Ana Célia Silva lança, dia 24/8 o livro A Representação Social do Negro no Livro Didático:O que mudou? Por que mudou?

No dia 24 de agosto de 2011 (quarta-feira) acontece o lançamento do Livro A Representação Social do Negro no Livro Didático: O que mudou? Por que mudou?, pela editora Edufba, da professora Dra. Ana Célia da Silva, no auditório Milton Santos, do Centro de Estudos Afro-Orientais, CEAO/UFBa, Praça Inocêncio Galvão, 42, Largo Dois de Julho, às 17h, com entrada franca.

A obra trata sobre a identificação dos determinantes de transformação da representação social do negro no livro didático, como a convivência. A professora, afirma que o trabalho é de grande importância na formação das professoras/es, para que as diferenças fenotípicas e culturais possam ser vistas sem estigmas e hierarquias.

Autora dos livros A Discriminação do Negro no Livro Didático e Desconstruindo a Discriminação do Negro no Livro Didático, também da editora Edufba, Ana Célia dá continuidade no trabalho desenvolvido sobre questão racial e educação, desde os anos 80, pois acredita que através do diálogo é capaz de haver a inclusão de temas desconstrutores da discriminação, subordinação e exclusão do outro. Ela revela que, “quando as diferenças forem vistas com todas as suas possibilidades de troca e enriquecimento da identidade se terá condições reais de construir uma democracia social e racial”.

Ana Célia é professora Titular em exercício na Graduação e no Mestrado em Educação e Contemporanidade do Departamento de Educação do Campus I da UNEB e também é Membro Titular do Conselho Estadual de Cultura da Bahia. Já recebeu diversos títulos e homenagens em reconhecimento de sua trajetória de pesquisadora e militante, tais como: o Troféu Clementina de Jesus, da UNEGRO, o Certificado em reconhecimento a excelência de mulheres que se destacam na luta pela construção de uma sociedade mais justa e mais igual, entre outros. Atualmente pretende desenvolver o projeto Convivendo com as Diferenças para crianças das séries iniciais.

Serviço

O quê: Lançamento do Livro A Representação Social do Negro no Livro Didático:

O que mudou? Por que mudou?

Quando: 24 de agosto de 2011 (quarta-feira)

Onde: Auditório Milton Santos, do Centro de Estudos Afro-Orientais, CEAO/UFBa, Praça Inocêncio Galvão, 42, Largo Dois de Julho.

Horário: 17 horas

Valor do livro: R$ 25,00 (vinte e cinco reais)

Entra Franca. No encerramento do lançamento do livro haverá um coquetel.

CONTATO

AI do Ceafro/UFBa

Camila de Moraes

Reg: 14.833

Tel.: (71) 3293.5520 à tarde ou (71) 8127.7035

SSa, 17/0/2011

Fonte: Irdeb

+ sobre o tema

Daria um filme: as melhores histórias contadas no Rap

O menino do morro virou deus. O poderoso chefão,...

Sarau Poética da Macumba ocorre sábado (21) no YouTube

No próximo sábado (21), às 17h, Latitudes Africanas organiza...

Angola – Nem só de pão vive a paz

A paz e o desenvolvimento estão intimamente ligados em...

Lupita Nyong’o em premiação: ‘Não há vergonha na beleza negra’

Vestindo um modelo Giambattista Valli, Lupita Nyong'o, a nova queridinha...

para lembrar

Sheron Menezzes se declara: ‘Tive um encontro de alma com a Portela’

Atriz, que estará pelo segundo ano à frente da...

‘A Receita’ debate a violência contra mulheres negras

A peça ‘A Receita’, do grupo O Poste Soluções...

Letras e vozes femininas

O programa ABCD em Revista, da TVT, foi...
spot_imgspot_img

SP: mostra de cinema Léa Garcia – 90 Anos celebra obra da artista

A mostra inédita Léa Garcia - 90 anos, que começa neste sábado (25), celebra a obra da renomada artista do cinema nacional, que morreu em...

Inéditos de Joel Rufino dos Santos trazem de volta a sua grandeza criativa

Quando faleceu, em 2015, Joel Rufino dos Santos deixou pelo menos dois romances inéditos, prontos para publicação. Historiador arguto e professor de grandes méritos, com...

Cientistas revelam mistério por trás dos antiquíssimos baobás, as árvores da vida

Cientistas afirmam ter resolvido o mistério em torno da origem dos antigos baobás. De acordo com análises de DNA, as árvores teriam surgido pela primeira...
-+=