Aqui jaz o Estadão: Para detonar Haddad, Estadão usa foto de criança faminta na guerra do Congo!

A matéria, o lide, a foto de divulgação na conta do twitter, em tudo o Estadão assassinou o jornalismo.

O nível de desonestidade e manipulação para dar uma notícia que em outros tempos o Estadão aclamaria como positiva, (afinal são cortes de gastos que os adeptos do Estado Mínimo tanto amam) são gigantescos, observe: Corte atinge merenda de clube-escola – Secretaria de Esportes, em cumprimento à ordem de Haddad, busca economia de 25%; ‘adequação’ implica demissão de professores.”

Ao topar com a notícia no twitter vemos a criança negra com nariz escorrendo literalmente comendo um prato vazio, o leitor já tem vontade de subir no pescoço do prefeito bom moço, aí vamos para a manchete e lide que dão a entender que o malvado do prefeito tirou o leite das criancinhas.

Só lá no último parágrafo podemos ler o que de fato ocorreu, como informa a a Assessoria de Imprensa do prefeito Fernando Haddad (PT) “o decreto referido determina, para todas as unidades orçamentárias da Prefeitura, um esforço de redução do custeio da máquina de, em média, 20%”. Ou seja, o secretário dos Esportes tem de se explicar por que ele resolver cortar exatamente o lanche das crianças, mas isso não interessa ao jornalixo, não é mesmo? O jornalixo faz política de oposição, não jornalismo.

Fonte: Maria Frô

+ sobre o tema

Duas médicas explicam porque aceitaram o Mais Médicos

Duas médicas do grupo de 45 profissionais que passará...

Fármaco brasileiro mostra bons resultados contra anemia falciforme

Por Karina Toledo Agência FAPESP – Um fármaco...

Maria da Ilha, um retrato da catarinense Antonieta de Barros em crônicas

Professora e política, ela também fundou jornais e escreveu...

Vamos para onde os brasileiros não vão, diz cubano vaiado por médicos

Um dos médicos cubanos vaiados na noite de...

para lembrar

Escola de Frankfurt: Crítica à sociedade de comunicação de massa

por José Renato Salatiel Qual é a influência de meios de...

A mulher negra no cinema brasileiro: uma análise de Filhas do Vento

RESUMO  O artigo apresenta uma reflexão sobre a mulher negra...

Duvivier: “O humor da TV aberta bate nas mesmas pessoas que a polícia”

Ao participar do “Emergências”, no Rio de Janeiro, o...

Conferência Nacional de Comunicação: os caminhos até dezembro

Vencida a etapa de convocação da 1ª Conferência Nacional...
spot_imgspot_img

Portal Geledés recebe prêmio como imprensa negra brasileira

O que faz uma organização ser reconhecida como um canal de comunicação de destaque? Esta questão tem ocupado o pensamento da equipe do Portal...

Seletividade política apagou existência de afro-gaúchos e indígenas no RS

O dia 20 de setembro é a data mais importante do calendário cívico sul-rio-grandense. Ela faz alusão ao início da guerra civil que assolou...

Mvúka: Futuros Diversos através das vivências Negras

A ideia de uma realidade diversa de futuro para o povo negro brasileiro, se constrói a partir da interpretação crítica do passado e das...
-+=