quinta-feira, maio 21, 2020

    Tag: jornalismo

    Divulgação/Abraji

    Abraji lança lives semanais para valorizar o trabalho dos jornalistas

    A partir da próxima terça-feira, 21.mar.2020, a Abraji começa um novo projeto para valorizar o trabalho dos jornalistas e mostrar à sociedade o papel desses profissionais, principalmente durante momentos cruciais para o país e o mundo, como é o caso da pandemia da covid-19, a maior crise de saúde em pelo menos 100 anos. Do Abraji Na primeira etapa, a transmissão será feita pela conta da Abraji no Instagram, entre 21 e 22h. A primeira convidada é Ana Lucia Azevedo, repórter especial de Saúde, Ciência e Meio Ambiente de O Globo. Há décadas cobrindo temas de saúde pública e tragédias ambientais, ela falará de seus principais desafios na atual conjuntura. “Será uma honra poder dividir a importância do que estamos fazendo com os colegas e outras pessoas que não conhecem o nosso trabalho”. Ana Lucia Azevedo (Foto: Arquivo Pessoal) As entrevistas ficarão a cargo da diretora da Abraji Adriana Barsotti, que tem passagens ...

    Leia mais
    Na categoria especial da premiação, serão avaliadas reportagens com o tema “O futuro em risco: a mortandade das abelhas” (Renato Stockler)

    OAB e ONG gaúchas abrem inscrições para prêmio Direitos Humanos de Jornalismo

    Jornalistas e estudantes de todo o Brasil têm até 22 de novembro para se inscrever no Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo, organizado pela ONG Movimento de Justiça e Direitos Humanos e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RS). Da Folha de S.Paulo  Na categoria especial da premiação, serão avaliadas reportagens com o tema “O futuro em risco: a mortandade das abelhas” (Renato Stockler) Em sua 36ª edição, a premiação busca prestigiar produções que denunciem violações aos direitos humanos e assegurem a garantia dos direitos da cidadania. As categorias são reportagem, fotografia, rádio, televisão, jornalismo online, crônica, documentário, livro-reportagem e trabalhos acadêmicos, categoria exclusiva para estudantes. O prêmio conta com o apoio da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (Arfoc-RS). Na categoria especial, serão avaliadas reportagens com o tema “O futuro em risco: a mortandade das abelhas”. Todas as produções precisam ter ...

    Leia mais
    Reprodução/Instagram

    Luciana Barreto é a nova contratada da CNN Brasil

    A jornalista premiada estava no Canal Futura Do O Dia Reprodução/Instagram A jornalista Luciana Barreto é a nova contratada da CNN Brasil. Ela comandará um telejornal diário e terá participações nas demais plataformas. Antes de assinar com a emisora, ela estava no Canal Futura, do Grupo Globo. Vencedora do Prêmio Nacional de Jornalismo Abdias Nascimento, em 2012, Luciana Barreto conta com passagens pelos canais GNT, BandNews e Band. Até janeiro deste ano, era a principal apresentadora da TV Brasil. “Sentimento de gratidão me acompanha. É um desafio muito grande chegar na maior emissora do mundo. Fico olhando para trás e vejo que fomos longe e ainda temos muito o que crescer juntos. Digo fomos porque eu sempre tenho esse sentimento de coletividade. Eu tenho o desejo de agregar muito com olhar mais atento às pautas sociais, sempre dentro de um jornalismo que respeita a diversidade do brasileiro”, ...

    Leia mais
    Imagem fornecida pelo Chicago Defender, de janeiro de 1966. O jornal deixará de ter a versão impressa do jornal deixará após 10 de julho de 2019 - Reprodução do Chicago Defender/NYT

    Lendário jornal negro de Chicago imprime sua última edição

    Fundado em 1905, The Chicago Defender passa a ser publicado apenas na versão digital por questões econômicas Do  THE NEW YORK TIMES, na Folha de S.Paulo  Década após década, o jornal contou a história da vida negra nos Estados Unidos. Publicou notícias de nascimentos e mortes, de formaturas e casamentos, e de tudo o que acontecia entre os dois. Por meio de eras de ansiedade, seus repórteres examinaram histórias dolorosas e perigosas, transmitindo detalhes sombrios de linchamentos, confrontos pela integração escolar e tiros de policiais brancos contra homens negros. Entre uma longa lista de assinaturas importantes, estavam as de Langston Hughes e Gwendolyn Brooks. Depois de mais de um século, The Chicago Defender cessará suas edições impressas nesta quarta-feira (10), segundo anunciou o dono do jornal. O Defender continuará sua operação digital, segundo Hiram E. Jackson, executivo-chefe da Real Times Media, proprietária do periódico e de ...

    Leia mais
    O protagonismo é da favela

    Protagonismo da favela: Rene Silva e o Voz das Comunidades apontam o futuro do jornalismo

    Dá pra perceber que no Voz das Comunidades o lema não é ignorar a violência crescente, sim mostrar que a favela também é espaço de cultura e criatividade. no Hypeness imagem-Hypeness - O protagonismo é da favela A descentralização da comunicação certamente passa pelo avanço da tecnologia. No entanto, abundância tecnológica não é suficiente para que histórias deixadas de lado pela grande mídia sejam contadas. Por isso, o trabalho realizado pelo jornalista Rene Silva no Voz das Comunidades é tão importante. Atualmente ele está com 24 anos, mas seu nome ficou famoso bem antes disso. Em 2010, aos 17 anos, ele deixou a mídia hegemônica no chinelo ao narrar pelo Twitter a ocupação do Complexo do Alemão pelas Forças Armadas. Desde então, a plataforma expandiu, atuando em nove comunidades do Rio de Janeiro. A linha editorial é a de promover uma visão humanizada, diferente do estigma ...

    Leia mais
    Foto: Artur Igrecias/Divulgação RedeTV!

    Por que há predominância de jornalistas brancos em debates eleitorais?

    A maioria dos jornalistas que participaram dos debates presidenciáveis são brancos, de acordo com levantamento feito pelo Alma Preta sobre o perfil racial dos repórteres a participar dos diálogos dos debates organizados pela Rede Band e Rede TV!, o programa “Central das Eleições”, da Globonews, e o Roda Viva, da TV Cultura. Apenas no último, ainda que também em número pequeno, houve a presença de jornalistas negros. Texto / Pedro Borges - Pesquisa / Thalyta Martina no Yahoo! Foto: Artur Igrecias/Divulgação RedeTV! O programa da Band, exibido em 9 de agosto, contou com participações de três jornalistas e um mediador, todos homens brancos. Em 17 de agosto, no debate organizado pela Rede TV!, houve a participação de um homem branco na mediação e de duas mulheres brancas enquanto entrevistadoras. O programa “Central das Eleições”, da Globonews, tem presenças de 12 jornalistas, que já sabatinaram Álvaro Dias (Podemos), ...

    Leia mais
    blank

    RedeTV! faz história ao escalar primeira dupla negra à frente de telejornal

    Pela primeira vez na história um telejornal foi ancorado por uma dupla de apresentadores negros. A RedeTV! foi a responsável por unir na bancada os jornalistas Luciana Camargo e Rodrigo Cabral, que dividiram o comando do RedeTV News.  Do Hypeness A relevância do fato se dá, pois ao longo dos séculos a população negra, responsável por 54% do total de brasileiros, se acostumou a ser informada por apresentadores brancos. A conquista, que reforça a importância da representatividade, foi destacada por Luciana antes do encerramento do jornal. Imagem retirada do site  Hypeness “E a RedeTV! sai na frente. Pela primeira vez em nosso país uma emissora de TV dá oportunidade a dois jornalistas negros, né, Rô, de apresentar juntos o principal telejornal da casa. Nós agradecemos à diretoria da RedeTV! por essa oportunidade. Na emissora desde 2000, Rodrigo Cabral – um dos funcionários mais antigos da empresa de comunicação paulista, também celebrou. “Sem dúvidas. Agradecemos sim, Lu. Obrigado, ...

    Leia mais
    blank

    Cristiele França, a radialista que leva o candomblé e os orixás para o cotidiano de Salvador

    No Candomblé, Exú é responsável pela comunicação. O mais próximo do humano no panteão dos Orixás, é sua função estabelecer contato entre o òrun e o àiyê, respectivamente céu e terra em Iorubá. Exú é figura fundamental na cultura Iorubá e sem sua presença não haveria como manter contato com os Orixás. Não restam dúvidas, Exú é indispensável para o culto. Entretanto não há como sustentar o Candomblé sem a participação dos outros Orixás. Por  Kauê Vieira Do Hypeness A mesma fórmula se aplica ao jornalismo. Desde a explosão tecnológica que desembarcou junto com o novo milênio, a comunicação vive uma série de transformações. Atualmente os veículos de mídia abraçaram o meio digital como um dos principais canais de atuação. Com isso muito se falou sobre uma possível extinção de plataformas seculares de informação como o rádio. Porém como nos ensina a ancestralidade africana para que tudo funcione propriamente deve haver integração entre todos ...

    Leia mais
    blank

    Webinar debate violência de gênero e segurança de mulheres jornalistas

    Resolução aprovada pela ONU para promover a segurança de jornalistas têm gerado algum impacto positivo sobre a integridade das mulheres na profissão Do Portal Comunique-se  Imagem: Divulgação Um webinar sobre segurança de jornalistas mulheres será oferecido em 18 de dezembro de 2017 pelo Global Forum for Media Development (GFMD) em parceria com a International Women’s Media Foundation (IWMF) e a Associação Mundial de Jornais (WAN-INFRA). A atividade acontecerá às 12h do horário de Brasília. O webinar terá um debate sobre temas como assédio, intimidação, ameaças e violência contra jornalistas mulheres, bem como os efeitos que a progressiva descrença nos meios de comunicação tem tido sobre o trabalho das repórteres. A discussão também deve abordar se medidas como a publicação de um relatório da IWMF sobre violência de gênero na imprensa e a resolução aprovada pela ONU em setembro deste ano para promover a segurança de jornalistas têm gerado algum impacto positivo sobre a integridade ...

    Leia mais
    blank

    Pesquisa traz retrato do machismo no jornalismo brasileiro

    O Sindicato dos Jornalistas de São Paulo divulga pesquisa feita pela Gênero e Número e pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). O trabalho consultou mais de 500 mulheres jornalistas - 86,4% afirmaram ter passado por situação de discriminação de gênero e 70,2% presenciaram ou tomaram conhecimento de assédio. Do Vermelho Pesquisa realizada pela Gênero e Número e pela Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) com mais de 500 jornalistas brasileiras mapeou como o machismo afeta estas profissionais em seu ambiente de trabalho. Os resultados apontam para a presença de atitudes sexistas em redações em todo o país, que vão desde a distribuição de pautas com base em estereótipos de gênero até o assédio sexual perpetrado por colegas e superiores, sem uma resposta adequada das empresas para estes problemas. A pesquisa “Mulheres no Jornalismo Brasileiro” promoveu grupos focais em quatro capitais – Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e São ...

    Leia mais
    blank

    Fundo Brasil vai doar R$ 680 mil para projetos de Jornalismo Investigativo

    Edital para seleção de iniciativas será lançado no dia 29 de junho, no 12º Congresso da Abraji Por  CRISTINA CAMARGO , do Fundo Brasil  O Fundo Brasil lança no próximo dia 29, durante a abertura do 12º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo da Abraji, o edital “Jornalismo Investigativo e Direitos Humanos”. O objetivo é apoiar organizações da sociedade civil e/ou indivíduos que apresentem propostas cujo foco seja a violência institucional e a discriminação. A iniciativa visa estimular a produção de jornalismo investigativo de alta qualidade, com reportagens que contem histórias relevantes e que contribuam para melhorar a compreensão da sociedade sobre violações de direitos humanos. O edital é realizado por meio de uma parceria com a Fundação Ford, a Fundação Open Society e a Clua (Climate and Land Use Alliance). Para o Fundo Brasil e seus parceiros no edital, o jornalismo investigativo é capaz de estimular mudanças no país e promover os ...

