quinta-feira, junho 4, 2020

    Resultados da pesquisa por 'raças'

    Várias pessoas se abraçam após um tiroteio que causou 23 mortos em um bar em Veracruz (México) em agosto.ANGEL HERNANDEZ / AFP

    “Morrer é um alívio”: 33 ex-traficantes dizem por que a guerra contra a droga fracassa

    A chave para atacar a violência é entendê-la: de onde vem? Como se reproduz? Como lidar com ela? E um novo enfoque para consegui-lo é perguntar aos que a protagonizam Por KARINA GARCÍA REYES, do El País Várias pessoas se abraçam após um tiroteio que causou 23 mortos em um bar em Veracruz (México) em agosto.ANGEL HERNANDEZ / AFP Sou do norte do México, uma das regiões mais afetadas pela violência do tráfico de drogas durante as guerras contra o tráfico. Entre 2008-2012 minha cidade viveu uma das épocas mais incertas e violentas em sua história. Os tiroteios, confrontos entre cartéis e militares, que começaram como acontecimentos esporádicos, acabaram sendo eventos frequentes. Ocorriam em plena luz do dia e em qualquer lugar da cidade. Eu testemunhei um tiroteio ao lado da universidade onde dava aulas. Precisamos fechar as portas e aplicar o protocolo de segurança criado ...

    Leia mais

    Eloá e Maria das Graças, a mãe e a filha que emocionaram a internet com foto em escola

    A emoção de uma mãe ao posar para a foto com a filha, que havia sido homenageada pelo bom desempenho na escola, comoveu milhares de pessoas neste fim de semana. A fotografia viralizou e foi compartilhada por diversas páginas de Facebook e perfis no Twitter e no Instagram. Por Vinícius Lemos Do BBC Imagem gerou milhares de reações no Facebook (CECILIA FONTANETA) Somente no Facebook, na publicação inicial, feita na página da escola pública em que a garota estuda, foram mais de 70 mil reações, sendo a mais comum delas o "amei". Em outra página, na mesma rede social, a imagem teve mais de 98 mil reações - o "amei" também foi o mais usado pelos internautas. Nos comentários das publicações, muitas pessoas exaltaram mãe e filha e disseram ter se emocionado com a fotografia. Nas redes sociais, as legendas das imagens apenas informavam o evento em ...

    Leia mais

    A montanha de jovens negros mortos é prova de nosso fracasso como país

    Há mais jovens negros mortos por policiais do que em homicídios dolosos no Estado de São Paulo. A informação é de estudo da diretora do Fórum Brasileiro de Segurança, Samira Bueno, publicada pela Folha de S.Paulo desta quinta (17). Por Leonardo Sakamoto no blog Túmulo de Ítalo, 10 anos, no Cemitério São Luiz. Ele havia sido morto a tiros pela polícia, que afirma que ele havia furtado um carro com um colega de 11 anos. Foto: Zanone Fraissat/Folhapress De 2014 a 2016, 16% dos mortos por policiais tinham menos de 17 anos – o que representa mais que o dobro daqueles que eram vítimas de homicídios em geral (8%). Além disso, 67% das vítimas fatais de ações policiais eram negras contra 46% do total de homicídios. O número de mortos pela polícia paulista, em 2017, foi de 943 pessoas – o maior nos últimos 25 anos. Nas ...

    Leia mais

    Carta aberta ao Ministro Luís Barroso: A guerra às drogas não fracassou para os ricos, só para os pobres

    O Ministro do Superior Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, defendeu em um evento realizado na Defensoria Pública do Rio de Janeiro na sexta – feira (23) que a guerra às drogas fracassou. Na sua fala o Ministro enfatizou “a luta armada contra o tráfico não tem sido vitoriosa. Como o poder do tráfico vem dessa ilegalidade é preciso colocar como opção a descriminalização”. Por Henrique Oliveira enviado para o Portal Geledés  Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF Em um artigo publicado no jornal britânico The Guardian no ano passado, Luís Barroso também defende essa mesma tese do fracasso da guerra às drogas. Ele inicia o texto afirmando que a guerra na favela da Rocinha, uma das maiores da cidade do Rio de Janeiro, já estaria perdida, pois a guerra contra as drogas falhou e afirma que “com barulho de tiro vindo de todos os lados, escolas e lojas são ...

    Leia mais

    Racismo Institucional – O Ato Silencioso que Distingue as Raças

    Em razão das muitas notícias que despontaram nos últimos dias atreladas ao Racismo, a exemplo do ocorrido na casa noturna Villa Mix e no Ministério Público de Santa Catarina, faz-se uma breve abordagem sobre a temática, principalmente na sua forma institucional. Por Uberti Pellizzaro, do JusBrasil  O Racismo Institucional, nesta nomenclatura, é por vezes desconhecido e outras confundido com a injúria racial ou com o preconceito racial ‘genérico’, até mesmo por operadores do direito, que no desconhecimento da matéria, se utilizam dos termos como se o mesmo conceito tivessem. Afastando de certa forma o viés jurídico formal, nesta oportunidade faz-se uma abordagem de maior facilidade de compreensão. Deste Modo, o Racismo Institucional é basicamente o tratamento diferenciado entre raças no interior de organizações, empresas, grupos, associações e instituições congêneres. Em resumo, e de forma coloquial, considerando a problemática singular entre negros e brancos, é você tratar o negro de uma forma ...

    Leia mais
    AFP/Getty Images

    “A escola fracassou comigo, e não eu com ela. Ela me deixou entediado”, afirma Einstein

    Era uma escola católica em Munique. Eu senti que a minha sede de conhecimento estava sendo estrangulada por meus professores; as notas eram sua única medição. Como pode um professor a compreender a juventude com tal sistema? A partir de doze anos comecei a suspeitar da autoridade e desconfiar de meus professores. Eu aprendi principalmente em casa, primeiro do meu tio e, em seguida, de um estudante que vinha para comer com a gente uma vez por semana. Ele me mostrava livros sobre física e astronomia. Foto: AFP/Getty Images Do Pensar Contemporaneo Quanto mais eu lia, mais confuso eu era pela ordem do universo e pela desordem da mente humana, pelos cientistas que não concordaram sobre o como, o quando, ou o porquê da criação. Então, um dia esse aluno me trouxe ‘Crítica da Razão Pura’ de Kant. Lendo Kant, comecei a suspeitar de tudo o ...

    Leia mais
    PHOTO: PAWEL DABROWSKI /SE/EAST NEWS WARSZAWA 29.05.2014.
PORTRET
N/Z: JANUSZ KORWIN-MIKKE, POLITYK, NOWA PRAWICA.
WIECEJ ZDJEC NA HTTP://AGENCJA.SE.COM.PL

    “Mulheres devem ganhar menos do que os homens porque são mais fracas e menos inteligentes”

    Eurodeputado defendeu que as mulheres são inferiores aos homens e por isso a desigualdade salarial deve manter-se Do DN  Um eurodeputado polaco afirmou na quarta-feira, no Parlamento Europeu, que as mulheres devem ganhar menos do que os homens pois são "mais fracas, mais pequenas e menos inteligentes". Janusz Korwin-Mikke, que por várias vezes tem feito comentários considerados racistas, machistas e antissemitas no parlamento, envolveu-se num aceso debate com as eurodeputadas. O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, ainda não revelou se vai tomar medidas perante o discurso, mas vários eurodeputados já pediram para o polaco uma "sanção exemplar". "Sabem que posição as mulheres ocupavam nas olimpíadas gregas? A primeira mulher, digo-vos eu, ocupou a posição 800", disse o eurodeputado aos colegas, citado pelo El País. "Sabem quantas mulheres há entre os primeiros 100 jogadores de xadrez? Eu digo: Nenhuma. Então, claro que as mulheres devem ganhar menos do que os ...

    Leia mais
    Denzel-Washington1

    Os 10 melhores filmes de Denzel Washington, e seus 5 fracassos

    O ator está há 30 anos encabeçando o pelotão, abrindo caminho para os que vêm atrás. Uma carreira que tem sucessos colossais, e alguns buracos Por JUAN SANGUINO, do El Pais  "Quando era jovem, não planejava ser ator, porque não via pessoas como eu nos filmes". Denzel Washington (Nova York, 62 anos, cujos melhores foram vividos em torno de Hollywood) cresceu sem ídolos negros para se inspirar (com a exceção de Sidney Poitier), então, decidiu converter-se nesse líder. Está há 30 anos encabeçando o pelotão, abrindo caminho para os que vêm atrás. Derrubou barreiras raciais, preconceitos e clichês como mais gosta Hollywood: fazendo dinheiro. Sua trajetória equilibra como poucos o prestígio e o sucesso comercial. E nunca triunfou por ser negro ou apesar disso. Denzel Washington está no topo porque é um grande ator. Nada mais e nada menos. Nenhum escândalo, nenhuma saída de tom (seu viralizado apoio a Donald Trump ...

