segunda-feira, novembro 23, 2020

    Tag: Maternidade

    gravida com feto morto

    Josiane Nunes: Grávida que carrega bebê morto há três semanas é internada, no ES

    Grávida que carrega bebê morto há três semanas é internada, no ES Josiane Nunes foi internada em Santa Teresa, Noroeste do estado. Médicos dizem que evolução espontânea acontece entre 30 a 40 dias. A dona de casa, de 17 anos, que carrega um bebê morto na barriga há quase três semanas foi internada no final da tarde desta quinta-feira (24), em um hospital de Santa Teresa, na região Noroeste do estado. Josiane Nunes passou por seis municípios e foi atendida em pelo menos oito hospitais e postos de saúde da Grande Vitória e do interior do Espírito Santo. A gestante disse que sofreu com a espera. "Quando fui fazer ultrassom, eu estava muito feliz. Eu queria um menino, e é um menino. Aí recebi a notícia de que ele está morto... É muito difícil, muito mesmo", relatou Josiane. O presidente da Sociedade de Ginecologia, professor e médico do Hospital das ...

    Leia mais
    alyne e marina

    Alaerte Martins: A morte materna invisível das mulheres negras

    Alyne e Marina, retratos emblemáticos de uma tragédia brasileira: Morreram não por falta de acesso ao pré-natal, mas devido à falta de acesso a um pré-natal de qualidade, nosso calcanhar-de-aquiles por Conceição Lemes Começou dia 13 de fevereiro e vai até 2 de março, em Genebra, Suíça, a Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher (Cedaw), da Organização das Nações Unidas (ONU). Para o Brasil, especificamente, sexta-feira passada, 17, foi chave. A ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), apresentou um relatório sobre as medidas adotadas pelo Estado brasileiro para promover a igualdade de gênero. O enfrentamento da mortalidade materna foi um dos temas abordados. Primeiro, porque anualmente cerca de 1.800 brasileiras morrem antes, durante ou poucos dias após o parto. Em 2009, foram 1.872 óbitos maternos declarados, segundo o DATASUS. O que significa 65 mortes para cada 100 mil ...

    Leia mais
    juizes para democracia

    Juízes para Democracia: Nota Pública Sobre Partos com Gestantes Algemadas

    A AJD - ASSOCIAÇÃO JUÍZES PARA A DEMOCRACIA, entidade não governamental, sem fins corporativos, que tem dentre seus objetivos estatutários o respeito absoluto e incondicional aos valores próprios do Estado Democrático de Direito e a defesa dos Direitos Humanos, tendo em vista a confirmação das notícias de realização de partos com o uso de algemas em gestantes sujeitas ao cumprimento de penas, vem a público manifestar o seguinte: (1) algemar mulheres durante o parto constitui, inquestionavelmente, atentado à dignidade humana (art. 1º da Constituição Federal), desrespeito à integridade moral das mulheres (art. 5º XLIX, da Constituição Federal) e ofensa à especial proteção à maternidade e à infância, instituída como direito social (art. 6º da Constituição Federal), (2) constitui descumprimento da garantia à mulher de assistência apropriada em relação ao parto, instituída no art. 12, § 2º da Convenção da ONU relativa aos direitos políticos da mulher (1952), (3) submete também ...

    Leia mais
    mp 557 - Cinthia-1

    Nascituro: Ninguém assume a sua paternidade nem maternidade na MP 557

    Na última quinta-feira, 26, a presidenta Dilma Rousseff, ao ser questionada sobre a Medida Provisória 557 que instituiu o Sistema Nacional de Cadastro da Gestante, afirmou: " Erramos, vamos retirar a MP". por Conceição Lemes Foi durante uma reunião com os movimentos sociais no Fórum Mundial Social, em Porto Alegre. A notícia nos chegou, primeiro, via farmacêutica Clair Castilhos, secretaria-executiva da Rede Feminista de Saúde, de Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos que, em e-mail a várias entidades e pessoas, comemorou, mas com cautela: "Vamos aguardar a confirmação". Logo depois, Cintia Barenho, do Centro de Estudos Ambientais de Rio/Pelotas, que estava na reunião, confirmou pelo twitter: Dilma foi aplaudida de pé pelas pessoas presentes, especialmente pelo movimento feminista, quando admitiu o equívoco em relação à MP 557 e informou a decisão de retirá-la da pauta do Executivo, relata a Articulação de Mulheres Brasileiras. Nessa sexta-feira, a presidenta Dilma fez apenas uma ...

    Leia mais
    o grande irmaos das gravidas

    O Grande Irmão das grávidas

    Já falei aqui que sou favorável à discriminalização do aborto; também já demonstrei como alguns legisladores brasileiros querem transformar a mulher grávida num simples repositório de embriões; também demonstrei que essa tendência (de tratar a mulher grávida como uma espécie de escrava do feto que carrega) têm se manifestado também entre os legisladores de outros países. Pois bem, deixa eu tentar fazer uma pequena analogia aqui: algum leitor aí, numa conversa, disse uma frase e o interlocutor se opôs de forma veemente? Daí, falou a mesmíssima coisa, mas utilizando outras palavras e com essa outra frase o interlocutor concordou? Então, é exatamente isso o que estão fazendo: como os projetos de lei (nascituro; bolsa estupro e etc) geraram muita polêmica, eles tentaram mascarar os mesmos objetivos, por via transversa. A Medida Provisória 557/2011, que, com a desculpa de que visa proteger as mulheres grávidas e puérperas, cria um 'cadastro nacional' ...

    Leia mais
    beatriz galle

    Beatriz Galli: A MP 557 é um absurdo; em vez de proteger as gestantes da morte evitável, viola seus direitos humanos

    Maldades têm limite. E época do ano para perpetrá-las, também. Depois de "destruir" pouco a pouco, ao longo do ano, a Política de Atenção Integral à Saúde da Mulher, o Ministério da Saúde extrapolou na última semana de 2011. Para ser mais exata no dia 26 de dezembro. Estrategicamente, entre o Natal e o Ano Novo, assinou, autoritariamente, sem debate com organizações que se ocupam da saúde da mulher, a Medida Provisória 557. por Conceição Lemes A MP 557 institui o Sistema Nacional de Cadastro, Vigilância e Acompanhamento da Gestante e Puérpera para Prevenção da Mortalidade Materna. Além de Padilha, assinam-na a presidenta Dilma Rousseff e os ministros Guido Mantega (Fazenda) e Miriam Belchior (Planejamento). De acordo com a MP 557, que entrou em vigor em 27 de dezembro: * Esse sistema tem a "finalidade de garantir a melhoria do acesso, da cobertura e da qualidade da atenção à saúde ...

    Leia mais
    maes pela igualdade

    Mães pela Igualdade – Carta às mães e pais brasileiros

    Nós, Mães pela Igualdade, gostaríamos de pedir dois minutos de silêncio e atenção para refletirmos sobre o Brasil que queremos. Dois minutos para lembrar nossos filhos e filhas. Durante esses minutos, busquem em suas memórias o momento em que viram pela primeira vez o bebê tão esperado e desejado com amor por sua família. Os pequenos olhos, a boca, os pezinhos. Lembre-se daquele instante mágico em que, após meses de espera, a pequenina pessoa esteve em seus braços. Lembram-se do balbuciar das primeiras palavras e dos primeiros passos? O primeiro dia na escola; as festas de aniversário, as noites mal dormidas quando adoeciam; o carinho com que prepararam os presentes na escola, no dia das mães ou no dia dos pais? Lembram da janelinha no sorriso banguela? Mal nos damos conta e as nossas crianças crescem e passam a ter vida social própria: os piqueniques, os churrascos, tardes no shopping, ...

    Leia mais
    Gestantes-brasil

    Gestantes receberão R$ 32 a mais no programa Bolsa Família

    10.11.2011 – Previsão do governo é de repassar o benefício a partir do dia 21 de novembro   A partir desse mês o governo irá pagar um adicional de R$ 32 para gestantes e mulheres em fase de amamentação beneficiadas pelo programa Bolsa Família. A única exigência é que as gestantes façam os exames pré-natais. Os dados do programa de distribuição de renda estão sendo cruzados com informações do Sistema de Saúde a fim de identificar as gestantes e mulheres em fase de amamentação que serão atendidas. A previsão é de que o benefício seja pago no dia 21 de novembro. O pagamento extra será concedido por 15 meses: as contempladas receberão o adicional pelo período de nove meses e, após o nascimento da criança, terão direito a mais seis meses de repasse. Os seis meses serão contados a partir do registro da criança no cadastro único. A criança que ...

    Leia mais
    Convite30demaio

    Dia de Luta pela Saúde da Mulher e de Redução da Morte Materna

    A deputada Inês Pandeló, Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, tem a honra de convidá-la/o para Audiência Pública alusiva ao Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e pelo Dia Nacional de Redução da Morte Materna. A Audiência será realizada no dia 30 de maio de 2011, às 15 horas, no Plenário Barbosa Lima Sobrinho – Palácio Tiradentes (Rua Primeiro de Março, s/n°, Centro, Rio de Janeiro).   Fonte: Kulone

    Leia mais
    mae-e-filho

    Saúde feminina e maternidade

    Lançada no final de março pelo Ministério da Saúde brasileiro, a Rede Cegonha desencadeou uma discussão sobre concepções e prioridades de saúde da mulher, na qual feministas e ativistas dos direitos sexuais e reprodutivos questionam o foco da iniciativa do governo. A Rede Cegonha prevê uma série de medidas para a saúde materno-infantil, através do Sistema Único de Saúde (SUS), destinadas ao atendimento e acompanhamento de mulheres do momento em que a gravidez é confirmada até os dois primeiros anos da criança. Segundo o Ministério da Saúde, o objetivo principal é reduzir a taxa de mortalidade materna no país, que ainda é alta – para cada 100 mil nascidos vivos há 69 óbitos de mulheres –, concedendo atendimento integral à mulher e ao filho. Para tanto, o orçamento da Rede Cegonha será de R$ 9.397 bilhões até 2014. Inicialmente, a iniciativa privilegiará as regiões da Amazônia Legal e o Nordeste, ...

    Leia mais
    rosto-mulher-lagrima

    Não as obriguem a sofrer

    É uma violência obrigar uma mulher a manter por nove meses a gravidez de um feto que nascerá morto ou morrerá instantes depois do parto Por: NILCÉA FREIRE Sofrimento. Essa é a palavra que resume o sentimento de mulheres gestantes de fetos anencéfalos (com má-formação cerebral). Além da dor imposta pelo diagnóstico, elas enfrentam uma verdadeira saga nos tribunais ao terem de negociar sua angústia com promotores e juízes em busca de conquistar o direito legal para interromper a gravidez. Infelizmente, no Brasil, a autorização para a antecipação de partos de fetos anencéfalos é feita caso a caso e envolve crenças e valores dos juízes. No último dia 17, mais um tribunal autorizou a interrupção da gestação de um feto anencéfalo. Apesar de negada em primeira instância, a decisão da 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais foi unânime. O relator, desembargador Alberto Henrique, enfatizou que a ...

    Leia mais
    get img

    Cesáreas representam 57% dos partos em SP

    Na última década, a taxa de cesáreas em São Paulo cresceu quase dez pontos percentuais, atingindo 56,7% dos partos. A Organização Mundial da Saúde considera aceitável um índice de até 15% de cesáreas. A maioria dos partos cirúrgicos ocorre no setor privado de saúde. "Sou diretor-clínico da Pró Matre, de São Paulo, e percebo um crescimento brutal da prática", diz o obstetra Bussâmara Neme, professor da USP, Unicamp e PUC. O médico, que em 2009 declarou à Folha que qualquer débil mental faz cesárea, diz que a distorção no Brasil e em São Paulo é muito grande. "Todo mundo sabe que estamos fazendo cesáreas demais, e que fatores como a comodidade do médico e interesses econômicos estimulam a prática", diz. "É claro que a natureza foi feita para o parto vaginal e, se as condições forem boas, é o ideal. Mas, embora a cesárea não deva ser um ...

    Leia mais
    @BRIT/Nappy

    Saúde: maternidade, aborto e violência sexual

    A garantia de uma maternidade saudável e segura deve ser uma bandeira cotidiana das mulheres. Embora tenhamos nas UBS (Unidade Básica de Saúde), acompanhamento para gestantes, não existe a garantia de pré-natal de qualidade e atendimento para todas. Foto: @BRIT/Nappy Além disso é fundamental a disponibilidade de leito para o parto com recursos adequados para a gestante e a criança. Não é possível ignorar o número de mortes, que ainda ocorre, por falta de recursos fundamentais. Fora essas questões estruturais, precisamos reforçar a idéia de conscientização na sociedade, promovendo assistência quanto a informação, promovendo palestras e outros meios disponíveis nos veículos de comunicação, assim como garantir maior investimento no SUS (Sistema Único de Saúde). O suposto atendimento humanizado, realizado em alguns hospitais, precisa avançar, em questões de atendimento e estrutura, para abortos previsto em Lei e em casos de violência sexual. Precisamos de ações públicas e ...

    Leia mais
    Gravidas

    A Grande Marcha das Mulheres pelo Parto Normal e pelo Direito de Informação e Escolha.

    "Nada é impossível de mudar Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural nada deve parecer impossível de mudar." Bertold Brecht Fonte: Sfigalo Por Adriana Medeiros Há cinco anos foi implantada, em bairro popular de concentração de famílias negras do Rio de Janeiro, Realengo, a única casa de parto comunitária em pleno funcionamento no Brasil. Chamou-se Casa de Parto David Capistrano Filho, homenagem a um médico sanitarista, grande defensor da saúde pública. Buscava com criatividade, muita luta e trabalho diário e incansável, formas sociais e de baixo custo para atender a população. Sua teimosia consciente o levou - mesmo muito doente - a incentivar o médico de família e as salas de parto ...

    Leia mais
    Página 11 de 11 1 10 11

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist