Tag: Marcelo D’ Salete

    Editora Veneta/Divulgação

    HQ Angola Janga – Uma História de Palmares vai ganhar uma minissérie nos EUA

    Graphic novel de Marcelo D’Salete será adaptada pela produtora Wise Entertainment, do brasileiro Maurício Mota Por Nicolaos Garófalo, do Omelete Editora Veneta/Divulgação HQ brasileira sobre o quilombo dos Palmares, Angola Janga – Uma História de Palmares, escrita e ilustrada por Marcelo D’Salete e lançada em 2017, será adaptada para a TV nos Estados Unidos. A obra, vencedora do Prêmio Jabuti 2018, ganhará uma minissérie de 13 episódios (via O Globo). A produção ficará por conta da Wise Entertainment, produtora do brasileiro radicado em Los Angeles Maurício Mota. A equipe de roteiristas conta com um time de escritores negros americanos e brasileiros. Publicado pela Veneta, Angola Janga conta a história de um dos maiores e mais importantes quilombos da história do Brasil, conhecido como um dos grandes símbolos da resistência contra a escravidão na época do Império. Além do Jabuti, Angola Janga também venceu o prêmio HQ ...

    Leia mais
    blank

    “Trabalhar a literatura de Carolina Maria de Jesus foi imprescindível para descolonizar olhares”

    Silene Barbosa mergulhou na história da escritora negra Carolina Maria de Jesus para trazer aos quadrinhos a vida de uma catadora de papel da periferia de São Paulo que realizou uma das mais importantes obras literárias brasileiras, “Quarto de Despejo”, livro traduzido em 13 idiomas e distribuído em 49 países. O HQ “Carolina” foi indicado, em 2017, ao Prêmio Jabuti, o mais importante da literatura brasileira, e Sirlene foi a primeira quadrinista negra indicada à premiação. Os diálogos nos quadrinhos ganham ainda mais força com os traços do artista visual João Pinheiro. Mestra em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela PUC-SP, a professora de língua portuguesa revela nesta entrevista à coluna Geledés no debate que sua inspiração para escrever o livro veio de um momento em sala de aula, em que meninas negras não se identificaram com as princesas da literatura. Sirlene não está sozinha como inspiração para as ...

    Leia mais
    banner-facebook

    Cumbe, Angola Janga e Carolina são aprovado no Plano Nacional do Livro Didático Literário 2018

    Os quadrinhos Angola Janga, Cumbe (ambos de Marcelo D’Salete) e Carolina (João Pinheiro e Sirlene Barbosa) foram aprovadas no mais recente edital do Plano Nacional do Livro Didático Literário (PNLD Literário). por Samir Naliato no Universo HQ banner-facebook As três obras tratam de temas como a escravidão e a discriminação racial e, a partir de 2019, serão adotadas em escolas públicas de ensino médio de todo o Brasil. Em outubro, professores de toda a rede farão a escolha dos livros. Consideradas por especialistas um importante instrumento no tratamento de temáticas transversais a variados campos do conhecimento, as histórias em quadrinhos podem atender simultaneamente a diversos objetivos de aprendizagem. "Consideradas por especialistas um importante instrumento no tratamento de temáticas transversais a variados campos do conhecimento, as histórias em quadrinhos podem atender simultaneamente a diversos objetivos de aprendizagem. Os três títulos da Veneta selecionados trazem importantes recursos para o ensino da história e da cultura ...

    Leia mais
    O quadrinista brasileiro Marcelo D'Salete - Rafael Roncato/Divulgação

    Marcelo D’Salete concorre ao Eisner, maior prêmio dos quadrinhos com HQ sobre escravidão

    Em 2004, leituras sobre o quilombo dos Palmares —em sua maioria escritas por autores brancos— despertaram no quadrinista paulistano Marcelo D'Salete, 38, a vontade de imaginar a perspectiva do negro nas narrativas sobre o Brasil colonial. por Amanda Ribeiro no Folha O quadrinista brasileiro Marcelo D'Salete - Rafael Roncato/Divulgação Desde então, ele se dedica a pesquisas para dar aos negros a possibilidade de contar a própria história. "A fundação de Palmares foi um evento extraordinário. Alguns historiadores contam isso de maneira tão próxima da literatura que fui lendo a história quase já pensando nos personagens", diz o autor, em entrevista à Folha. Quanto mais se dedicava a produzir a história de Palmares, no entanto, mais se tornava evidente a necessidade de conhecer outros quilombos e compreender os mecanismos da sociedade escravista. Em novos estudos, encontrou textos que abordavam casos específicos de escravizados em conflito com seus ...

    Leia mais
    blank

    Angola Janga: a resistência de Palmares em quadrinhos

    Para o ilustrador Marcelo D'Salete, é essencial representar o negro em primeiro plano e fomentar uma discussão sobre o nosso passado por Beatriz Drague Ramos e Filipe Vianna no Carta Capital O Quilombo dos Palmares, um dos principais do período colonial brasileiro, é descortinado poeticamente no livro Angola Janga, a ser lançado em 6 de novembro. Por meio dos quadrinhos, o ilustrador Marcelo D'Salete desenha e narra a história de personagens negros como Zumbi, Antônio Soares, Ganga Zumba e Ganga Zona. Principal liderança do quilombo, Zumbi morreu em 20 de novembro de 1695. A data é comemorada anualmente como o dia da Consciência Negra. Após se dedicar à temática racial em Encruzilhada (2016) e Cumbe (2014), D'Salete revela em sua nova obra como os quilombolas de Palmares resistiram ao sistema da casa-grande. Um tema importante para a afirmação da população negra, pobre e quilombola no atual cenário de ataques às ...

    Leia mais
    blank

    Nada a temer! Uma reação de autores de HQs e ilustradores contra o golpe

    O ilustrador Edson Ikê explica sua motivação ao criar a fanpage Nada a temer!: “É uma resposta humorada e sarcástica ao golpe. A ideia é ocupar e dizer: ‘Fora Temer!’ e à sua política de neocolonização. Arte contra a barbárie no Brasil”. A ideia cresceu. Enquanto Ikê convida amigos e conhecidos para participar da iniciativa, outros produzem por conta própria e alguns trabalhos autônomos acabam incorporados à iniciativa. Até agora, a página reproduziu 12 obras, dos mais diversos estilos. Certeza que não fica só nisso – e vou atualizando o post e dando os devidos créditos a medida que forem surgindo novos trabalhos. Ó o que apareceu por lá até agora (além dessa aqui em cima do Marcelo D’Salete): no Facebook Nada a Temer DW Ribatski: Tayla Nicoletti: Vicente Mendonça: Edson Ikê: André Kitagawa: Daniel Bueno: Talita Rocha: Rato: Pato: Andre Ducci: Shiko: Wagner Willian: Taline Schubach: Kiko Dinucci: Jozz Zugliani: Fernanda ...

    Leia mais
    Projeto Retrato de Quadrinistas - QuantaCon2012 - Rafael Roncato

    Marcelo D’Salete é convidado para o XII Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja

    Marcelo D’ Salete é um dos convidados do XII Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja. Este autor de banda desenhada brasileiro tem editada em Portugal a sua obra Cumbe e é a segunda vez que expõe no nosso país. Por NUNO PEREIRA DE SOUSA, do Bandas Desenhadas Nuno Pereira de Sousa: Foste um dos grandes colaboradores da revista brasileira Front da Via Lettera. Fala-nos um pouco da revista, a sua importância no mercado editorial de então e das BD que publicaste nos números da Front. Marcelo D’Salete: A Front foi uma das publicações de quadrinhos mais longevas do Brasil nos últimos anos. Foram 14 edições ao total. A revista começou a partir do número 7, pois havia um mito de que esse tipo de publicação não durava mais que 7 edições. Ela foi responsável por apresentar e difundir o trabalho de muitos quadrinistas da época – Kipper, André Kitagawa, Daniel Bueno, Fernando Mena, Maxx, etc. No ...

    Leia mais
    blank

    Marcelo d’ Salete: Cumbe, l’ histoire de l’esclavage au Brésil, sera publié en France

    Cumbe (Brésil) Traduit du portugais par Christine Zonzon et Marie Zéni Le Brésil a été l’un des principaux pays pratiquant l’esclavage, jusqu’à son abrogation en 1888. En provenance d’Angola et du Mozambique, les esclaves étaient essentiellement affectés à l’exploitation de la canne à sucre ou des mines d’or, mais aussi pour les taches ménagères dans le cas des femmes. Certains esclaves se révoltaient, prenaient les armes et se réfugiaient dans la jungle pour créer des communautés, appelées quilombos, ou cumbe, où ils vivaient en autarcie. À travers quatre nouvelles, en partie inspirées d’événements historiques, le dessinateur brésilien Marcelo d’Salete raconte des histoires d’esclaves marrons au 17e siècle, des hommes, femmes et enfants confrontés à leurs tortionnaires et décidés à se libérer du joug de l’esclavage à tout prix,.. Dans la première histoire, intitulée Calunga, un jeune esclave tente de convaincre sa compagne de s’enfuir avec lui. Dans Sumidouro (Le Puit), une femme est prise entre ...

    Leia mais
    blank

    Por que falar da escravidão do Brasil em quadrinhos?

    Produzido a partir de vasta pesquisa, novo livro de Marcelo D’Salete mostra que negros escravizados sempre resistiram e ajuda a compreender conflitos raciais contemporâneos Por Carolina Ito, do Outras Palavras A princípio, pode parecer estranho ou duvidoso lidar com temas históricos utilizando a linguagem dos quadrinhos, afinal, o desenho é uma expressão que recorre à subjetividade do artista, à ficção e à ligação entre os imaginários do autor e do leitor. Mas o quadrinista e pesquisador Marcelo D’Salete, autor da HQ Cumbe (Veneta, 2014), não parece se intimidar com esse tipo de questão. Para ele, a ficção é importante justamente por trazer outro ponto de vista diante de um cenário em que a maioria dos relatos históricos foi feita pelo mesmo grupo social – no caso, o de homens brancos da elite. E arremata: “precisamos da ficção para imaginar novas possibilidades de leitura a partir de outros atores sociais”. Cumbe traz contos de ...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist