Colombianas oferecem a lição do dia: si se puede

Enviado por / FonteUOL, por Milly Lacombe

O histórico de vitórias de seleções sul-americanas contra europeias não é bom para as sul-americanas: Em 2015 a Colombia venceu a França e, sem contar as campanhas do Brasil, foi só isso mesmo.

Então, quando a Colombia entrou em campo para encarar a Alemanha nesse domingo cedo, tudo indicava que daria Alemanha.

Mas, como o futebol ama humilhar estatísticas, há quem se aproxime do dado de forma a acreditar que quanto mais tempo uma estatística dura, mais perto ela está de acabar.

Hoje foi um desses dias.

O primeiro tempo do jogo, que começou às seis e meia no Brasil, foi disputado e o placar de zero a zero talvez tenha sido justo. Mas no segundo tudo mudou e quem acordou cedinho nesse domingo recebeu alguns presentes.

Linda Caicedo, uma jovem de 18 anos, fez um dos gols mais bonitos da Copa até aqui. Talento e inteligência se encontram nessa ainda adolescente que joga como mulher. Veja nas imagens abaixo.

A Alemanha, incrédula, foi pra cima e, a um minuto dos 45 finais, conseguiu um penalti. Empatou a partida.

Era de se imaginar que as colombianas estivessem sendo colocadas em seu lugar de nunca terem vencido europeias em uma Copa. Tudo certo. Nada para ver aqui. Circulando.

Mas o destino não seria esse.

No último lance do jogo, um escanteio para a Colombia, a bola se encontrou com a cabeça de Vanegas, que fez um malabarismo com sua coluna para trás, alcançou a bola e, em esforço comovente, colocou no cantinho do gol.

Fim de jogo. Começo de uma nova história para as seleções su-americanas. Si se puede.

Agora, com a Colombia classificada em primeiro no grupo, ela talvez seja a adversária do Brasil, que precisa ganhar a jamaica na quarta-feira para se classificar à fase eliminatória.

+ sobre o tema

Coordenador do núcleo LGBT da campanha de Marina deixa o cargo

PAULO. O coordenador do núcleo LGBT da campanha presidencial...

Dia Internacional da Mulher Negra será comemorado em Votuporanga

Objetivo é fazer refletir sobre a inserção do negro...

O gênero na linha de frente

Professores, negros e pobres apanham do Estado há eras....

Mulheres negras concorrem a vaga no conselho curador da ebc

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) realiza este ano...

para lembrar

Nina Simone inspira luta anti-racismo no Brasil

O combate ao racismo é o exercício diário do...

Baiana recebe prêmio que estimula mulher negra contar sua história

A ativista da luta pela garantia dos direitos das...

Fabíola, lute como uma garota

no zap zap recebo um vídeo e o deleto. enviado...

Você sabe o que é o estilo “Tomboy”?

Uma das grandes tendências da moda nos últimos tempos,...
spot_imgspot_img

O mapa da LGBTfobia em São Paulo

970%: este foi o aumento da violência contra pessoas LGBTQIA+ na cidade de São Paulo entre 2015 e 2023, segundo os registros dos serviços de saúde. Trata-se de...

Grupos LGBT do Peru criticam decreto que classifica transexualidade como doença

A comunidade LGBTQIA+ no Peru criticou um decreto do Ministério da Saúde do país sul-americano que qualifica a transexualidade e outras categorias de identidade de gênero...

TSE realiza primeira sessão na história com duas ministras negras

O TSE realizou nesta quinta (9) a primeira sessão de sua história com participação de duas ministras negras e a quarta com mais ministras...
-+=