domingo, julho 3, 2022
InícioEducaçãoColetivo de Educação da CONAQ lança Curso de Formação para professoras/es e...

Coletivo de Educação da CONAQ lança Curso de Formação para professoras/es e estudantes quilombolas

O Coletivo de Educação da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ) lança nesta terça-feira (17) o Curso de Formação de Professoras e Professores Quilombolas e abre o período de inscrições. Apoiado pelo Edital Equidade Racial na Educação do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT), o curso destina vagas para professoras, professores, estudantes de todas as modalidades de ensino e pessoas interessadas no tema da educação quilombola.

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de maio. Acesse aqui o formulário de inscrição: https://forms.gle/zZEiHz4ZFsSKVy4M7O curso é parte do Programa Nacional de Educação da CONAQ – PRONEQ e tem como objetivo fortalecer e viabilizar a educação escolar quilombola. Durante a formação será possível realizar discussões sobre a implementação das diretrizes curriculares nas escolas e comentar os avanços e desafios de quem ensina e aprende nas escolas quilombolas.

Givânia Maria da Silva, coordenadora do Coletivo de Educação da CONAQ e integrante da Rede de Ativistas pela Educação do Fundo Malala no Brasil, afirma que o curso fortalecerá o movimento quilombola e ampliará as discussões sobre a garantia dos direitos, principalmente da educação de qualidade.

“O curso é uma tentativa da CONAQ em responder a forte demanda entre professoras e professores e estudantes quilombolas no que se refere a formação. Sabemos que esse é um campo muito fragilizado quando o tema é a questão quilombola. O curso visa também fortalecer a relação da educação com as lutas territoriais. Nosso grande objetivo é fazer com que estudantes e professoras percebam que a luta por território é também uma luta por educação”, destacou Givânia.

A formação foi pensada na necessidade de abordar como tem sido a educação quilombola no Brasil e na importância de melhorá-la. Em 2012 o Conselho Nacional de Educação (CNE) publicou a resolução nº 08 de 20 de novembro, criando as Diretrizes Curriculares Nacionais para a educação escolar quilombola e a estabeleceu como uma modalidade de ensino. Apesar disso, não existem esforços governamentais para formação de professoras/es voltados para a educação escolar quilombola.

A falta de investimento na área acaba refletindo dentro das salas de aula e no processo de aprendizado de jovens quilombolas.

A aula inaugural será na próxima sexta-feira (20) e vai contar com a participação de Givânia Silva e Antônio Bispo dos Santos, que é poeta, liderança quilombola e membro da coordenação da CONAQ. O curso vai durar 14 semanas, sendo que os encontros semanais serão sempre às sextas-feiras e terão duração de até 2 horas e 30 minutos. As reuniões vão contar com formadoras/es quilombolas.Ao final do curso as pessoas que participaram integralmente serão estimuladas a escrever e compartilhar aprendizagens. Os textos, músicas, poesias vão compor um e-book. A publicação será um material didático para professoras/es e estudantes quilombolas.

As interessadas devem acessar o site da CONAQ e preencher o formulário de inscrição.

Artigos Relacionados
-+=