    Leia mais
    blank

    Oxfam e FNPI lançam bolsa de jornalismo sobre desigualdade

    Bolsa de US$ 5 mil está com inscrições abertas até 26 de abril para jornalistas da América Latina e da Espanha Do Oxfam Imagem: Reprodução/ Oxfam A Oxfam e a Fundação Gabriel García Marques para o Novo Jornalismo Iberoamericano (FNPI) uniram esforços para lançar uma bolsa de produção jornalística sobre temas de desigualdade na América Latina e na Espanha. Em sua primeira edição, a Bolsa Oxfam-FNPI terá como foco a desigualdade de gênero. As inscrições estão abertas até 26 de abril para jornalistas da região. A pessoa ganhadora receberá US$ 5 mil para financiar a produção de uma reportagem sobre desigualdade de gênero. O trabalho final será publicado por The New York Times em espanhol e contará com a assessoria do editor do, Eliezer Budasoff, em todo o processo. A pessoa vencedora será anunciada em julho e também será enviada ao Festival Gabriel García Márquez de Jornalismo ...

    Leia mais
    blank

    As lições diárias de desjornalismo da imprensa brasileira

    Na quarta-feira (15) centenas de milhares de brasileiros saíram às ruas no país todo contra a reforma da Previdência. A imprensa falou em greve dos transportes, greve de servidores públicos, distúrbio ao trânsito, caos nas cidades, ato de apoio a Lula, menos no que levou tanta gente a se mobilizar. Deu voz a todos que quiseram atacar o protesto e a ninguém que pudesse simplesmente explicar o seu sentido Por Gabriel Priolli, no Nocaute Estes dias têm sido particularmente pedagógicos sobre o funcionamento da imprensa brasileira, em sua fase de jornalismo de guerra.   Boas lições são oferecidas nos capítulos da seleção de pautas, angulação do noticiário, tratamento das fontes de informação e respeito à verdade dos fatos.   Desde que a direita e a esquerda dividiram as águas nos movimentos de rua, depois de uma breve confluência nas jornadas de 2013, a mídia corporativa cuidou de esclarecer ao país ...

    Leia mais
    NEW YORK TIMES /EYEVINE

    Filha de nigerianos é a primeira presidente negra do Jornal de Direito de Harvard

    ImeIme Umana tem 24 anos e dirige agora o jornal de direito de Harvard com maior circulação no mundo. Da Rede Angola  NEW YORK TIMES /EYEVINE Pela primeira vez em 130 anos de história, o Harvard Law Review, jornal da Escola de Direito de Harvard, elegeu uma mulher negra como presidente. ImeIme Umana, de 24 anos, filha de imigrantes nigerianos, foi eleita a 29 de Janeiro, entre 12 candidatos, pelos 92 editores do Harvard Law Review, publicação integralmente feita por estudantes. O Harvard Law Review é publicado entre Novembro e Junho de cada ano e é, entre os jornais do tipo, o que maior circulação tem em todo o mundo. A presidência da publicação é vista como o topo do curso de Direito de Harvard e garante um passaporte para virtualmente qualquer posição no mercado de trabalho – metade dos juízes do Tribunal Supremos dos EUA ...

    Leia mais
    blank

    Edital das bolsas de reportagem AzMina 2017

    Quer fazer jornalismo feminista investigativo? As inscrições pro concurso vão de 6 a 10 de março! Do AZMINA Olá, amiga. Estamos muito felizes que você esteja interessada no nosso concurso de bolsas de reportagens. Esse é um projeto do qual temos muito orgulho, e aqui vamos te explicar tudo que você precisa saber sobre ele. Por favor, leia com carinho, ok? Talvez você tenha acompanhado a primeira edição do concurso, que rolou no ano passado. Essa seleção é parte de um projeto maior, que viabiliza, via crowdfunding, as grandes matérias investigativas da Revista AzMina – e, bem, o jornalismo investigativo é a nossa menina dos olhos. No ano passado, arrecadamos o suficiente para 9 bolsas, das quais 6 já foram publicadas e duas foram premiadas – uma delas, a vencedora do concurso do ano passado. Para esse ano, a aposta é maior: queremos tirar do papel do papel 12 pautas – ...

    Leia mais
    PAUL BRADBURY VIA GETTY IMAGES

    Escola de Jornalismo da Énois está com inscrições abertas

    Jovens da periferia de São Paulo interessados em jornalismo e causas sociais têm até a sexta-feira, dia 3 de fevereiro, para participar do processo seletivo da Escola de Jornalismo da Énois. Do Catraca Livre  PAUL BRADBURY VIA GETTY IMAGES Divididos nos pilares educação, jornalismo e inteligência, o objetivo da agência escola é selecionar jovens entre 16 e 21 anos, estudantes ou que já tenham passado por escolas públicas, para integrar o time, investigando e produzindo conteúdo de qualidade. Ao final do processo, serão escolhidos os 10 estudantes mais esfomeados pelo jornalismo, que recebem bolsa-auxílio de R$ 500, uma formação de 10 meses com certificado e portfólio com os trabalhos realizados. Para se inscrever, clique aqui. Assista ao vídeo para saber tuuudo sobre o processo seletivo da Énois:

    Leia mais
    blank

    Por um jornalismo não sexista

    A Língua Portuguesa não é sexista. Seu mau uso, sim. Como ato-reflexo da sociedade, a linguagem é um dos espaços mais sutis, constantes e estáveis de legitimação de padrões e práticas de desigualdade e opressão. O sexismo é uma delas, que discrimina com base no sexo e perpetua o Patriarcado, sistema secular que centra no homem o papel de protagonista da ordem social, reduzindo e invisibilizando a identidade feminina e de grupos que sofrem camadas ainda mais cruéis de exclusão, por sua condição de classe e raça. no Think Olga É um processo de retroalimentação: o sujeito masculino domina os espaços da vida cotidiana – escola, religião, artes, política, família, urbanidade, mídia – e essa hegemonia se instala na linguagem que, ao ser usada como se natural fosse, reproduz, mantém e cimenta a desigualdade. Neste sentido, falar é fazer. Especialmente quando a linguagem sexista e discriminatória é usada pelos meios ...

    Leia mais
    blank

    “Meninas dão de quatro”, diz jornal em manchete sobre vitória da seleção feminina

    “Meninas dão de quatro”, esse era o título da matéria publicada pelo jornal amazonense Manaus Hoje, na segunda-feira, 12, que repercutiu de forma negativa nas redes sociais. O gancho usado pelo jornal recebeu críticas de muitos internautas no Twitter e no Facebook, que avaliaram a chamada como machista e desrespeitosa. no Comunique-se Manchete de jornal amazonense gera críticas nas redes sociais (Imagem: Divulgação) O texto que recebeu o título falava sobre a vitória da Seleção Brasileira feminina de futebol sobre a Rússia, durante o jogo na Arena da Amazônia, em Manaus. O time nacional fez quatro gols, garantindo a vaga na final do Torneio Internacional Feminino, que será decidido no domingo, 18, em jogo contra a Itália. Após receber as críticas, o jornal publicou retratação na mesma página, nesta terça-feira, 13. “Ao manchetar na página "Meninas dão de quatro", o MH saiu da linha editorial recomendável e deu uma pisada ...

    Leia mais
    blank

    “A alma do jornal reside em sua simpatia pelos oprimidos”: como a máxima de Pulitzer pôde ser tão subvertida pela imprensa brasileira? Por Paulo Nogueira

    Por Paulo Nogueira Do Diário do Centro do Mundo “Acima do conhecimento, acima das notícias, acima da inteligência, o coração e a alma do jornal residem em sua coragem, em sua integridade, sua humanidade, sua simpatia pelos oprimidos, sua independência, sua devoção ao bem estar público, sua ansiedade em servir à sociedade.” Estou lendo um perfil de Joseph Pulitzer e me detenho na frase acima. É uma reflexão que tem 150 anos de existência — e que, como tudo que é sábio, guarda uma atualidade completa, fresca, revigorante e inspiradora. É uma receita perene de bom jornalismo. E então me ocorre a fatal comparação. Os jornais brasileiros são a completa negação de Pulitzer. Simpatia pelos oprimidos? Esqueça. Devoção à causa pública? Esqueça. Ansiedade em servir à sociedade? Esqueça. Você inverte o enunciado pulitzeriano e encontra a mais perfeita definição do jornalismo nacional. As corporações jornalísticas servem apenas a si próprias e ...

    Leia mais
    Página 1 de 3 1 2 3

    Últimas Postagens

    blank

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist