quinta-feira, fevereiro 9, 2023
InícioEm PautaVice-presidenta da Colômbia denuncia plano de atentado contra sua vida

Vice-presidenta da Colômbia denuncia plano de atentado contra sua vida

Equipe de segurança de Francia Márquez encontrou 7kg de explosivos próximo de sua residência

A vice-presidenta e ministra da Colômbia, Francia Márquez, denunciou ser vítima de um atentado nesta terça-feira (10). A equipe de segurança da vice-presidenta teria encontrado um artefato com 7kg de explosivos na rua da sua residência em Yolombó, província de Cauca, na região do Pacífico colombiano.

Márquez disse que se trata de um novo atentado contra sua vida. “Não deixaremos de trabalhar, dia após dia, até alcançar a paz total que Colômbia sonha e necessita. Não desistiremos até que em cada território seja possível viver em verdadeira harmonia”, declarou Francia Márquez.

Nos dias 7, 8 e 9 de janeiro, a vice-presidenta e ministra da Igualdade planejava visitar sua cidade natal e por isso foi realizada uma supervisão prévia nas zonas próximas de sua residência, quando os explosivos foram encontrados. O artefato composto de nitrato de amônia e alumínio em pó foi desativo pelo esquadrão antibombas da Seção de Investigação Criminal (Sijin – sigla em espanhol).

Esta não é a primeira vez que Francia sofre ameaças de morte. Durante a campanha eleitoral, o grupo paramilitar Águias Negras divulgou um comunicado afirmando que “todo aquele que intervenha nos seus propósitos será erradicado do mapa” e listaram nomes de militantes sociais, associações de defesa de direitos humanos, além de Francia Márquez.

A Colômbia vive quase 60 anos de conflito armado em torno da disputa territorial por grupos paramilitares, narcotraficantes, o Exército e guerrilhas, que acumula 260 mil vítimas, segundo levantamento de organizações de direitos humanos.

Artigos Relacionados
-+=
PortugueseEnglishSpanishGermanFrench