Um mês após morte no Vasco, família de Wendel ainda espera respostas

O Instituto Médico Legal ainda não revelou as causas da morte. Mãe de Wendel revela que menino completaria 15 anos no próximo dia 9 de abril

Wendel Venâncio da Silva se aproximou do sonho de ser jogador de futebol. Despontou nos gramados de sua cidade, São João Nepomuceno (MG), e foi convidado para período de testes no Vasco. Há um mês, o sonho chegava ao fim. Na manhã de 9 de fevereiro, o garoto de 14 anos caía no campo do centro de treinamento usado pelas categorias de base vascaínas, em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Sem mais poder chutar a gol. Nesta sexta-feira, o “SporTV News” mostra a dor da família, que vive no interior de Minas Gerais, e que ainda há poucas respostas para a tragédia.

Wendel morreu no treinamento – de causas ainda não reveladas pelo Instituto Médico Legal. O inquérito que apura a morte, na 50ª DP (Itaguaí), segue aberto. A polícia já ouviu Cássio, técnico do time sub-15 do Vasco, e Luiz Carlos Júnior, coordenador das categorias de base do clube. Para a família, resta a dor de ter perdido o filho.

– Luto, muita dor mesmo porque minha vida, um pedaço de mim está com ele no cemitério. Tenho outros dois filhos. Se não fosse isso, não estaria de pé agora – contou a mãe do menino, Rita de Cássia, ao “SporTV News”.

Wendel treinava havia seis anos na escolinha do ex-jogador Marco Aurélio Ayupe, em São João Nepomuceno. Quatro vezes por semana, o garoto ia ao campo do Mangueira, na cidade mineira. Foi o ex-lateral que intermediou o teste no Vasco. Ele fazia o segundo treino no clube carioca quando faleceu em campo.

Confira a galeria de fotos da escolinha onde Wendel começou a jogar futebol.

– Era um atacante dos bons, que atuava pelos lados do campo, sempre com muitos gols – lembrou Ayupe, citando que Wendel jamais teve qualquer problema de saúde enquanto treinou na escolinha.

wendel2Troféus conquistados por Wendel ainda estão expostos

no quarto do menino (Foto: Fábio Grijó / SporTV)

Na casa da família, a mochila que o garoto levou na viagem ao Rio continua do jeito que foi entregue à família. No quarto, troféus em cima da estante, com um escudo do Vasco colado. Na parede, um desenho de Jesus feito por Wendel. Apenas fotos do menino foram guardadas pela mãe.

– Tirei as fotos dele da casa. Ficar vendo doía muito. Ele saiu bem daqui (de São João Nepomuceno), nem resfriado ele pegava. E voltou do jeito que voltou. Fazia tudo para ajudá-lo no futebol, sonhava com ele. O que a gente pôde dar, a gente deu.

O pai de Wendel, Antônio Carlos, recordou as brincadeiras do filho em casa:

– Ele saía da cozinha, passava a bola pelas minhas pernas. Tinha vontade de crescer. O negócio dele era bola e estudo. É um sofrimento, 24 horas por dia pensando nele. Pedi a Deus para confortar a gente, para aprender a conviver com essa situação.

Rita lembrou uma triste coincidência:

– Ele faria 15 anos no dia 9 de abril, quando terá dois meses de morto. Isso machuca demais. Ele tinha muitos planos para esses 15 anos. Tem hora em que durmo e penso que vou acordar e perceber que tudo isso é um pesadelo, é mentira.

Procurado, o Vasco não se pronunciou. O médico que avaliou o menino e lhe deu atestado para se apresentar ao Vasco não quis falar.

 

 

Fonte: Globo Esporte

+ sobre o tema

O nadador haitiano que, sem piscina olímpica, treinou para Rio 2016 com vídeos de Phelps

Em meio à profusão de atletas, dirigentes, convidados e...

Robson Conceição ganha medalha de ouro inédita no boxe para o Brasil

Jornal da Globo fez entrevista exclusiva no estúdio olímpico...

‘O sistema de arte no Brasil é muito colonizado’ diz Rosana Paulino, artista plástica

Paulista com trabalhos voltados à questão do racismo e...

para lembrar

Descobertas fascinantes de um jovem doutor da física

Esconda grãos de feijão – ou de arroz, milho,...

Rio de Janeiro recebe encontro de cinema negro

Com recorde de inscrições, o evento homenageia os 80...
spot_imgspot_img

Aos ‘parças’, tudo

Daniel Alves da Silva, 40 anos, 126 partidas pela Seleção Brasileira, 42 títulos, duas vezes campeão da Copa América e da Copa das Confederações,...

Mbappé comunica ao PSG que vai sair do clube ao fim do contrato

Mbappé comunicou à diretoria do Paris Saint-Germain que vai deixar o clube ao fim do contrato, o qual se encerra em junho. A informação foi dada...

Costa do Marfim venceu o CAN 2024

Já é conhecido o vencedor da 34ª edição do Campeonato Africano das Nações de futebol: a Costa do Marfim. Primeira parte: vantagem Nigéria A selecção nigeriana, que tinha...
-+=