Basquiat leva 3 000 pessoas ao CCBB na abertura de exposição

Retrospectiva foi inaugurada na quinta (25); ingressos para o período da manhã esgotaram

Crédito: Julio Donoso
As obras de Jean-Michel Basquiat (1960-1988) continuam a causar polvorosa por onde passam. A abertura da exposição do artista no Centro Cultural Banco do Brasil, realizada na quinta (25), contou com público de mais de 3 000 pessoas. No período da manhã, muitos visitantes tiveram que voltar para casa, porque os ingressos estavam esgotados.

Apesar da expressiva visitação, a retrospectiva não contou com filas. O “fenômeno” é um dos desdobramentos do uso do site e aplicativo Eventim. Por meio deles, é possível agendar quando se quer ir a mostra. O primeiro horário é 9h30 e o último, 19h30. Os períodos têm duração de uma hora, 400 entradas são disponibilizadas em cada um deles.

Para quem deseja visitar a atração no sábado (27) e no domingo (28), uma notícia boa: ainda há ingressos. Mas cautela, de acordo com a assessoria da instituição não é possível precisar o número exato de entradas. Ou seja, caso você deixe para mais tarde, pode perder a oportunidade.

BASQUIAT NO BRASIL

Na exposição do CCBB, mais de oitenta obras do artista, com ascendência africana e caribenha, são exibidas. Chama atenção a forma com que ele mistura técnicas. Em diversos trabalhos, tinta à óleo, acrílica e pastel convivem. Outra característica marcante de seus trabalhos, de acordo com o curador Pieter Tjabbes, é a associação entre imagens e palavras que, segundo um amigo do artista, corresponderia a forma com que Basquiat pensava.

 

+ sobre o tema

Asafa Powell vence prova dos 100m com melhor marca do ano

Velocista jamaicano leva a melhor na etapa de Lausanne...

Jean Abreu dançarino maranhense explora arte de Gilbert & George em turnê britânica

Um menino de classe média de Imperatriz, no Maranhão,...

Conferência de abertura do Mês da Consciência Negra

O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI)...

Americanos interessados na região criticam declarações de presidente

Políticos e diplomatas americanos consultados pela Folha se...

para lembrar

Descubra qual é o seu tipo de cabelo crespo

Sempre tive curiosidade de saber mais sobre o meu...

La causa de los indignados. Indignados con causa por Juan José López Burneo

Hannah Arendt anticipo por decadas el advenimiento del...

Coletivo de Entidades Negras responde a editorial do Estadão.

Resposta à coluna “Opinião” do Jornal “O Estado de...
spot_imgspot_img

Djonga fará turnê pelos Estados Unidos em julho de 2024

Um dos maiores nome do hip hop nacional, Djonga fará sua segunda turnê nos Estados Unidos. O mineiro leva a turnê "INOCENTE 'Demotape'” para Connecticut, Filadélfia...

Aos 105, Ogã mais velho do Brasil, que ajudou a fundar 50 terreiros só no Rio, ganha filme e exposição sobre sua vida

Luiz Angelo da Silva é vascaíno e salgueirense. No mês passado, ele esteve pela primeira vez no estádio de São Januário, em São Cristóvão,...

A esperança de Martinho em “Violões e cavaquinhos”

Martinho da Vila já brincou mais de uma vez que estava cansado de cantar que a vida ia melhorar, em referência ao refrão do clássico...
-+=