refers to a deep layer of the body, radiating outwards through physical and affective exchanges with the wider world. This symposium/event opens questions around the somatic, archiving, memory and cultural heritage. Performances by Joan Laage (USA), Boaz Barkan (Denmark) and Luanda Carneiro Jacoel (Brazil/Norway) will be interspersed by round-table discussions with contributions from academics, students and independent professionals. We do not yet know what Somatic Archiving means. Expanding a performative mode of artistic research, we invite you to join us in posing questions or offering performative provocations to explore the zone where archiving, cultural memory and the body converge. How does the body record and archive memories? How can we access body ...

Leia mais

Museu no negro oferece nove oficinas culturais gratuitas

Canto, danças, instrumentos musicais e teatro são algumas das atividades ofertadas ao público de Vitória. Inscrições até 13/02 No Seculo Diario Para os interessados em participar de aulas de dança, teatro, música e contação de histórias, entre outras, começaram nesta terça-feira (3) e seguem até sexta-feira (13) as inscrições para as oficinas do Museu Capixaba do Negro Veronica da Pas, o (Mucane), no Centro de Vitória. Ao todo serão oferecidas 164 vagas, distribuídas em nove oficinas. "Historicamente, a arte e a cultura sempre foram um instrumento de ascensão social e econômica para a população negra no Brasil. Nesse sentido, propiciamos à comunidade acesso a um conjunto de oficinas, de forma gratuita, objetivando contribuir com a formação cultural dos alunos de uma forma mais ampla, bem como através da arte", contou o coordenador do Mucane, Wellington Nascimento. A única oficina que terá processo seletivo para aceitação de pessoas será a de ...

Leia mais

L’Ecole des Sables: o “chão” da dança contemporânea africana

Pés descalços no chão de areia. O calor senegalês prepara os corpos para a agitada rotina de treinamentos que os alunos da Ecole des Sables (escola de areia, em português) enfrentam. A escola de dança que fica a aproximadamente 200 metros do mar, é fruto das interconexões que marcam a África contemporânea. Situada em uma ilha de pescadores – repleta de Baobás – chamada Towbab Dialaw, a 50 quilômetros de Dakar, no Senegal, a Ecole foi fundada pela coreógrafa Germaine Acogny em 1998. Por Rosa Couto no Afreaka Com o intuito de ser um centro de treinamento profissional aberto para dançarinos da África e do mundo todo, sua estrutura básica é composta por dois estúdios de dança, tendo o principal deles 400m² de chão coberto por areia. Além dos estúdios, a escola possui 3 vilas com um total de 24 casas, nas quais ficam alojados alunos e visitantes, além de salas ...

Leia mais

São Paulo: Espetáculo de dança em centros culturais retrata nações de candomblé

Apresentações de "Mangalê" ocorrem de 15 de outubro a 29 de novembro em dez pontos culturais da capital   Muita dança e arte envolvem as duas nações africanas Ketu e Angola. É o que vai acontecer no ‘’Mangalê – A terra que me transforma’’, um projeto de pesquisa e produção de um espetáculo de dança, que acontece de 15 de outubro a 29 de novembro. Serão dez apresentações itinerantes por pontos de cultura, entre CEUs, Fábricas de Cultura e Centros Culturais. A estreia ocorre no Centro Cultural da Penha às 20h45. A entrada é Catraca Livre. O espetáculo busca levar mais acesso à cultura africana a partir da retirada da pesquisa de dentro das casas de candomblé expandindo até a comunidade, levantando resultados para uma consciência de preservação do patrimônio cultural afro-brasileiro e o resgate das suas origens e valores. No candomblé, a palavra nação é usada para distinguir seus segmentos, diferenciados pelo ...

Leia mais
Página 3 de 5 1 2 3 4 5

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist