Catorze empresas assinam carta de compromisso com os direitos LGBTI

A adesão aconteceu durante a realização do 8º Fórum de Empresas e Direitos LGBT, realizado em São Paulo no último dia 10 de dezembro.

Por Lisandra Arantes e Pedro Malavolta, do Instituto Ethos

No último dia 10 de dezembro, 14 empresas confirmaram o seu engajamento com a promoção dos direitos humanos de pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT). Durante o 8º Fórum de Empresas e Direitos LGBT, Carrefour, IBM, P&G, Accenture, Basf, Caixa, HSBC, GE, DuPont, Dow, PwC, Pfizer, Whirlpool e Monsanto assinaram os “10 Compromissos da Empresa com a Promoção dos Direitos LGBT”.

A iniciativa tem como objetivos aprimorar as práticas de gestão das empresas e influenciar o meio empresarial e a sociedade para a adoção de práticas de respeito aos direitos humanos LGBT.

A adesão de grandes empresas a esses compromissos mostra que a promoção dos direitos humanos LGBT estão caminhando. Esta é a avaliação de Paulo Pianez, diretor de Sustentabilidade e Diversidade do Carrefour Brasil, que sediou a oitava edição do fórum. “A atuação articulada do setor privado é essencial para fortalecer e aprimorar as práticas de cada empresa e do conjunto das que atuam no Brasil, fortalecendo a construção de um ambiente empresarial socialmente responsável, ético, moderno e sustentável”, ressalta.

Durante o evento, Gabriela Santos, coordenadora de Políticas Públicas do Instituto Ethos, falou sobre a nova edição da pesquisa Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 Maiores Empresas do Brasil e Suas Ações Afirmativas, que o Instituto está desenvolvendo e vai lançar em 2015. Publicado periodicamente desde 2001, o estudo vai analisar pela primeira vez se as empresas possuem políticas internas que contemplem pessoas com diferentes orientações sexuais.

Conheça os 10 Compromissos da Empresa com a Promoção dos Direitos LGBT:

  1. Comprometer-se, presidência e executivos, com o respeito e com a promoção dos direitos LGBT;
  2. Promover igualdade de oportunidades e tratamento justo às pessoas LGBT;
  3. Promover ambiente respeitoso, seguro e saudável para as pessoas LGBT;
  4. Sensibilizar e educar para o respeito aos direitos LGBT;
  5. Estimular e apoiar a criação de grupos de afinidade LGBT;
  6. Promover o respeito aos direitos LGBT na comunicação e marketing;
  7. Promover o respeito aos direitos LGBT no planejamento de produtos, serviços e atendimento aos clientes;
  8. Promover ações de desenvolvimento profissional de pessoas do segmento LGBT;
  9. Promover o desenvolvimento econômico e social das pessoas LGBT na cadeia de valor;
  10. Promover e apoiar ações em prol dos direitos LGBT na comunidade.

 

+ sobre o tema

Arthur, transexual de 13 anos: “Acham que só quero chamar atenção”

Mesmo enfrentando preconceito e incompreensão fora de casa, o...

O discurso da tolerância como domesticação

Apenas uma sociedade profundamente intolerante pode invocar a necessidade...

Sem alarde nem preconceito Vigor aborda homossexualidade em anúncio para Facebook

Pode até ser que abordar homossexualidade em 2014 já...

Expulso de casa por ser gay, jovem divulga vídeo de briga com os pais

Pais evocam argumentos bíblicos para dizer que filho gay...

para lembrar

A cor do dinheiro

Apesar do fosso econômico que separa os negros do...

Pesquisa inédita mostra a vulnerabilidade de negros e mulheres no mercado de trabalho

Secretaria de Igualdade Racial lança perfil dos fornecedores da...

Mulher negra avança no social, mas segue distante no trabalho e na política

Mulher, negra, estudou, foi à faculdade, tem um bom...
spot_imgspot_img

Racismo na era digital é um dos temas da Conferência Ethos 360º

O que ou quem controlará os algoritmos: o racismo estrutural e institucional na era digital? Esse é um dos temas em debate na Conferência...

Mulher negra avança no social, mas segue distante no trabalho e na política

Mulher, negra, estudou, foi à faculdade, tem um bom emprego em uma multinacional e, por seu esforço e talento, é reconhecida na carreira e...

Pesquisa inédita mostra a vulnerabilidade de negros e mulheres no mercado de trabalho

Secretaria de Igualdade Racial lança perfil dos fornecedores da Prefeitura de São Paulo, em parceria com o Instituto Ethos e patrocínio do Banco Interamericano...
-+=