    Leia mais

    Graças à internet, ‘facilitamos muito para quem odeia’, diz Leandro Karnal

    Historiador e um dos palestrantes mais requisitados do país atualmente, Leandro Karnal diz que o discurso de ódio sempre existiu nas sociedades mas chama a atenção para a facilidade com que ele se propaga, hoje, graças à internet. Por Néli Pereira Do BBC "Hoje é um clique e um site, com muitas imagens. Facilitamos muito para quem odeia. O ódio tem imenso poder retórico. Ele sempre existiu. Agora, existe este ódio prêt-à-porter, pronto, onde você se serve à la carte e pega seu prato preferido", disse ele à BBC Brasil. Mas apesar da maior facilidade, hoje, de propagação do discurso de intolerância, o professor de história da Universidade Estadual de Campinas diz que "os mais sólidos preconceitos e violências humanos são muito anteriores à globalização". BBC Brasil - Uma das suas frases que mais viralizou e foi repetida em 2016 diz que "não existe país com governo corrupto e população honesta". ...

    Leia mais
    (Foto: Lucíola Pompeu)

    Fracassos vitoriosos

    Todo fracasso é doloroso. Fracassar põe em marcha o motor da baixa autoestima. Provoca a constatação: Não fui capaz de alcançar meu objetivo. Errei em algum momento do processo, comprometendo o resultado esperado por mim. Ou pelos outros. Fonte: Fernanda Pompeu Digital por, Fernanda Pompeu A gente entende que fracassar é verbo forte e incômodo de conjugar – apesar de gramaticalmente ser um verbo regular. No melhor dos mundos, mereceríamos a vitória como recompensa aos nossos esforços e dedicação. Mas na vida real os fracassos fazem parte do currículo profissional e pessoal, mesmo que a gente os esconda na gaveta, no esquecimento, ou debaixo de uma pedra pesada em um terreno distante e baldio. Afinal, a narrativa de insucessos não encoraja ninguém. Mas à medida que amadurecemos – delicioso eufemismo para substituir à medida que envelhecemos – os fracassos vão formando uma lista, ou pilha indisfarçável a reclamar alguma reflexão. ...

    Leia mais

    Criança que tenta estudar enquanto vende legumes na feira ganha ajuda graças ao poder da internet

    A internet pode mostrar facetas assustadoras da pessoas de vez em quando, mas é sempre bom lembrar do poder que ela tem de ajudar a transformar vidas. É o que pode acontecer com um garotinho nigeriano que foi fotografado estudando enquanto vendia legumes na feira. Do Hypeness A imagem foi publicada por Blissfield Ayo no dia 16 de outubro e chamou a atenção de bastante gente, inclusive de alguém que se dispôs a pagar pela educação do menino “até ele se tornar um PhD ou mais”. A questão então se tornou localizar o garoto. Quase um mês depois, Blissfield Ayo finalmente encontrou o menino. Ele foi até a feira onde a primeira foto foi tirada e diz ter mostrado a imagem para as pessoas até conseguir encontrar a mãe do garoto, que ficou receosa de que ele tivesse feito algo errado e se negou a identifica-lo até que a proposta fosse explicada. ...

    Leia mais

    Viola Davis fuça a vida de seus antigos bullies para descobrir se são fracassados

    Viola Davis melhor pessoa! A maravilhosa atriz de “How to Get Away With Murder” esteve ontem (quinta-feira, 23) no programa do Jimmy Kimmel para conversar sobre a terceira temporada da série (já estreou ontem também lá nos Estados Unidos!) e outros assuntos. Por GIULIA COVRE, do Papel Pop Um deles foi sua vivência na escola, anos atrás. Viola revelou que sofria bullying dos colegas de classe! Como assim, que malditos! Deu a volta por cima, obviamente, né? Essa história poderia ser triste, mas Viola contou que agora ela stalkeia esses bullies para ver como suas vidas estão, hahaha! Aliás, se depender de Viola, viver bem é a melhor vingança! Ali no minuto 1:47 começa o assunto. “Sempre que eu sabia que o ano letivo estava voltando, eu precisava me preparar porque tinha que correr dos bullies! É, eu tinha bullies. Às vezes eu provavelmente praticava bullying, mas… eu sei os nomes ...

