Paim: com Seppir, governo mostra que igualdade racial é pra valer

Nesta quinta-feira (21), a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), órgão vinculado à Presidência da República, completa dez anos de existência. Para comemorar a data, haverá um evento no Teatro Nacional Cláudio Santoro, em Brasília, onde será lançado um selo comemorativo, em parceria com os Correios, pela “Luta contra a discriminação racial”. Além disso, também haverá a apresentação do vídeo “Uma década de igualdade racial” e homenagem a autoridades pela contribuição à promoção da igualdade racial no País.

O senador Paulo Paim (PT-RS), único representante negro na Casa, em entrevista ao site da Liderança do PT no Senado, classificou como um ato de ousadia do ex-presidente Lula a criação da Seppir, e lembrou que, á época, a idealização de um órgão deste tipo passou por diversos questionamentos. “Na época esse tema foi questionado, mas, o presidente Lula com muita coragem deu guarida a esse debate. Eu tive a alegria de participar do processo de criação da Seppir e fui o relator da matéria que deu o poder de Ministério para a Secretaria. O povo negro tem nesse Ministério, uma grande conquista”, avaliou Paim.

Para o senador, que relatou a matéria que originou a Lei de Cotas e também autor do Estatuto da Igualdade Racial, a Seppir foi uma “lutadora” em diversos debates que envolveram os interesses da comunidade negra em todo o País.

02-selo

“A Lei de Cotas, um tempo atrás, era considerada um tabu, e, hoje é uma realidade no Brasil. A Seppir já mostrou a que veio. Seus representantes estão viajando o Brasil, participando de debates, seminários, da formação de lideranças e contribuindo para que os jovens negros pudessem mostrar que eles têm força, inteligência e capacidade para vencer, ter sucesso na vida, como muitos já estão conseguindo”, enfatizou.

O senador também lembrou que, nos últimos dez anos, durantes os governos de Lula e Dilma, cidadãos negros passaram a ocupar lugares de destaque na sociedade brasileira. Para Paim, esse é um fato que também conta com a participação da Seppir. “Exatamente no governo de Lula e Dilma que conseguimos ter ministros negros no Supremo Tribunal Federal, no Tribunal Superior do Trabalho, ter negros nos ministérios. Estamos atravessando um grande momento da inclusão”, disse. “A Seppir tem demonstrado uma postura dinâmica, esse evento mesmo, mostra a força da Secretaria. Ela que sempre se mostra presente em todos os debates que ocorrem no Congresso, mostrando que a política de igualdade é pra valer”, concluiu.

paim 2003

História
O dia 21 de março, data de aniversário da criação da Seppir, também é o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial para lembrar o assassinato de 69 pessoas negras durante manifestação pacífica em Sharpeville, na África do Sul, em 1960, pela polícia do regime do apartheid, existente naquele período.

Durante os dez anos de existência, a Seppir foi comandada pelos ministros Matilde Ribeiro, Édson Santos e Elói Ferreira Araújo. Atualmente, Luiza Bairros está à frente da pasta.

Rafael Noronha

 

 

Fonte: PT no Senado 

+ sobre o tema

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem...

Candidatos do Rio Grande do Sul terão isenção no Enem

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou que todos...

Liberdade para Ensinar e Aprender: Pesquisa Nacional Analisa Violências Sofridas por Educadores/as no Brasil

O Observatório Nacional da Violência contra Educadoras/es (ONVE), sediado...

para lembrar

Parceria entre Samsung e Senai-SP gera curso gratuito de programação

Estão abertas as inscrições para o curso gratuito de codificação e...

Aluna da Escola Estadual Esther Virgolino tem projeto aprovado em Harvard

Com interesse na pesquisa voltada para projetos e a...

Kbela + Afrobetizar: O dia de se ver no cinema.

O Rio tem despertado mais uma vez o interesse...

Violações ao direito à alimentação escolar durante a pandemia são objeto de relatório

A Plataforma Dhesca Brasil disponibiliza o relatório da missão...
spot_imgspot_img

FGV e Fundação Itaú oferecem bolsas de mestrado em comunicação digital e cultura de dados

A FGV-ECMI (Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getúlio Vargas) vai oferecer 30 bolsas integrais para o mestrado em comunicação digital e...

Projeto de escolas cívico-militares é aprovado na Alesp após estudantes serem agredidos por policiais

O projeto de lei que prevê a implementação das escolas cívico-militares na rede estadual e municipal de ensino foi aprovada na noite desta terça-feira (21) na...

Educação domiciliar e seus impactos para a convivência democrática

A educação domiciliar, também conhecida internacionalmente como homeschooling, tem sido objeto de debate em diversos contextos nacionais e internacionais, mobilizando famílias, a sociedade e...
-+=