Além de Lupin: conheça a carreira de Omar Sy em 5 filmes

Um dos motivos para que Lupin tenha estreado em primeiro lugar na Netflix certamente foi o francês Omar Sy. Transbordando carisma em todas as cenas, o ator conquistou o público interpretando Assane Diop, um aficionado pelos livros de Arsène Lupin que usa o icônico ladrão de casaca como inspiração para elaborar seu plano de vingança contra os milionários que incriminaram seu pai. Sua performance é tão irresistível que é difícil não terminar a temporada querendo assistir outras produções estreladas por ele.

Agora, há grandes chances que você já o tenha visto nas telonas mesmo sem acompanhar de perto os lançamentos do cinema e da TV francesa. Onde? Bem, o ator já estrelou alguns blockbusters nos Estados Unidos, a começar por Jurassic World. No longa de 2015, ele foi introduzido como o treinador de velociraptors Barry Sembène, amigo do protagonista vivido por Chris Pratt. O personagem voltou a aparecer no videogame Lego Jurassic World, novamente dublado por Sy, e tem presença garantida no terceiro filme da franquia, Jurassic World: Domínio.

Mas esta não é a única franquia de destaque no currículo do francês. Antes de entrar para a saga do Parque dos Dinossauros, por exemplo, Sy interpretou o mutante Bishop em X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido. Já nos anos seguintes marcou presença em Transformers: O Último Cavaleiro, dando voz ao arrogante autobot Hot Rod, e passou também por Inferno, adaptação do livro de Dan Brown em que viveu Christoph Bouchard.

Além dos filmes acima, existem outros tantos estrelados pelo ator que você pode assistir para continuar a acompanhar o trabalho dele enquanto não renovam Lupin para uma segunda temporada. Confira cinco deles a seguir:

INTOCÁVEIS

Baseado em uma história real, Intocáveis é uma divertida comédia focada na inusitada amizade entre um aristocrata tetraplégico, interpretado por François Cluzet, e o problemático imigrante senegalês que ele contrata para ser seu cuidador, vivido por Sy.

Disponível para stream no Telecine Play e NOW.

SAMBA

Trabalhando novamente com Olivier Nakache e Éric Toledano, os diretores de Intocáveis, Sy protagonizou o romance Samba. Mas não se deixe enganar pelo título, o filme não é sobre um músico. Na realidade, aqui o ator vive um jovem senegalês que, após 10 anos morando na França, enfrenta problemas com a imigração e acaba preso. Por sorte, uma voluntária vai ajudá-lo a resolver sua situação irregular. Mas, o que era para ser uma relação quase burocrática acaba dando origem a um relacionamento mais intenso.

Disponível para stream no Telecine Play e na Globo Play.

UMA FAMÍLIA DE DOIS

Em Uma Família de Dois, Sy interpreta um solteirão convicto que, durante uma viagem na Riviera Francesa, descobre que é pai. Não bastasse o choque da notícia, ele é surpreendido quando a mãe da sua filha a abandona a seus cuidados. Sua vida vira de ponta-cabeças, é verdade, mas ele passa a curtir a paternidade. Anos depois, porém, a vida volta a te passar uma rasteira: a mãe decide se reaproximar da filha. E agora?

Se a premissa desse filme te lembra a comédia Não Se Aceitam Devoluções, estrelada por Leandro Hassum, não é à toa. Ambos são remakes do longa do diretor Eugenio Derbez, Não Aceitamos Devoluções.

Disponível para stream no Telecine Play e para aluguel/compra na Microsoft Store, Looke, Google Play e iTunes.

CHOCOLATE

O drama do diretor Roschdy Zem conta a história de Rafel Padilha, o famoso palhaço Chocolat. Nascido em Cuba em 1868, ele foi vendido como um escravo ainda criança. Anos depois, porém, ele foi encontrado por um palhaço que decide incluí-lo no seu número e, juntos, eles se tornam sensação na França. Sy interpreta o personagem-título, enquanto James Thierrée faz seu companheiro de picadeiro.

Disponível para stream no Telecine Play.

O CHAMADO DA FLORESTA

Um dos filmes mais recentes que Sy estrelou é O Chamado da Floresta. Adaptação do romance de Jack London, o livro acompanha a dura jornada de Buck, um cachorro de estimação que é roubado do seu lar e vendido para transportadores no Alasca. No longa, que ainda conta com nomes como Harrison Ford e Dan Stevens, o ator francês vive um dos mestres de Buck.

Disponível para stream no Telecine Play e NOW e para compra no Google Play.

+ sobre o tema

A africanidade e o espírito libertário de Alzira, vivos em nós!

A narrativa do romance de estreia de Goli Guerreiro,...

Olhares e Vozes Afro Femininas no Cineclube Afro Sembene de outubro

Dia 17 de outubro, em novo horário, às 17...

Imigrantes cobram salários atrasados e são baleados na Grécia

Em um país onde o desemprego atingiu 27,2%...

O mundo devia prestar mais atenção em Questlove, o DJ do Oscar 2021

Se você assistiu ao Oscar 2021 no último domingo,...

para lembrar

Morre aos 93 anos saxofonista Youssef Lateef

O saxofonista e compositor de jazz Youssef Lateef morreu...

Chris Rock fez no Oscar o que todos esperavam e alguns temiam

Entre uma investigação jornalística sobre abusos sexuais na Igreja...

SALVADOR: Exposição “Dia da Consciência Negra

A Fundação Pedro Calmon/Secult, através da Biblioteca Juracy Magalhães...

Tiradentes? E Lucas Dantas, Manuel Faustino, Luiz Gonzaga e João de Deus?

Domingo passado seria feriado, 21 de abril. A data...
spot_imgspot_img

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Violência contra territórios negros é tema de seminário com movimentos sociais em Salvador

Diante da escalada de violência que atinge comunidades negras e empobrecidas da capital e no interior da Bahia, movimentos sociais, entidades e territórios populares...
-+=