    Leia mais
    Foto: Paul Morigi via Getty Images

    Brasil e EUA fracassaram em abolir escravidão, afirma Angela Davis

    Brasil e Estados Unidos ainda são assombrados pelo fracasso em abolir completamente a escravidão. A violência policial e a política de encarceramento em massa expressam o racismo estrutural e estão na base da desigualdade racial. As afirmações são de Angela Davis, 72, ícone da luta pelos direitos civis nos EUA e no mundo, em entrevista à Folha. Após ter enfrentado racismo, ódio, violência e machismo, ela avalia que é preciso entender o contexto maior dos problemas e apontar a conexão entre racismo, capitalismo e patriarcado. "Não avançaremos em nenhuma de nossas lutas principais se não formos capazes de desafiar e finalmente desmantelar o capitalismo", diz. Segundo ela, a cultura do estupro deve ser encarada como fruto da violência institucional. "Violência militar, violência policial, violência prisional incorporam e ajudam a reproduzir o estupro e outras formas individualizadas de violência de gênero." Ela defende que o direito ao aborto é "fundamental para ...

    Leia mais

    Disney enfrenta acusações de racismo graças a marketing do filme

    Os fãs da Disney não curtiram muito um pedaço de merchandising específico conectado a Moana: Um Mar de Aventuras, animação vindoura do estúdio. Do Observatório do Cinema Em artigo publicado no site io9, vários fãs reclamaram da fantasia de Halloween lançada pelas lojas da Disney, inspirada no deus Maui, interpretado por Dwayne Johnson no filme. As tatuagens pelo corpo e a saia de folhas do personagem são replicadas na fantasia… mas sua cor de pele também. O produto foi considerado ofensivo porque incentiva pessoas com um tom de pele mais claro a se vestirem como Maui e, basicamente, fazerem o terrível “blackface” (quando pessoas brancas se caracterizam como personagens ou pessoas negras). Visto que Moana terá a primeira princesa polinésia da Disney e encontrou um jeito de escalar um elenco etnicamente correto, é difícil imaginar que a Disney tenha errado no lançamento desse produto de propósito – mas vale apontar mesmo ...

    Leia mais

    Suzane: Graças ao ProUni, minha família não é mais humilhada

    Suzane Pereira da Silva viu o seu destino mudar com as políticas de inclusão social que Lula e Dilma promoveram ao longo dos últimos 13 anos. Cursando medicina na faculdade Santa Marcelina, em São Paulo, a jovem relata ao Portal Vermelho a importância dos programas estudantis que promoveram, muitas vezes, o ingresso de uma primeira geração ao ensino superior. Por Laís Gouveia Do Vermelho Suzane, que emocionou Dilma Rousseff em sua fala durante o encontro de educadores no Palácio do Planalto, relata uma história de dificuldades, em um país que tem em sua história a marca da segregação social: “Minha mãe estudou até a terceira série do antigo ensino primário. Ela sempre foi uma mulher digna e trabalhou muitos anos na limpeza de uma escola particular para conseguir colocar arroz com feijão na nossa mesa. Lembro-me de uma vez em que ela me levou para a escola em que trabalhava, porque ...

    Leia mais
    Rita Izsák Ndyae, relatora especial de minorias da ONU

    Portal erra tradução. Relatório da ONU não diz que políticas de igualdade racial “fracassaram”

    O portal Estadão (repicado nos portais UOL, IG e outros) noticiou no dia 14 de maio que as políticas de igualdade racial “fracassaram” no Brasil segundo informe da relatora da ONU para direito de minorias, Rita Izak. Por Dennis de Oliveira , do Quilombo A notícia foi amplamente divulgada, coincidentemente após as manifestações de domingo contra o governo federal, nas quais as pesquisas constataram que a esmagadora maioria era composta por brancos e de classe média-alta. Sem contar as várias imagens de apologias explícitas ao racismo feitas na manifestação. O incômodo da mídia hegemônica: cristalizar a idéia de que há uma clivagem racial entre os que defendem e os que são contrarios ao atual governo. A coluna Quilombo teve acesso à íntegra do relatório que pode ser obtido clicando aqui. O interessante é que as matérias que saíram nos portais não colocaram o link que permite acesso ao texto original. O internauta tem ...

