Guest Post »

Coalizão Negra Por Direitos consolida apoio em Berlim

A Coalizão Negra Por Direitos, representada por Douglas Belchior, participou do debate “Brasil: atores sociais em resistência”, no último dia 15, em Berlim, na Alemanha. Organizado pelas fundações Rosa Luxemburgo, Friedrich Ebert, Heinrich Böll, Coletivo Brasil Iniciativa Berlim (BIB) e pelo Centro de Pesquisa e Documentação Chile e América Latina (FDCL).

Do Coalizão Negra por Direitos

Imagem do debate q aconteceu em Berlim
Debate “Brasil: Atores Sociais em Resistência” na sede do Centro Cultural Refúgio em Berlim (Foto: Imagem retirada do site Coalizão Negra por Direitos)

O evento aconteceu na sede do Centro Cultural Refúgio. Participaram também, a Deputada Estadual Mônica Francisco (PSOL-RJ) e Débora Nunes, membro da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST).

O debate sobre temas da conjuntura política nacional foi mediado por Bárbara Santos, diretora artística do grupo de teatro Kuringa. Foram ressaltados temas como o genocídio da população negra, a violência policial, a ampliação da Base de Alcântara e os tratados econômicos brasileiros com a Europa. No auditório estavam reunidos ativistas de direitos humanos alemães e brasileiros.

No dia 16, Douglas Belchior se encontrou com Oliver Schoroder, líder do Partido de esquerda alemão Die Linke, e com a deputada Heike Hansel, que compõe o Comitê de Assuntos Exteriores do Parlamento Alemão. O Tratado de Livre Comércio entre o Mercosul e a União Europeia e o Fundo Amazônia, que tem participação da Alemanha, foram temas da conversa.

“Fomos buscar apoio para a inclusão de cláusulas de defesa dos direitos humanos da população afrodescendente do Brasil tanto no Acordo Mercosul-União Europeia quanto no Fundo Amazônico. A ideia é que os acordos econômicos se firmem sobre pressupostos de defesa da população afro-brasileira, explica Belchior.

 

A Deputada alemã Heike Hansel assegurou apoio às demandas apresentadas por Douglas Belchior em nome da Coalizão Negra por Direitos (Foto: Imagem retirada do site Coalizão Negra por Direitos)

 

Related posts