    Leia mais

    Políticas de igualdade racial fracassaram no Brasil, afirma ONU

    Espécie de raio X da situação da população afro-brasileira será apresentado nesta segunda no Conselho de Direitos Humanos Do Ultimo Segundo Apesar de 20 anos de iniciativas para reduzir a disparidade vivida pelos negros na sociedade brasileira, a Organização das Nações Unidas (ONU) afirma que o País "fracassou" em mudar a realidade de discriminação e da pobreza que afeta essa parcela da população. Num raio X da situação da população afro-brasileira que será apresentado nesta segunda-feira (14) no Conselho de Direitos Humanos, a ONU aponta que houve "um fracasso em lidar com a discriminação enraizada, exclusão e pobreza enfrentadas por essas comunidades" e denuncia a "criminalização" da população negra no Brasil". O documento obtido pela reportagem foi preparado pela relatora sobre Direito de Minorias da ONU, Rita Izak, que participou de uma missão no Brasil em setembro do ano passado. Suas conclusões indicam que o mito da democracia racial continua ...

    Leia mais
    Getty Images

    Neymar toma a pior decisão diante dos racistas. Imita Pelé. Não percebe. Seu silêncio é cúmplice do preconceito. Neymar precisa assumir que é negro. Graças a Deus…

    "Não escutei os gritos. Não escuto coisas fora do campo. Só jogo futebol." Por Cosme Rímoli, do  R7 Essa foi a decepcionante resposta de Neymar diante da manifestação de racismo da torcida do Español. Mais uma vez ele teve toda a chance enfrentar os ignorantes. Pessoas que comparam negros a macacos. Mais uma vez, ele recuou. Era impossível não ouvir os urros de estúpidos vândalos no estádio Cornellà-El Prat, sábado. No empate entre Español e Barcelona. Selvagens na moderna arena urravam, imitando símios quando Neymar pegava na bola. A cena foi lastimável. Transmitida por todo o mundo. A imprensa espanhola e quem acompanha futebol neste planeta esperam por uma postura firme do jogador. Neymar é capitão da Seleção Brasileira. Está, ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo, entre os que disputam a Bola de Ouro de melhor do mundo. Jornalistas ingleses garantem que o Manchester United estaria disposto a pagar R$ ...

    Leia mais

    Dorival Filho: Saí do lixão e hoje sou doutorando graças ao Bolsa Família

    A história do mestre em linguística Dorival Filho, ex-catador cuja vida foi transformada pelo maior programa de transferência de renda do mundo Por José Rezende Jr., do Rede Mundo Notícias “Disputávamos a comida com os urubus e os cachorros famintos. No lixão, éramos uma coisa só: gente, cachorro, urubu. Todos lutando para sobreviver” 1986 Dorival tem 4 anos. Sob o olhar vigilante da mãe e das duas irmãs mais velhas (uma de 8, outra de 6 anos de idade), segura a mamadeira enquanto se equilibra sobre os sacos de plástico preto que formam a montanha gigante, centenas de vezes o seu tamanho. Ainda não conhece todas as coisas, mas logo aprende o outro nome do lugar onde passará grande parte da vida: garimpo. Pelos muitos anos que virão, Dorival vai garimpar no lixo não apenas o alimento, mas também as roupas já muito usadas que vestem a família, os sapatos ...

    Leia mais

    Jarbas: ‘Impeachment é fruto de chantagem fracassada’

    O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) disse que a abertura de processo de impeachment anunciada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), contra a presidente Dilma Rousseff é resultado do fracasso generalizado do dirigente; "Ele tentou chantagear a Oposição não conseguiu e partiu forte para cima do Governo e do PT querendo a mesma coisa e fracassou, portanto, o processo em voga é fruto do fracasso generalizado", observou; Jarbas disse que Cunha é um "chantagista cínico" Do Brasil 247 O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) disse que a abertura de processo de Impeachment anunciada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, contra a presidente Dilma Rousseff é resultado do fracasso generalizado do dirigente. "Ele tentou chantagear a Oposição não conseguiu e partiu forte para cima do Governo e do PT querendo a mesma coisa e fracassou, portanto, o processo em voga é fruto do fracasso generalizado", observou. Jarbas Vasconcelos declarou ainda ...

    Leia mais
    Página 1 de 196 1 2 196

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist